10 erros mais comuns em viagens com crianças e como evitar

Dicas e Planejamento  / 

Viagens em família costumam fazer parte dos sonhos de muitas pessoas. Afinal, conhecer novos destinos significa construir memórias e viver momentos inesquecíveis. No entanto, muitos pais ficam receosos dos imprevistos que acontecem com crianças e que podem atrapalhar o passeio, adiando os planos da viagem para quando as “crianças crescerem um pouco mais”.

De fato, viajar com crianças requer um planejamento mais detalhado, independente em que faixa etária elas estejam. Mas se todos os cuidados forem tomados, certamente a viagem vai ser maravilhosa para pais e filhos.

Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil.


Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem. Faça uma cotação online sem compromissos e confira as várias opções de seguro para a sua viagem.

FAZER COTAÇÃO »

Eu e meu marido amamos viajar e, desde muito pequenininho, o nosso filho embarca com a gente em todas as nossas aventuras. Algumas coisas deram super certo e outras que erramos serviram de experiência para as próximas!

10 erros mais comuns ao viajar com crianças

Não calcular o tempo certo de viagem, contando os imprevistos de atrasos e perda dos vôos e errar quantidade de lanche ou leite, sempre é um erro constante! Não imaginar que a fralda pode vazar mais de duas vezes em um intervalo pequeno também pode deixar você na mão por não ter roupa suficiente na mochila de mão para trocá-lo.

Sem falar que a própria escolha do roteiro, quando não pensado em todos os pontos envolvendo as crianças pode ser o início de uma viagem assombrosa.

Pensando nisso, trouxe 10 dicas valiosas para te ajudar a decidir o seu destino e planejar bem sua viagem com as crianças.

1. Escolha um destino divertido

Aqui em casa já rolou passeio em centros históricos de quebrar a roda do carrinho de bebê e continuar no sling, mas estava valendo! Quando ele era pequenininho ainda conseguíamos ir a um museu e uma exposição ou outra mas hoje em dia planejamos mais programas que ele se divirta!

viagem com crianca escolha um destino divertido

Quando bate aquele cansaço, o amigo “carrinho de bebê” entra em ação e a gente consegue visitar outras coisas que nos agrada. Não adianta querer fazer um tour de vinhos ou conhecer cidades históricas com crianças maiores. As chances de um passeio como esse dar errado são infinitas e você vai gastar dinheiro e terminar se arrependendo.

Se a intenção é uma viagem em família, é importante que seja proveitoso para todos, certo? Especialmente se seus filhos já têm idade para fazer escolhas, sem dúvidas eles vão querer se divertir! Prefira roteiros de praia, onde eles poderão aproveitar bastante ao ar livre o dia e o sol. Vocês podem fazer passeios de barco, com paradas em praias e ilhas diferentes e curtir o pôr do sol. Lugares frios também podem ser uma boa, desde que tenham entretenimento interessante como estações de esqui, por exemplo.

Confira as atrações para crianças em Portugal: lugares incríveis pelo país.

2. Evite incluir muitos destinos no roteiro

Geralmente quando se planeja uma viagem mais cara, é natural querer conhecer o máximo de lugares possível para aproveitar a estadia. No entanto, isso pode ser um tiro no pé.

Viagens com muitas paradas e deslocamentos podem ser muito cansativas, principalmente com crianças. Isso sem contar que você pode acabar passando muito rápido pelos lugares e acabar não aproveitando nada direito.

3. Tenha sempre lanches em mãos

Quando estamos em viagem de férias, naturalmente ficamos fora da rotina. Com isso, os horários das refeições sofrem muitas alterações, mesmo porque é comum enfrentar filas em restaurantes, principalmente em alta estação.

Quando estão somente os adultos, tudo bem trocar um prato de comida por um sanduíche, mas quando tem criança na jogada, tudo muda. Mesmo fora da rotina, eles precisam comer bem. Então a dica é ter em mãos uma garrafinha de água, castanhas, barrinhas de cereal ou biscoitinhos que possam ir enganando a fome até sentarem-se à mesa.

Conhecer as opções de restaurantes próximos aos locais que vocês pretendem visitar também pode evitar transtorno na hora de alimentar as crianças. Em muitos deles você consegue ter acesso ao cardápio e até fazer reservas antes mesmo de chegar ao destino.

Que tal visitar a Euro Disney? Contamos tudo sobre os parques na França.

4. Prepare as crianças

Crianças podem ser bem temperamentais, às vezes. No entanto, não esqueça que a viagem de férias deve ser composta de momentos de descontração e alegria. A dica é fazer combinados com as crianças antes de saírem do hotel e planejar os passeios de forma que não sejam muito extensos ou cansativos, como caminhadas muito longas, por exemplo.

Nos últimos 3 anos, você teve uma passagem aérea que se atrasou ou foi cancelada?

Se você passou por atraso, cancelamento ou superlotação em um dos seus voos para a Europa, solicite uma compensação de até R$ 2700 por passageiro.

REINVIDICAR »

Planejar juntos o que vão fazer, comer e conhecer na viagem também ajuda a gerar uma expectativa positiva nas crianças, além de fazê-las se sentirem importantes ao participar do planejamento. É importante explicar o que vai acontecer dentro do avião, por exemplo, se for a primeira vez delas.

prepare as criancas

Levar as crianças ao banheiro antes de embarcar pode evitar aborrecimentos em pleno trajeto, afinal poucas coisas na vida são tão desconfortáveis quanto uma cabine sanitária de avião, trem ou ônibus. Já passei uma situação bem chata na cabine sanitária de um trem enquanto trocava a fralda do meu pequeno, ele ficou super assustado com o barulho e o pequeno espaço de troca só piorava e adiava nossa saída, um caos!

Caso as crianças não queiram tirar fotos em todos os lugares, também não vale a pena se aborrecer com isso. As crianças geralmente são menos tolerantes do que os adultos quando se trata de tirar fotos. Lembre-se de que as lembranças sempre serão mais ricas e importantes do que as fotos que serão postadas nas redes sociais.

Vídeos de viagens de avião: dicas para o antes, durante e depois.

5. Leve as crianças ao médico antes de viajarem

Conferir se o estado de saúde das crianças está ok é fundamental para que não adoeçam durante a viagem. É muito importante verificar se as vacinas estão em dia e carregar na bagagem medicamentos de primeira necessidade como antitérmicos, antialérgicos, antigases, remédio para enjoo e diarreia, antissépticos para curativos e, é claro, um termômetro.

Dica: não esqueça de olhar a validade dos medicamentos e se a pilha do termômetro funciona devidamente! Já passei aperto por ficar um tempo sem usar e quando precisei nos deixou na mão. Se seu destino é de praia, não esqueça de levar bastante protetor solar e repelente, pois em ambiente de praia é comum que tenha mosquitos e geralmente se usa pouca roupa, deixando a pele mais exposta.

Se for para o frio, hidratante para a pele e protetor labial não podem faltar! Não preciso nem lembrar da importância do seguro saúde, não é mesmo? Já escrevi sobre ele aqui. Em caso de uma emergência, ele será o seu melhor amigo!

6. Tenha sempre em mãos os documentos das crianças

É claro que você não vai deixar de levar os documentos de todos da família para a viagem, mas é imprescindível que estejam sempre em mãos. Aonde você for, mesmo que seja somente na farmácia que fica na esquina do hotel, leve sempre os documentos de identificação.

Vale lembrar da importância de verificar a necessidade de visto para as crianças, bem como a validade dos mesmos. Outra dica é fazer cópia dos documentos e deixa-las no hotel para o caso de perder os originais. Se forem sair do país, não esqueçam da autorização de viagem para menor.

7. Verifique os meios de transporte disponíveis

Para planejar seus gastos e ajudar no deslocamento com as crianças, tenha sempre em vista que meio de transporte é mais viável para vocês. Em certas circunstâncias o uso do transporte público (ônibus, metrô) pode cair muito bem. Verifique se a malha viária cobre o lugar que você vai visitar e quanto custam os tickets.

Lembrando que se as crianças forem muito pequenas ou de colo, pode ser desconfortável andar com elas em transporte público, daí vale a pena ver a viabilidade de alugar um carro. Tenho exemplo de uma amiga que fez uma viagem a Nova York com um bebê de um ano e passou várias complicações ao usar só o metrô. A acessibilidade para carrinhos de bebê lá é extremamente restrita e foi bem cansativo pra eles! No final do dia só queriam cama, claro!

8. Prefira levar os utensílios das crianças em mochilas durante os passeios

Além de mais confortáveis para carregar do que as bolsas de mão ou de ombro, as mochilas geralmente possuem mais compartimentos, permitindo que você organize melhor o que precisa levar. No caso de bebês, eles demandam mais bagagem.

É bom sempre ter em mãos a mamadeira com a fórmula ou leite que será oferecido, água, fraldas, lenço umedecido, uma roupa, chupetas, trocador portátil e uma blusa para a mãe. Sim! As crianças às vezes vomitam e é comum que as mães lembrem de levar tudo do bebê, mas se esquecem que num caso desse elas mesmas podem precisar trocar de roupa.

Para crianças maiores, a mochila servirá para levar os lanches (já citados acima), uma roupa, algum brinquedo e os documentos de todos.

Confiram, também, 10 dicas de viagem com crianças para começar já a preparar as malas.

9. Evite levar muita roupa nas malas

Essa dica vale para viagem com ou sem crianças. Ao planejar sua viagem, verifique a temperatura média do local para onde vocês estão indo e faça suas malas com roupa suficiente para usar, não para sobrar. Lembre-se de que peças como calça jeans e casacos podem (e devem!) ser usados mais de uma vez. Então você não precisa levar todos que tem no guarda roupa.

As malas para destinos mais frios costumam ser mais volumosas por causa do tipo de roupa, portanto, procure ser econômico. Se o destino for de praia, facilita bastante! Invista nas roupas de banho, vestidinhos, shorts, camisetas, tênis e chinelo. Uma calça jeans para sair à noite também vai bem!

evite levar muita roupa nas malas

Não esqueça que é natural voltar para casa com mais bagagem do que no início da viagem, então é preciso separar aquele espacinho na mala para trazer as compras. Fora que ninguém vai querer pagar excesso de bagagem ou ter que comprar mala extra para dar conta de trazer tudo!

10. Utilize pulseiras de identificação nas crianças

Mesmo pais muito zelosos podem correr o risco de perder suas crianças em lugares de grande movimento. Para evitar esse transtorno, converse com seus filhos sobre a importância de se manterem juntos e avisarem uns aos outros quando houver necessidade de se afastarem.

Lógico que uma pulseira de identificação não substitui os olhos atentos dos pais, mas pode ajudar a localizar uma criança perdida. Na pulseira, escreva o nome completo da criança, o idioma que ela fala (no caso de uma viagem internacional) e os números de contato dos pais e do hotel onde estão hospedados.

Planejamento e organização é a chave de uma viagem sem dores de cabeça

De todas as dicas que lhe dou acima, uma vale por todas: o planejamento é a chave para garantir uma estada feliz com sua família para onde quer que vocês viagem. Faça um check list de viagem e conferir tudo antes de fechar as malas pode evitar aborrecimentos. Organize-se! E, é claro, pensamento positivo e focado no que de bom está por vir nas suas férias! Viajar com criança pode ser cansativo, mas é maravilhoso! Pode acreditar!

Aproveite para conferir o check list de documentos para viajar para a Europa e descobrir dicas para viajar com filhos pra Europa.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai viajar em breve? Tenha sempre internet no celular

    Viajar com internet é fundamental para acessar o Google Maps, para chamar um Uber, para ver o horário do transporte público ou para tirar qualquer dúvida. Nós recomendamos o chip SIMPREMIUM. Basta encomendar e você recebe em sua casa antes de viajar.

    PEDIR CHIP »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
COMPARTILHE
Autor

Fernanda já deixou o Brasil por Angola, Espanha e agora é Portugal. Administradora e especialista em Marketing, vive imersa em um estilo de vida que permite estar sempre em contato com diferentes culturas e aprendizados. A brasileira mãe do Leo é inquieta e sonhadora, amante de uma boa gastronomia e um bom jazz. Atualmente presta consultoria de Marketing para empresas Portuguesas, é responsável pelas estratégias de Marketing da Atlantic Bridge e sócia-fundadora do Mães em Conexão.