Novo visto para a Europa: tudo o que você precisa saber antes de viajar

Dicas e Planejamento  / 

A partir de 2023, brasileiros que pretendem viajar para a Europa deverão emitir uma autorização de viagem chamada ETIAS (Sistema Europeu de Informações e Autorização de Viagem, em inglês), o novo visto para a Europa.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

Mas você sabe exatamente como funciona o novo visto para a Europa e como solicitá-lo? Se você também tem dúvidas sobre o assunto, confira o nosso artigo abaixo e descubra o que é o ETIAS e o que é necessário para garantir seu visto para conhecer o Velho Continente. Vamos lá?

ETIAS: o novo visto para a Europa

Atualmente, brasileiros que queiram viajar para a Europa não precisam de visto de turista em viagens com duração de até 90 dias.

Mas as regras vão mudar a partir de 2023 com o novo visto para a Europa. Por isso, é importante conhecer quais os requisitos para viajar para os países europeus.

De forma simples, o ETIAS é uma autorização de viagem eletrônica criada para os estrangeiros que atualmente são isentos da obrigação de visto.

O novo visto é um mecanismo de permissões para aumentar a segurança nos aeroportos, combater a imigração ilegal e contribuir para a redução dos atrasos nas fronteiras.

O procedimento promete impedir a entrada de eventuais imigrantes ilegais e identificar indivíduos possivelmente ligados a atos de terrorismo antes de sua entrada nos países integrantes do Tratado de Schengen.

Quais países precisam solicitar o ETIAS?

Entre os países do continente americano, os cidadãos dos seguintes precisam solicitar o ETIAS para Europa: Brasil, Argentina, Peru, Chile, México, Colômbia.

Portanto, nem todos os turistas precisarão realizar a solicitação do novo visto para a Europa. Algumas nacionalidades poderão, inclusive, requerer a isenção do ETIAS.

Saiba qual é a validade do passaporte para entrar na Europa.

Como solicitar o ETIAS?

Para adquirir o novo visto para a Europa, será necessário acessar o formulário no site oficial e informar:

  • Nome;
  • Endereço;
  • E-mail;
  • Número do passaporte;
  • Escolaridade;
  • Vínculo empregatício;
  • Se há parentes residentes na Europa;
  • País de entrada e outros países que pretende visitar.

O solicitante precisará mencionar também se possui antecedentes criminais e se possui condições médicas preexistentes.

Quanto custa viajar para Europa em 2020: tudo o que precisa saber.

Para quais países posso viajar com a permissão ETIAS?

Os países que vão exigir a apresentação do novo visto para a Europa fazem parte do Tratado de Schengen:

  • Alemanha;
  • Áustria;
  • Bélgica;
  • Dinamarca;
  • Eslováquia;
  • Eslovênia;
  • Espanha;
  • Estônia;
  • Finlândia;
  • França;
  • Grécia;
  • Holanda;
  • Hungria;
  • Islândia;
  • Itália;
  • Letônia;
  • Liechtenstein;
  • Lituânia;
  • Luxemburgo;
  • Malta;
  • Noruega;
  • Polônia;
  • Portugal;
  • República Tcheca;
  • Suécia;
  • Suíça.

Confira como vai funcionar o ETIAS em Portugal em detalhe.

Ainda será necessário ter visto para a Europa?

O visto de turismo para a Europa funciona de maneira diferente para os brasileiros em relação aos outros países. Até o final de 2022 ainda deverá ser possível passar o período de 90 dias na Europa sem requisição de visto.

Porém, a partir de 2023 todos os turistas que quiserem entrar no Espaço Schengen precisarão obrigatoriamente do novo visto para a Europa.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

O ETIAS autoriza a permanência e trânsito por todos os países signatários do Tratado Schengen durante 90 dias renováveis a cada 180 dias.

Como tirar o novo visto para a Europa

Confira aqui o que fazer caso queira viajar pela Europa por mais de 90 dias.

ETIAS ou visto para Europa, qual a diferença?

Com o ETIAS como novo visto europeu, alguns podem ficar em dúvida se há diferença em solicitá-lo ou o visto para a Europa. Vamos apresentar algumas delas.

ETIAS

Devido ao seu processo de aplicação automática, é fácil solicitar um ETIAS. Assim que seu cadastro é aprovado, você recebe a notificação por e-mail e estará na base de imigração da União Europeia.

Visto Schengen

Essa modalidade não é um visto eletrônico. Isso quer dizer que o processo para receber o seu visto aprovado levará no mínimo seis semanas para solicitá-lo.

Cada pedido é processado pelos métodos tradicionais, de maneira individual, na Embaixada ou Consulado do país Europeu de destino, segundo o itinerário que o solicitante indicar.

O Visto Schengen é aconselhado nos seguintes casos:

  • Trabalho;
  • Residência;
  • Negativa do ETIAS.

Viajar pela Europa e viajar pela União Europeia: quais as diferenças?

Quanto custa o novo visto para a Europa?

Para dar entrada no pedido do ETIAS, será cobrada uma taxa de 7 euros para solicitantes maiores de idade, que poderá ser paga online com o cartão de crédito ou débito. No caso de menores de idade, não há cobrança de taxa.

Qual o prazo de entrega?

A autorização é enviada diretamente por e-mail em até 48 horas, podendo levar até 72 horas em alguns casos.

O consulado brasileiro recomenda que a requisição seja feita no mínimo duas semanas antes da data da viagem, pois caso o pedido seja indeferido, há tempo para recorrer da decisão.

Qual a validade?

O ETIAS tem o período de validade de três anos ou até a data de vencimento de seu passaporte, o que acontecer primeiro.

Como é a verificação?

O viajante precisa mostrar a autorização digital junto com o passaporte ao entrar no continente europeu. Companhias aéreas e marítimas estão autorizadas a checá-la.

Veja também como solicitar documentos para viajar de avião para a Europa.

Dúvidas mais comuns sobre o novo visto para a Europa

Como o novo visto para a Europa só começará a ser exigido a partir de 2023, é comum surgirem dúvidas. As principais são:

1. Preciso solicitar ETIAS se já tiver um visto de residência do Espaço Schengen?

Caso seja o titular de um visto de residência ou de longa duração de um dos países do Espaço Schengen, você não é obrigado a solicitar uma autorização ETIAS. Para entrar no Espaço Schengen você deverá apresentar seu visto de residência na fronteira.

Contudo, se seu visto já expirou, será necessário solicitar uma autorização ETIAS para entrar no Espaço Schengen novamente.

Tax Free na Europa: confira como conseguir seu reembolso.

2. Preciso solicitar uma isenção de visto ETIAS se já tiver uma autorização Schengen?

Atualmente, cidadãos de 60 países, incluindo brasileiros, estão aptos a pedir a isenção de visto ETIAS para estadias de até 90 dias (renováveis após 180 dias fora da Europa).

Porém, se você pretende continuar dentro no Espaço de Schengen continuamente após o período inicial de 90 dias ou não é apto para solicitar a isenção de visto ETIAS, é necessário dar entrada em outra modalidade de visto europeu, como o Visto Schengen.

Caso já possua um Visto Schengen, não precisa solicitar uma autorização ETIAS.

3. Ainda preciso fazer seguro viagem?

Sim. Assim com o visto de curta duração, o ETIAS não elimina a necessidade de ter uma cobertura de seguro viagem para entrar na Europa.

Isso ocorre porque a autorização ETIAS permite aos brasileiros circularem pelo continente legalmente, mas a permissão é para viagens com razões turísticas e estudos de curta duração.

Sendo assim, o ETIAS não confere ao brasileiro o direito de acesso à saúde pública. No entanto, para que um Seguro Viagem seja considerado válido em toda a Europa, ele deve possuir um limite de cobertura a partir de 30 mil euros, valor para cobrir possíveis gastos com atendimento médico e hospitalar.

Antes de contratar um seguro viagem, faça uma cotação online para conhecer as várias opções à disposição. Você pode usar o nosso comparador de seguro viagem sem complicações e sem compromissos para descobrir qual a proteção mais barata e adequada para sua viagem.

Agora que você já sabe como vai funcionar o novo visto para a Europa, confira as nossas dicas e orientações sobre mala de viagem de mão. Aproveite e conheça os 10 melhores destinos na Europa para visitar em 2020.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Andrea é uma jornalista curitibana que uniu a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Viajou por todos os cantos do Brasil e também se aventurou pelos Estados Unidos, África e Ásia. Ao lado do filho e do marido foi morar no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e divide seu tempo entre a produção de conteúdo e os passeios pelo Reino Unido.