Budapeste é uma das cidades mais encantadoras da Hungria e da Europa Central, com muitos pontos turísticos para serem explorados. Para quem vai ficar mais dias na cidade, fazer um bate e volta de Budapeste pode complementar ainda mais sua experiência.

Conheça as melhores cidades próximas a Budapeste que merecem sua visita e se surpreenda ainda mais com a mágica da Hungria!

Melhores cidades para um bate e volta de Budapeste

Existem muitas opções quando se trata de viagens bate e volta de Budapeste, selecionamos oito delas, destacando a distância e o tempo de viagem da capital até elas e vice-versa.

As 3 primeiras cidades próximas a Budapeste para um bate e volta são Szentendre, Visegrád e Esztergom e podem ser visitadas em um dia apenas, por serem próximas umas às outras e terem número de atrações turísticas reduzido. Amplie o mapa abaixo e veja os marcadores roxos para entender o circuito entre essas 3 cidades:

Para quem optar por ir de trem, recomendamos começar pela cidade de Esztergom, seguir para Visegrád e por fim Szentendre. Se preferir, faça uma excursão especial pelas três cidades, saindo de Budapeste e incluindo almoço no pacote!

No mesmo mapa, destacamos as outras cidades que estão neste artigo. Observe as distâncias delas desde Budapeste e leia mais para entender se esses bate e voltas fazem sentido no seu planejamento de viagem.

1. Szentendre

Szentendre é uma pequena cidade com quase 22 mil habitantes e fica a apenas 20 km de Budapeste. É um local com grande patrimônio cultural, abrigando muitos museus e galerias de arte em sua extensão. Também é conhecida como a cidade dos artistas.

Às margens do rio Danúbio, a cidade de Szentendre tem atrações variadas dentro de seu centro histórico e, por isso, é um ótimo lugar para um bate e volta de Budapeste, estando a apenas 26 minutos de carro da capital húngara.

Os calçadões de paralelepípedos da Praça Central combinados com construções baixas e coloridas dão um charme especial ao lugar. Além de museus e galerias de arte, Szentendre dispõe de grande variedade de restaurantes, confeitarias e lojinhas de diferentes estilos.

Indicamos este bate e volta para quem quer sair do agito da cidade grande e queira apreciar as experiências sem pressa. Confira a vibe do lugar no vídeo abaixo.

Principais atrações de Szentendre

Szentendre é uma cidadezinha cheia de museus, dos mais tradicionais aos mais peculiares.

O Museu Húngaro Ao Céu Aberto (Szentendre Skanzen Village Museum) é um deles. Fundado em 1967, o museu tem 46 hectares e dispõe exposições fixas e exibições temporárias, assim como apresentações de danças típicas. Para usufruir ainda mais da energia cultural da cidade, você pode optar pela excursão de artes e cafés e reservar este passeio com antecedência.

A Praça Central (Fo tér) é uma pequena e encantadora praça, uma das principais atrações de Szentendre, com lojinhas de artesanato, restaurantes e construções coloridas.

A Igreja da Anunciação (Blagovestenska) também fica localizada na Praça Central e é um marco histórico da cidade e sua relação com os imigrantes sérvios. A igreja é católica ortodoxa sérvia e a construção é datada de 1752.

Como ir de Budapeste para Szentendre?

O jeito mais fácil, rápido e barato de fazer um bate e volta de Budapeste até Szentendre é de trem. Dirija-se até a estação Margit Hid (Distrito II, lado Buda) e pegue a linha HÉV H5, que te levará diretamente até a estação de Szentendre. A viagem dura em média 40 minutos e a paisagem vista do trem é muito bonita.

O valor da passagem é de 350 HUF para o bilhete comum (municipal) e 310 HUF para o bilhete de extensão (intermunicipal), um total de 1,70€. Lembre-se de comprá-los para a ida e para a volta, passando-os na máquina amarela dentro do trem a cada viagem. O trem sai a cada 20 minutos na estação, então não se espera muito para viajar até Szentendre.

Outro jeito de chegar na cidade é de ônibus ou balsa (ferry), sendo que a balsa funciona praticamente só no verão e em dias alternados. No caso do ônibus, há baldeações e é mais demorado que o trem. Por isso, vá de trem e fique tranquilo!

Caso queira participar de uma excursão desde Budapeste até Szentendre (ou até mais), separei duas dicas de ótimos passeios do GetYourGuide: uma excursão para a curva do rio Danúbio (Visegrád) e Szentendre com almoço e outra excursão com degustação de vinhos pela cidade.

Para quem optar por ir de carro, deve pegar a estrada Rota 11 e seguir o GPS. A viagem dura em média de 24 a 30 minutos.

2. Visegrád

Visegrád é um vilarejo ao norte de Budapeste. Em menos de 1 hora de viagem você chegará a este lugar que é um dos destinos favoritos dos turistas quando se trata de bate e volta de Budapeste.

Aproximadamente 50 km distante da capital, Visegrád foi o local da residência oficial do Rei Carlos I da Hungria, o que a fez a capital do país em meados do século XIV.

Para quem não for de carro ou de excursão, prepare-se para visitar as principais atrações que ficam no alto de uma montanha íngreme. Isto é, você deverá enfrentar uma trilha árdua, mas que será totalmente recompensada pela melhor e estonteante vista da curva do rio Danúbio.

Vista de cima da curva do rio Danúbio, de dia, com céu azul, duas mulheres jovens sentadas no pico da montanha, de costas, observando o rio, na Hungria. Opção de bate e volta de Budapeste.
A curva do rio Danúbio em Visegrád é uma das maravilhas naturais perto de Budapeste

E por falar na vista para o Danúbio, o ideal é visitar a cidadela medieval de Visegrád em um dia de sol. Não é recomendado o passeio no inverno, por conta da neve.

Principais atrações de Visegrád

Em Visegrád as atrações principais são basicamente o Castelo de Visegrád, a curva do rio Danúbio e o parque Visegrád Toboggan.

Castelo de Visegrád e a curva do Danúbio

Castelo de Visegrád foi residência de verão do rei Matias I da Hungria no século XV. Hoje são ruínas daquilo que foi um dia foi um castelo, ainda assim é um importante local histórico e cultural do país.

Há exposições fixas sobre a era medieval e, do alto da montanha, você terá a mais mágica vista para a curva do rio Danúbio.

O castelo, como dissemos, fica no pico de uma montanha. Por isso, prepare-se para uma difícil (mas não impossível) caminhada, caso não vá de carro. Importante lembrar de levar uma água e algo para comer (se tiver necessidade), já que a trilha pode levar de 20 a 30 minutos para ser percorrida.

Se optar por ir de automóvel, há um estacionamento no topo, o que elimina do seu passeio a árdua caminhada pela trilha morro acima. O custo do estacionamento é de 300 HUF por hora (em torno de 0,77 € por hora).

A visitação do castelo é paga. Confira os valores atuais abaixo:

  • Adultos: 1.700 HUF (em torno de 4,40 €);
  • Estudantes: 850 HUF (em torno de 2,20 €);
  • Entrada livre: crianças abaixo de 6 anos e adultos acima de 70 anos.
Visegrád Toboggan Park

Visegrád Toboggan Park é um parque de diversão com tobogã e montanha-russa “natural”, ou seja, sem máquina, com uma queda mais suave, mas ainda assim divertida de percorrer. O parque fica próximo do castelo, então não deixe de aproveitar e se divertir um pouco mais em Visegrád.

O valor varia, a depender de quantos brinquedos escolher passear. Para adultos (a partir de 14 anos), o valor fica entre 900 HUF a 7.200 HUF, em torno de 2,30 € a 18,50 €. Já para crianças (3 a 14 anos), o valor fica entre 600 HUF a 4.800 HUF, em torno de 1,50 € a 12,30 €.

Para completar o trio principal de atrações da cidadela, você pode fazer uma visita e degustação típica da fábrica de Palinka, bebida nacional húngara. Também existe a opção de uma excursão saindo de Budapeste para apreciar a curva do Danúbio, passando por Visegrád, Esztergome e Szentendre.

Como ir de Budapeste para Visegrád?

O jeito mais fácil e barato de fazer um bate e volta de Budapeste até Visegrád é de trem e balsa (ferry).

Pegue o trem na estação ferroviária Budapest Nyugati. Para chegar na estação Nagymaros-Visegrád, tome o trem S70, G70 ou Z70. O último mencionado é o mais rápido, levando cerca de 40 minutos para chegar ao destino. A passagem para ida ou volta custa atualmente 1.120 HUF, em torno de 2,90€. Consulte o site oficial da MÁV-START para checar os melhores horários de saída.

Ao chegar na estação Nagymaros-Visegrád, é necessário atravessar o rio de balsa para chegar em Visegrád. É uma travessia rápida e fácil, saindo de hora em hora. Paga-se 700 HUF (em torno de 1,80 €) cada passagem.

Para ir de carro, pegue a Rota 11 e siga o GPS. Leva-se 46 minutos em média para chegar até Visegrád.

3. Esztergom

Esztergom é uma pequena e importante cidade localizada a apenas 50 km de distância de Budapeste. O município está na divisa dos países Hungria e Eslováquia, conectando-se à cidade eslovaca de Štúrovo pela ponte Mária Valéria, que cruza as duas margens rio Danúbio naquela altura.

Tem importante valor histórico, chegando a ser a capital do país entre os séculos X e XIII; a última antes de Budapeste se consolidar oficialmente como a capital desde então.

Leva-se cerca de uma hora a 1h30 para ir de trem até Esztergom, fazendo este mais um bate e volta de Budapeste que vale a pena ser feito!

Principais atrações de Esztergom

As duas principais atrações de Esztergom são a Basílica de Esztergom, uma das maiores catedrais da Europa, e o Castelo de Esztergom, que atualmente funciona como museu que carrega a história de Santo Estevão, o primeiro rei da Hungria, e tudo sobre aquela época.

Sobre o museu do Castelo de Esztergom, além da história de Santo Estevão, também exibe por meio de chão de vidro as ruínas arqueológicas da época do Império Romano, com mais de 2000 anos, onde o castelo foi por cima construído.

O preço do ingresso é de 2.500 HUF (cerca de 6,40 €). Entrada gratuita para crianças com menos de 6 anos, para adultos acima de 70 anos e para pessoas com deficiência e acompanhante.

Já na imponente Basílica de Esztergom, a maior da Hungria, a entrada é gratuita, exceto para visitas em sua cúpula e no tesouro de objetos eclesiásticos. Ao descer as escadas, você encontrará a cripta da igreja, que também vale a visita. O preço do ingresso para visitar a cúpula e ter a melhor vista da cidade é de 2.000 HUF (cerca de 5,20 €). Já a visita ao tesouro custa 1.500 HUF (em torno de 3,90 €).

Também é possível contratar excursões especiais para explorar ainda melhor Esztergom, entre elas é um passeio a pé pela cidade com guia turístico. Você pode também investir na experiência de um fim de semana com estrela Michelin em Esztergom.

Como ir de Budapeste para Esztergom?

A maneira mais fácil e barata de chegar em Esztergom é por trem. Vá até a estação Budapest Nyugati e tome o trem Z72, sua viagem até lá irá durar cerca de 1h05. Desça na estação homônima à cidade.

A passagem para ida ou volta custa atualmente 1.120 HUF, em torno de 2,90€. Consulte o site oficial da MÁV-START para checar os melhores horários de saída.

Para quem optar por ir de carro, deve pegar a Rota 10 e seguir o GPS. A viagem dura em média de 55 minutos a 1h40.

4. Gödöllő

Gödöllő fica somente a 33 km e a menos de 50 minutos de trem da cidade de Budapeste, localizando-se na região metropolitana da capital húngara. É o refúgio para aqueles que procuram uma vida mais tranquila e distante (mas nem tanto) da pressa urbana de Budapeste.

Para os turistas também é uma das melhores cidades para se visitar, não somente por ser muito perto da capital, mas também por ter locais importantes na história da Hungria, como o Palácio Real de Gödöllő.

Principais atrações de Gödöllő

A atração mais conhecida da cidade é o Palácio Real de Gödöllő. Informalmente também é chamado de Palácio da Sisi, como era conhecida Elizabeth, a celebrada imperatriz da Áustria e rainha da Hungria, no século XIX. A rainha e seu marido, o Rei Franz Joseph, passavam os verões nesta residência.

É o maior castelo da Hungria da era barroca e está aberto à visitação, você pode comprar o ingresso a partir de 10,83 €.

Há outras atrações como o Jardim Botânico, a Universidade Santo Estevão, no entanto, prefira flanar pelas ruas de Gödöllő e contemple a beleza pitoresca da cidade, uma verdadeira joia da Hungria.

Como ir de Budapeste para Gödöllő?

Você pode ir de trem, uma forma rápida e barata de chegar em Gödöllő. Vá até a estação Budapest-Keleti e tome o trem S80, IR85 ou IR87. Os dois últimos mencionados são mais rápidos, levando cerca de 26 minutos para chegar ao destino.

A passagem para ida ou volta custa atualmente 745 HUF, em torno de 1,90€.

Para quem optar por ir de carro, deve pegar a estrada M3 e seguir o GPS. A viagem dura em média de 30 minutos a 1h05.

5. Lago Balaton

O Lago Balaton é o maior lago da Hungria e da Europa Central. Também é conhecido como o mar húngaro, já que a Hungria não é banhada pelo mar. Inclusive na temporada de verão, húngaros e turistas dividem faixas de areia ao longo do lago, virando verdadeiras praias.

Lago Balaton, água e céu azuis, pavimento de passeio ao centro, na Hungria. Uma das opções de bate e volta de Budapeste.
Lago Balaton é o maior lago da Europa Central e um dos melhores locais para um bate e volta de Budapeste

A cidade banhada pelo lago mais próxima de Budapeste, é Balatonkenese, estando a cerca de 97 km de distância e 1h40 de trem da capital húngara.

Principais atrações de Lago Balaton

Como o Lago Balaton tem cerca de 77 km de extensão e até 14 km de largura, ele é circundado por muitas cidades e vilarejos. As localidades mais famosas são Balatonfüred e Tihany (cerca de 130 km e 122 km de distância de Budapeste, respectivamente).

As duas são próximas uma da outra e podem ser visitadas no mesmo dia. Na cidade de Balatonfüred, além das praias banhadas pelo lago, como a praia de Csopak, existem também a Galeria de Arte Moderna – MoMű e a calçada Tagore à margem do lago, presenteando o visitante com uma bela experiência com o jardim repleto de flores e árvores.

Já no vilarejo de Tihany, a principal atração é a própria Península de Tihany que adentra o Lago Balaton. Por lá se pratica stand-up paddle, além da vista ser espetacular mesmo para quem não quer entrar na água.

Mas não apenas a península chama atenção neste vilarejo: visite também a Abadia de Tihany. Perto dali existe o Echo Hill, o morro do eco, onde o visitante pode ouvir claramente o eco de palavras gritadas, além de ter uma visão privilegiada do lago visto de cima.

Como ir de Budapeste para Lago Balaton?

Caso decida ir para Balatonfüred, vá até a estação de trem Budapest-Déli e tome o trem 9702 Fast Train. A viagem dura em torno de 1h50 e você deve descer na estação de Balatonfüred. A passagem para ida ou volta custa atualmente 2.520 HUF, em torno de 6,50 €.

Para quem optar por ir de carro, deve pegar a estrada M7 e seguir o GPS. A viagem dura em média de 1h25 a 2h.

Pela Get Your Guide você pode reservar com antecedência uma excursão que saia de Budapeste para o Lago Balaton, passando pela Península de Tihany, Balatonfüred e mais alguns tesouros locais.

6. Kecskemét

Kecskemét é uma cidade do interior e agrícola que fica cerca de 86 km de distância e 1h17 de trem de Budapeste. É conhecida como cidade da areia dourada por estar em uma região de dunas de areia entre os rios Danúbio e Tisza. Além disso, os húngaros relacionam a cidade de Keckskemét com pálinka de damasco, uma especialidade do local.

Praça no centro de Kecskemét, com estátua de Kossuth
Kecskemét é uma das cidades que você pode aproveitar para um bate e volta

A cidade tem tradição em eventos e festivais com cavalos. E para quem não se interessa por este tipo de experiência, pode contar com passeios em vinhedos e fábricas de conhaques na região.

Engana-se quem pensa que, por ser uma cidade rural, Keckskemét não tenha atrações turísticas interessantes. Confira algumas delas a seguir.

Principais atrações de Kecskemét

Apesar de agrícola, Keckskemét também tem aspecto metropolitano, com sua arquitetura eclética e festivais de cinema e cultura.

Uma das principais atrações da cidade é o Cifra Palace para observar a fachada deste edifício, repleta de pinturas detalhadas numa arquitetura em estilo Art Nouveau. Atualmente, dentro dele funciona a Galeria de Arte Kecskemét.

A cidade, com sua cultura vibrante, também tem um bom número de museus na sua região. Um deles é o Museu da Fotografia, com um enorme acervo de máquinas fotográficas, além de exposições. A entrada atualmente custa 500 HUF para adultos (cerca de 1,30 €).

E para quem se interessou pela apresentação de cavalos, é possível fazer um passeio desde Budapeste com show equestre e visita à cidade de Kecskemét.

Como ir de Budapeste para Kecskemét?

Você pode ir de trem, uma forma rápida e barata de chegar em Kecskemét. Vá até a estação Budapest-Nyugati e tome o trem 734 Napfény Fast Train. A viagem dura cerca de 1h17 e o destino final é a estação Kecskemét. A passagem para ida ou volta custa atualmente 2.200 HUF, em torno de 5,70 €.

Para quem optar por ir de carro, deve pegar a estrada M5 e seguir o GPS. A viagem dura em média de 1h a 1h40.

7. Eger

Eger é uma cidade do norte da Hungria e fica a 135 km e a 1h48 de trem de da capital. É uma das melhores apostas para um bate e volta de Budapeste, uma vez que seus visitantes ficam encantados com a atmosfera da região.

Vista de cima da cidade de Eger, com árvores no primeiro plano, depois casas com telhados marrons, ao fundo uma roda gigante, na Hungria.
Eger é uma cidade importante da Hungria e pode ser visitada com um bate e volta de Budapeste

A cidade, que é conhecida por sua tradição e excelência em vinhos, por suas estâncias termais e a beleza das construções históricas, como o próprio Castelo de Eger.

No século XVI, Eger sofreu duas invasões turcas com o Império Otomano em direção aos Bálcãs. A última foi bem-sucedida e a cidade foi dominada por quase 100 anos, quando os húngaros retomaram o território.

Quer saber mais sobre Eger? Confira algumas das principais atrações desta cidade histórica.

Principais atrações de Eger

O Castelo de Eger é a principal atração da cidade, por sua construção e por ser um símbolo de resistência do povo húngaro contra a primeira invasão turca em 1552, evento este conhecido como o Cerco de Eger.

É possível explorá-lo por dentro e ter uma vista privilegiada da cidade, além de conhecer seu museu István Dobó com exposições permanentes que trazem o verdadeiro sentimento de patriotismo húngaro ao visitante.

Outro lugar para se visitar é a praça Dobó István, a praça central situada na cidade velha de Eger. Ela foi renovada recentemente e é um ponto de encontro para locais e turistas, com inúmeros cafés, restaurantes e edifícios importantes como o da prefeitura.

Para aqueles que se interessaram pelos vinhos de alta qualidade de Eger, há excursões dedicadas a isso com saída de Budapeste.

Como ir de Budapeste para Eger?

Para ir de trem, vá até a estação Budapest-Keleti e tome o trem IR87 (546 IR87 Agria Interregio). A viagem dura cerca de 1h48 e o destino final é a estação Eger. É uma maneira rápida e econômica de chegar até a cidade. A passagem para ida ou volta custa atualmente 2.520 HUF, em torno de 6,50 €.

Para quem optar por ir de carro, deve pegar a estrada M3 e seguir o GPS. A viagem dura em média de 1h25 a 2h.

8. Bratislava (Eslováquia)

Bratislava é a capital da Eslováquia e fica a 161 km e a 2h30 de trem de Budapeste. Para quem deseja explorar mais países durante sua viagem para a Hungria, Bratislava é um destino pitoresco para ir e dar aquele check na sua lista de países visitados.

Apesar do regime comunista estar já no passado deste país, ainda há resquícios do que foram aqueles anos, seja com bunkers espalhados pela cidade para a população se proteger na 2ª Guerra Mundial.

Sua arquitetura vibrante e atmosfera tranquila, quase como uma cidade interiorana, criam um ambiente bem agradável de se estar. Confira algumas das principais atrações da capital eslovaca logo abaixo.

Principais atrações de Bratislava

O Castelo de Bratislava é uma das atrações que não se deve perder quando estiver na cidade. Seja por sua história, jardins estonteantes, arquitetura impecável e uma vista privilegiada para a cidade, o castelo merece uma visita demorada.

Outro ponto histórico imperdível de Bratislava é a Catedral de São Martinho, com sua arquitetura que ostenta uma torre gótica impressionante e interior rico em detalhes.

Como ir de Budapeste para Bratislava?

Se escolher ir de trem, no comparador Omio há passagens ida e volta por R$ 380, saindo da estação Budapest-Nyugati até a estação Bratislava Hlavná Stanica. A viagem dura cerca de 2h34.

Caso queira ir de ônibus, no site da Flixbus há diversas opções de preços e horários. O valor das passagens ida e volta vão de R$ 129,98 a R$ 269,98. O tempo de viagem pode durar entre 2h20 e 2h50.

Para quem optar por ir de carro, deve pegar a estrada M1 e seguir o GPS. A viagem dura em média de 1h50 a 2h40. Lembre-se que estará atravessando a fronteira para outro país, por isso esteja preparado para possíveis pedágios e fiscalizações.

Vale a pena fazer um bate e volta de Budapeste?

Sim, vale!

Se sobrar algum dia no seu roteiro em Budapeste faça um (ou mais) bate e volta. O acesso por trem para todas as cidades listadas facilita ainda mais esse tipo de passeio e, de quebra, você terá ótimas paisagens para contemplar enquanto viaja.

E, como deu para perceber, nem só da capital se consiste a Hungria. A riqueza histórica e natural do país é infindável. Explore-o!

Como alugar um carro para conhecer as cidades próximas de Budapeste?

Antes de escolher as cidades para um bate e volta de Budapeste, se você pretende dirigir pela Hungria ou em qualquer outro país no território da União Europeia, deverá solicitar a Permissão Internacional para Dirigir.

Para alugar um carro em Budapeste, a DiscoverCars oferece diversas opções de locadoras e automóveis. A partir de R$ 380, pode-se alugar um carro pequeno na categoria carro pequeno – Mini (Hyundai i10 ou similar) pelo período de 3 dias, para 5 pessoas e com capacidade de 1 mala no bagageiro.

Confira os valores-base para cada categoria, pesquisados na DiscoverCars para o período de 4 a 7 de julho de 2024 (3 dias de locação):

Categoria  Capacidade pessoas  Capacidade bagageiro  Valor (a partir de)
Carros pequenos 5 1 R$ 380,00
Carros médios 4 2 R$ 473,87
Carros grandes 5 3 R$ 610,78
SUVs (utilitário esportivo) 5 3 R$ 610,78
Monovolumes (minivan) 7 1 R$ 1.721,27
Station (van) 5 3 R$ 544,09
Veículo Premium 8 4 R$ 1.579,56

Cuidados ao programar seu bate e volta de Budapeste

Planeje-se bem para uma viagem de bate e volta saindo de Budapeste, principalmente por causa do tempo de locomoção e gastos que você terá com esse tipo de passeio. Fique atento aos gastos gerais e quanto custa viajar para Budapeste, para não se perder em nenhum detalhe!

Outra dica é, caso queira viajar de carro para outras cidades ou mesmo transitar somente nas ruas de Budapeste, você deve ter em mãos uma Permissão Internacional para Dirigir (PID) antes de sair do Brasil.

Ainda, lembre-se que a Hungria faz parte do Espaço Schengen, por isso, é obrigatório contratar o seguro viagem Europa. Pelo site do Seguros Promo, você pode comparar preços e operadoras e escolher a melhor opção. Faça sua cotação e utilize o cupom EUDTURISMO5 para ter 5% de desconto na contratação.

Para quem vai se deslocar para muitas cidades na Europa, o ideal é ter o celular sempre conectado, sem depender da disponibilidade de Wi-Fi dos lugares que for visitar. No site da America Chip você pode contratar um serviço de chip internacional que possa te acompanhar em todas as cidades da Europa.

Outra dica é não andar com grande quantia de dinheiro em espécie na sua viagem, pois isso pode gerar uma enorme dor de cabeça em caso de perda ou roubo! Para isso, você pode adquirir um cartão de débito Wise, que é aceito na maioria dos países. Com o Wise você também tem melhores taxas e câmbio que um cartão comum.

Agora que você já sabe as melhores cidades para fazer bate e volta de Budapeste, saiba tudo o que fazer na capital húngara e aproveite tudo o que esta cidade pode oferecer. Boa viagem!