Capela dos Ossos em Évora: o monumento impressionante do Alentejo

Visitar Portugal  / 

Portugal é, sem dúvida, um dos países mais bonitos da Europa. E não faltam cidades e lugares únicos e pitorescos para conhecer. Um deles é a Capela dos Ossos, em Évora. Acompanhe nosso artigo e conheça tudo sobre esse lugar extraordinário!

Vai viajar para a Europa? Saiba todos documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.


Aproveite o melhor da Europa sem qualquer preocupação.

RECEBER GRÁTIS »

Onde fica a Capela dos Ossos

A Capela dos Ossos localiza-se na cidade de Évora, a capital do Alentejo. A cidade é rica em história e cultura, e é considerada Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO. Passear pelas tranquilas ruas de pedra é uma ótima oportunidade para conhecer de perto as influências que caracterizam a cidade e a transformaram em um museu a céu aberto.

Évora sofreu influência de muitos povos. Os primeiros que habitaram a região foram os celtas, depois os romanos exerceram o domínio até o século V. Na sequência a região foi conquistada pelos visigodos, e a partir do século VIII os mouros a dominaram por 4 séculos. Apenas no ano de 1165, Dom Afonso Henriques a recuperou para os portugueses e ela se tornou uma cidade cristã.

Durante a Idade Média, foi uma das cidades mais desenvolvidas de Portugal. No século XV, um importante centro cultural foi estabelecido pelos jesuítas. Mas em 1759 o Marquês de Pombal determinou a extinção do ensino que era ministrado pelos religiosos. Depois disso, Évora entrou em um período de decadência.

Você sabia que Portugal foi eleito mais uma vez como o melhor destino turístico do mundo?

Como chegar na Capela dos Ossos

O visitante pode escolher fazer o trajeto até Évora de carro, ônibus ou trem.

A distância de Lisboa até Évora é de 134 km e o trajeto é feito pela autoestrada A6. Saindo do Porto são 370 km. Acesse o comparador de preços RentCars e verifique as condições para locação.

Estacionar no centro da cidade é um pouco complicado, como em toda cidade histórica. Existem placas sinalizando os locais onde é permitido, mas não esqueça que é necessário efetuar o pagamento de acordo com as horas utilizadas. Fora das muralhas é bem mais fácil conseguir vaga para estacionar.

Outra opção é escolher como meio de transporte o ônibus. Saindo de Lisboa, a duração da viagem é de 1h45 e o valor da passagem de ônibus custa a partir de 11,90€.

Se decidir ir de trem até Évora, a passagem pode ser comprada pelo site Comboios de Portugal. A viagem é muito agradável e nada melhor do que aproveitar para conhecer as paisagens da região.

Se você quiser saber mais sobre a região de Évora, elaboramos um guia sobre essa jóia do Alentejo.

Vale lembrar que tanto a estação de trem, como a rodoviária, ficam fora da cidade. Neste caso, recomenda-se pegar um táxi até o centro de Évora.

Onde fica a Capela dos Ossos

A Capela dos Ossos fica na Igreja de São Francisco. Aliás, a igreja é uma das mais belas e expressivas de Portugal. A igreja foi construída entre os anos de 1480 e 1510 e a linda arquitetura é de estilo gótico-manuelina. Possui dez capelas laterais, com pinturas da época do Renascimento Português e decoração em azulejos. É um local imponente e suntuoso!

Mas o que mais atrai os visitantes é a Capela dos Ossos. Eu mesma tinha curiosidade para conhecer esse local, especialmente pela mensagem espiritual que transmite. E posso garantir que é um dos locais mais especiais que já visitei.

Na sua entrada, a inscrição “Nós ossos que aqui estamos pelos vossos esperamos” nos leva a refletir em como a vida é breve. E foi justamente essa uma das intenções dos frades ao construir a capela: possibilitar a reflexão sobre a fragilidade e transitoriedade de nossa existência.

Pousadas de Portugal no Alentejo: 9 opções de hospedagem no coração de Portugal

Construção da Capela de Ossos, em Évora

A Capela dos Ossos foi construída no século XVII, dentro do Convento de São Francisco. Localiza-se no prolongamento da Casa do Capítulo, local onde reuniam-se os frades pela manhã e no final do dia. A capela pode ser assustadora para alguns, mas a história e o objetivo de sua construção são muito interessantes.

Viaje sempre com internet no celular

Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia.

O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

VER PLANOS »

Na época em que a capela foi idealizada, vivia-se a cultura do barroco. Com a certeza de que a morte era inevitável, valorizava-se o comportamento moral e ético. Por outro lado, os ossos expostos na capela expressavam a certeza do fim e com isso estimulavam a reflexão sobre a maneira como as pessoas viviam. Realmente muito interessante, não é mesmo?

Além da intenção de provocar a reflexão sobre o caráter efêmero da vida, os frades precisavam encontrar uma solução para outra questão. Segundo a história, no século XVI, existiam 42 cemitérios na região de Évora, e todos estavam lotados.

Como havia a necessidade de espaço para a cidade expandir-se, os frades franciscanos encontraram uma solução surpreendente. Os esqueletos foram recolhidos destes cemitérios, e usados para decoração e construção da capela.

Como é a Capela dos Ossos

Você deve estar se perguntando, mas como é essa construção? Bem, a capela é formada por 3 naves de 18,70m de comprimento e 11m de largura. E, acredite, são mais de 5 mil ossos dispostos pelas paredes, teto e colunas.

Crânios, fêmures e vértebras são unidos por um cimento pardo e transformam o ambiente em um local peculiar. A luz entra na capela por três pequenas frestas, localizadas do lado esquerdo da construção. Ou seja, o local não é muito iluminado, o que dá um aspecto mais sombrio.

interior capela de ossos

O teto abobadado da capela é decorado por afrescos representando a morte. No entanto, na saída da capela há um painel de azulejos, fazendo um alusão ao milagre da vida. Resumindo, o local é imerso por um profundo sentido religioso.

A capela foi dedicada ao Senhor dos Passos, que representa Cristo com sua cruz, e seu sofrimento na caminhada até o Calvário. Na cidade a imagem é conhecida como Senhor Jesus da Casa dos Ossos.

Quais os horários de visitação

  • Horário de verão: das 9:00h às 18:30h (última entrada).
  • Horário de inverno: das 9:00h às 17:00h (última entrada).

Valor dos ingressos

  • Adultos: 5,00€;
  • Jovem: 3,50€ (até os 25 anos);
  • Sênior: 3,50€ (maiores de 65 anos);
  • Família: 12,50€ (2 adultos+jovens).

O bilhete é único e compreende a visita na Capela dos Ossos, Museu e Coleção de Presépios. A visitação na Igreja de São Francisco é gratuita.

Pela plataforma Get Your Guide é possível reservar e comprar ingressos para passeios em vários lugares do mundo. Que tal fazer um tour com guia por Évora? É uma ótima oportunidade para conhecer outros monumentos na cidade.

Curiosidades sobre a Capela dos Ossos, em Évora

Corpos mumificados

Na abóbada da capela, existem dois corpos mumificados pendurados por correntes, sendo de uma criança e um adulto. Segundo a lenda, uma mulher que foi maltratada pelo marido e filho, no momento de sua morte, jogou uma maldição sobre eles. Seria algo como: “Quando morrerem, a terra não os comerá e seus corpos não serão desfeitos”.

Então, quando iam ser enterrados, conta-se que a terra ficou dura e não foi possível cavar o buraco. Entretanto, outra versão diz que seus corpos não foram enterrados por medo. Afinal, a terra poderia apodrecer devido à maldição.

Consequentemente, os corpos estão pendurados lá. Bem, é apenas uma lenda, mas de qualquer forma, a presença deles é um pouco perturbadora.

Poema sobre a existência

Um poema exibido na Capela dos Ossos, reforça ainda mais o sentido da rápida passagem da vida e o destino final. A autoria do soneto é atribuída ao Padre Antônio da Ascenção Teles, pároco na igreja de São Francisco, entre os anos de 1845 e 1848.

“Aonde vais, caminhante, acelerado?
Pára…não prossigas mais avante;
Negócio, não tens mais importante,
Do que este, à tua vista apresentado.
Recorda quantos desta vida tem passado,
Reflecte em que terás fim semelhante,
Que para meditar causa é bastante
Terem todos mais nisto parado.
Pondera, que influído d’essa sorte,
Entre negociações do mundo tantas,
Tão pouco consideras na morte;
Porém, se os olhos aqui levantas,
Pára…porque em negócio deste porte,
Quanto mais tu parares, mais adiantas”.

Alguns consideram a Capela dos Ossos, em Évora, sinistra, mas o valor histórico e religioso presente no local é indescritível. Certamente é um lugar para conhecer e refletir. E você? Pretende conhecer esse incrível lugar em Portugal?

Dica: se está planejando viajar para Portugal, faça uma cotação do seguro viagem no nosso comparador. Aproveite o cupom de desconto EURODICAS5 para ganhar 5% de desconto no seu seguro viagem.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
COMPARTILHE
Autor

May Bell é brasileira, formada em Zootecnia. Adora história mundial, literatura, música e artes, além de viajar e conhecer outras culturas. Hoje divide seu tempo entre produção de conteúdos e a família.