Istambul: maior cidade turca, dona de Impérios e beleza extraordinária

Visitar Turquia  / 

Dizem que é na Turquia que ficam algumas das maiores belezas do mundo. E, certamente, Istambul guarda algumas delas. Se pretende conhecer um país diferente da nossa cultura Ocidental, com outra religião, outros costumes e diversos encantos, coloque a cidade na sua lista de viagens.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

Vamos conhecer mais sobre a maior cidade da Turquia e por quê ela merece ser visitada, pelo menos uma vez na vida.

Istambul: guia de visita em 1 minuto

Situada bem ao meio do Estreito de Bósforo, entre a Ásia e a Europa, a Antiga Constantinopla, hoje Istambul, é a cidade dos palácios e dos monumentos seculares. Guarda belezas que apenas a capital de três impérios poderia ter.

Veja nosso Guia de Visita em 1 Minuto e encante-se!

Onde fica a cidade de Istambul

Istambul é a maior cidade da Turquia e tem o posto de quarta maior cidade do mundo, rivalizando com a grande Londres em termos de população. Já foi capital de três impérios: Romano, Bizantino e Otomano.


São mais de 15 milhões de habitantes na cidade, que fica situada entre dois mares: o Mar de Mármara e o Mar Negro. Istambul também está entre dois continentes, Europa e Ásia, ocupando as margens do Estreito do Bósforo. Mistura o melhor dos mundos: o tradicional e o moderno.

Tem como idioma oficial o turco, mas a maior parte da população fala inglês, principalmente nas zonas turísticas. Sua moeda local é a lira turca (LT), assim como em toda a Turquia.

Como ir à Istambul

Existem voos diretos para Istambul saindo de São Paulo com a Turkish Airlines. Em outras companhias aéreas, também é possível ir à cidade com escalas na própria Europa.

O Aeroporto de Istambul é um dos maiores do mundo e fica situado no lado europeu, em Arnavutkoy, a 50 quilômetros do centro da cidade.

Veja os valores das passagens aéreas através de comparadores de viagem. Sugerimos utilizar o comparador do site Kayak. Ainda é possível colocar alertas de passagens, para receber sempre a baixa ou o aumento dos preços.

Como se locomover em Istambul

O centro histórico da cidade é facilmente feito a pé. Para destinos mais distantes, o metrô de superfície ou os bondes são boas opções.

Veja esse e outros meios de transporte em Istambul:

Bonde (Tram)

Os trams de Istambul são considerados a forma mais cômoda de percorrer o centro histórico da cidade. São cinco linhas e funcionam das 6h até meia-noite.

Uma das linhas é a mais turística. A T1 (Bagcilar – Kabatas) é a mais utilizada por quem está na cidade a passeio.

Funicular

Para conectar as partes baixas da cidade com a Praça Taksim, e suas proximidades, é possível utilizar o funicular. É considerado o segundo transporte suburbano mais antigo do mundo.

Funciona das 6h15 à meia-noite.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Metrô

São 4 linhas de metrô e ele é bastante utilizado, principalmente entre o centro e o antigo aeroporto. Funciona das 6h até meia-noite.

Ônibus

Com quase 500 linhas, e cerca de 3 mil ônibus na rua, não é tão fácil utilizá-los na cidade, mas é possível. Existem dois tipos: os públicos e os privados, que fazem as mesmas rotas e possuem a mesma tarifa. No entanto, a recomendação é focar no bonde (tram) e no metrô.

Outros meios de transporte em Istambul

Um outro meio de transporte na cidade são os barcos, ou ferrys, mais utilizados pelos moradores que moram ou trabalham em diferentes continentes.

No entanto, é possível utilizar barcos turísticos para um passeio pelo Bósforo. O Circuito do Barco Hop-On-Hop-Off em Istambul faz esse bonito passeio por 80 liras turcas, cerca de 12€ por pessoa.

A cidade também conta com o Ônibus Turístico Hop-on Hop-Off, que passa pelos principais pontos turísticos e tem duração de 24h a 72 horas. Custa a partir de 300 liras (45€), por pessoa, dependendo do tempo de uso.

Istambul Mesquita Azul

É seguro viajar para a Turquia? Veja nosso artigo completo sobre o assunto.

Conheça uma breve história da cidade

A maior cidade da Turquia está dividida pelo estreito de Bósforo em duas partes. Metade na Ásia e a outra metade na Europa. Sua história é antiga.

Até o ano de 330 d.C, era chamada Bizâncio, mudando o nome em 1453 para Constantinopla. O nome atual, Istambul, só veio em 1930.

Pertenceu aos macedônios entre 336 e 323 a.C, passando a ser reconhecida como uma cidade livre em 191 a.C. Logo depois, porém, em 197, o imperador Septímio Severo a saqueou, destruindo suas muralhas. Foi reconstruída, vindo a ser capital do Império Bizantino na época de Constantino I, o Grande.

Sua história ainda se une à de Roma pela construção, sobre sete colinas, divididas em regiões, dentro e fora das muralhas. Nessa época, teve a construção da Catedral de Santa Sofia.

Constantinopla controlava a rota entre a Europa e a Ásia: sua posição estratégica no Mar Mediterrâneo e Mar Negro fez com que crescesse, aumentando inclusive o número de habitantes.

Depois do Império Otomano, no final da Idade Média, passou a ser república séculos depois, em 1923, com Mustafa Kemal Atatürk.

Tem grande parte da população muçulmana, com minorias de cristãos e judeus. Em 1985, Istambul foi declarada Patrimônio da Humanidade.

Veja outros países do Leste Europeu para visitar de ônibus.

Lista de 10 passeios que devem estar no seu roteiro em Istambul

Istambul impressiona: tanto pela sua história, como pelos pontos turísticos cheios de contraste. Selecionamos aqui os 10 melhores passeios e atrações que devem constar na sua ida até ao destino.

1. Basílica de Santa Sofia (Ayasofya)

É considerada o maior símbolo de Istambul. Construída ainda durante o período Bizantino, entre 532 e 537, foi a Igreja do Papa anos mais tarde, a partir de 1204.

Depois disso, Santa Sofia foi tomada pelo Império Otomano e transformada em mesquita. Hoje, é um templo e um museu e merece a visita. Fica situada no ponto mais alto da cidade, com uma cúpula de mais de 30 metros de diâmetro.

Seu interior também impressiona, com enormes medalhões decorativos e colunas monolíticas. No segundo andar, ainda é possível visitar a tumba de Enrique Dandolo, duque veneziano morto em Constantinopla em 1205.

Faça uma excursão guiada na Basílica de Santa Sofia e entre sem pegar fila.

Localização: Sultan Ahmet, Ayasofya Meydanı, 34122 Fatih/Istambul
Como chegar: Bonde: Sultanahmet, linha T1
Horário:
De abril a outubro, das 9h às 19h
De novembro a março, das 9h às 17h
Ingresso:
Entrada geral: 60 liras
Menores de 8 anos: entrada gratuita

2. Mesquita Azul (Sultanahmed Camiii)

A Mesquita Azul é considerada a mesquita mais importante de Istambul. Também conhecida como Mesquita do Sultão Ahmed, foi construída por ele entre 1609 e 1616 e inaugurada um ano depois, durante o mandato de Mustafá I.

Você irá entender o motivo do nome quando adentrá-la: são mais de 20 mil azulejos azuis adornando a cúpula e sua parte superior. A iluminação impressiona: vem de seus mais de 200 vitrais e lustres, pendurados no teto.

interior da mesquita azul em istambul

Quando for visitá-la, assim como qualquer outra mesquita da cidade, lembre-se de usar roupas adequadas: as mulheres precisam estar com ombros e cabelos cobertos. E os sapatos ficam do lado de fora, antes de entrar.

A Mesquita Azul permanece fechada em horários de cultos.

Você pode fazer uma excursão em conjunto, com a Basílica de Santa Sofia e a Mesquita Azul. Ambas ficam próximas, na Praça Sultanahmet.

Localização: Sultan Ahmet, Atmeydanı Cd. No:7, 34122 Fatih/Istambul
Como chegar: Bonde: Sultanahmet, linha T1
Horário:
Todos os dias, das 8h30 às 11h30; das 13h às 14h30 e das 15h30 às 16h45
Ingresso: entrada gratuita

3. Museu de Arte Turca e Islâmica

Sempre bom visitar museus que contam a história do local. É o caso do Museu de Arte Turca e Islâmica, um dos mais importantes de Istambul. Ele foi construído em um dos edifícios históricos da cidade, o Palácio de Ibrahim Pasa.

A coleção conta com mais de 400 mil objetos. Entre eles, tapetes, cerâmicas, sarcófagos e esculturas, além de versões do Corão, o livro sagrado islâmico.

Ele ainda conta com um terraço e uma bonita vista para a Mesquita Azul. Os dois ficam bem próximos.

Localização: Binbirdirek, Atmeydanı Cd. No:12, 34122 Fatih/Istambul
Como chegar: Bonde: Sultanahmet, linha T1
Horário:
De abril a outubro: de terça a domingo, das 9h às 19h
De novembro a março: de terça a domingo, das 9h às 17h
Ingresso:
Adultos: 20 liras
Menores de 12 anos: entrada gratuita
Bilhete de Entrada e Visita Guiada no Museu de Arte Turca e Islâmica: 73,92 liras (11€)

4. Cisterna da Basílica

Os depósitos que foram construídos para que a cidade tivesse reservas de água em caso de ataque são chamadas de cisternas. E a Cisterna da Basílica, ou Palácio Submerso, é uma das tantas que existem na cidade.

Ela foi construída nos tempos de Justiniano I e abastecia o Palácio Bizantino. Chegou a ser o subterrâneo de uma basílica que não existe mais. A parte interessante da visita está em sua arquitetura. Passarelas em cima da água dão espaço para o passeio, que anteriormente precisava ser feito com barco.

Preste atenção na cabeça da Medusa que está entre uma das 336 colunas da Basílica. Você pode fazer uma excursão guiada na Cisterna da Basílica e conhecer os mistérios da cisterna.

Localização: Alemdar, Yerebatan Cd. 1/3, 34110 Fatih/Istanbul
Horário: todos os dias, das 9h às 17h30
Ingresso:
Adultos: 20 liras

5. Parque Gülhane

Parque mais antigo de Istambul, o Parque Gülhane fica aos pés do Palácio Topkapi. Já teve diversas atrações, entre elas um zoológico. Atualmente, abriga alguns dos museus da cidade, além de ser um ótimo local de descanso, entre um passeio e outro.

Se for com criança, aproveite a boa localização, bem no centro histórico da cidade. Nas áreas do parque próximas ao mar, a vista compensa.

Localização: Cankurtaran, Kennedy Cd., 34122 Fatih/Istanbul
Como chegar: Bonde: Gülhane, linha T1
Horário: todos os dias, 24 horas
Ingresso: gratuito

6. Palácio Topkapi

Quer saber como viviam os poderosos imperiais na era de Constantinopla? À época em que foi sede do Império Romano, foi no Palácio Topkapi que residiu o Sultão Abdulmecid. Foi de lá que os sultões governaram o império, até meados do século XIX.

São 70 mil quadrados, divididos em quatro pátios e outros ambientes, como a sala de armas, a cozinha, estábulos reais e tesouro. Este último tem objetos dos mais valiosos do mundo, como um diamante de 88 quilates que pertenceu à mãe de Napoleão, Letícia Ramolino.

Veja, também, o Harém onde residia o Sultão e sua família: um conjunto de 500 a 800 mulheres, onde a Rainha Mãe era a responsável. Dentro das imediações, também está o Museu Arqueológico e outros edifícios.

Para conhecer em detalhes, faça um Tour Guiado no Palácio Topkapi, com entrada prioritária. Se quiser uma visita com um guia historiador, ele te levará pelo Palácio e pelo Harém Topkaki e contará histórias e mistérios do local.

Localização: Cankurtaran, 34122 Fatih/Istanbul
Como chegar: Bonde: Sultanahmet (linha T1)
Horário:
De quarta a segunda, das 9h às 17h (de abril a outubro até as 19h)
Terça: fechado
Ingresso:
Palácio: 60 liras
Harém: 35 liras

7. Ponte Gálata

A ponte basculante, com quase 500 metros de comprimento, une a velha parte da cidade até a zona moderna de Istambul. A Ponte Gálata, no Corno de Ouro, também é simbólica: sua mensagem é de união de diferentes culturas.

Foi construída em 1845 e, após a chegada de Napoleão, foi substituída por uma ponte de madeira. A que pode ser vista hoje é uma reconstrução, que data de 1992.

Atualmente, é ponto de restaurantes, cafés, movimentação noturna e, claro, uma das mais bonitas paisagens da cidade.

Localização: No Corno de Ouro
Horário: todos os dias, 24 horas
Ingresso: gratuito

8. Torre Gálata

Construída para servir de farol, em 528, a primeira Torre Gálata era feita de madeira. Em 1348, passou por uma reconstrução pelos genoveses e passou a ser ocupada pelo Sultão Mehmet II após a conquista de Constantinopla.

Mesmo não sendo tão alta, apenas 61 metros de altura, seu diâmetro é o que chama atenção. Além disso, ela tem uma das melhores vistas da cidade. Lá em cima, ainda é possível jantar assistindo espetáculos e aproveitar o bar.

Localização: Bereketzade, Galata Kulesi, 34421 Beyoğlu/Istanbul
Como chegar: De bonde até Karaköy, linha T1. De lá, pegue o funicular de Tünel
Horário: Todos os dias, das 9h às 18h
Ingresso: 9 liras

9. Museu Arqueológico de Istambul

O Museu Arqueológico de Istambul é considerado um dos mais importantes na área em todo o mundo. Foi fundado pelo pintor e arqueólogo turco Osmar Hamdi, em 1891.

Sua origem, no entanto, é anterior a isso. Começou com uma coleção menor de antiguidades no Palácio Topkaki, em 1846. Em 1891, quando abriu suas portas, o Museu Arqueológico de Istambul tornou-se o primeiro museu de toda a Turquia.

Na coleção, preste atenção na grande coleção de sarcófagos; na coleção de Arte Oriental, com descobertas das culturas egípcia, suméria e acádia. E na grandiosa coleção de cerâmicas e joias, no Pavilhão dos Azulejos.

Localização: Cankurtaran, 34122 Fatih/Istanbul
Horário: De terça a domingo, das 9h às 19h
Ingresso:
Adulto: 30 liras
Menores de 12 anos: entrada gratuita

10. Grande Bazar (Grand Bazaar)

Local de visita obrigatória na sua ida à Istambul: ver, cheirar e conhecer todas as especiarias do país. O Grande Bazar é um dos maiores e mais antigos mercados do mundo.

Com mais de 3.500 lojas, que se distribuem em 64 ruas, é para se perder por ali e apreciar o artesanato local.

Sua origem é da época de Moisés II, quando construiu um bazar próximo ao seu palácio, em 1455. Com o tempo, ele foi crescendo e se tornando esse completo de 45 mil metros quadrados que é hoje.

Localização: Beyazıt, Kalpakçılar Cd. No:22, 34126 Fatih/Istanbul
Como chegar: Bonde: Beyazit (linha T1)
Horário:
De segunda a sábado, das 8h30 às 19h30
Fechado aos domingos
Ingresso: gratuito

Istambul Santa Sofia

Capadócia: guia completo para visitar esse destino imperdível na Turquia.

Mini roteiro de Istambul: o que fazer em 2 dias

De um lado, a Europa. Do outro, a Ásia. E com essa divisão e uma profunda variedade de atrações turísticas, Istambul merece ser conhecida aos poucos e com bastante tempo.

No entanto, se não vai ser o seu caso, separamos aqui o que é imperdível em 2 dias na cidade. Mas saia cedo: só assim para aproveitar o máximo que Istambul tem a oferecer.

Primeiro dia em Istambul

Comece o seu primeiro dia na cidade com um de seus maiores símbolos: a Basílica de Santa Sofia, no bairro de Sultanahmet. Transformada em mesquita, desde 1935 é um grande museu.

Continue pelo local e vá para o segundo cartão postal da cidade, a Mesquita Azul e aprecie os mais de 20 mil azulejos de isnik.

Se quiser conhecer mais a arte local, entre no Museu de Arte Turca e Islâmica ao lado. Instalado em um palacete otomano do século XVI, sua coleção de tapetes e objetos dos séculos VIII a XIX é de impressionar.

No parte da tarde, siga para a Torre Gálata e suba para apreciar a vista do terraço. No final do passeio, visite o Bazar das Especiarias para sentir o cheiro típico da culinária local. É o lugar ideal se você quiser comprar doces, frutas secas, queijos e outros produtos típicos de Istambul.

À noite, vá jantar e curtir a animação noturna da Ponte Gálata.

Segundo dia em Istambul

No segundo dia, comece novamente pelo centro histórico, mas pela Cisterna Basílica, e suas 336 colunas de pedra, incluindo a cabeça da Medusa. Repare nesse e em outros símbolos mitológicos esculpidos em algumas das colunas.

Siga em direção ao Parque Gülhane, aos pés do Palácio Toptaki. Não deixe de entrar no próprio Palácio para conhecer o acervo de joias e roupas de quem ali morou, além, claro, do harém.

Saindo de lá, sugerimos vivamente que faça um passeio de barco pelo Bósforo, o estreito que conecta o Mar Negro com o Mar de Mármara, e separa Istambul nas partes europeia e asiática. Veja o Cruzeiro pelo Estreito de Bósforo, e aproveite a vista da cidade.

Terminando o passeio, siga para o Grande Bazar, ainda com tempo. Se possível, chegue até às 18h30, para ter, pelo menos, uma hora. Assim, você consegue se divertir e se perder pelas ruelas cheias de cores.

Dica: não deixe de negociar os preços! Os vendedores adoram e você ainda barganha para comprar mais barato.

Istambul Bazar das Especiarias

Turismo na Turquia: tudo o que precisa saber sobre um lindo país.

Quando ir à Istambul?

O clima em Istambul varia bastante entre as épocas do ano, inclusive dentro da própria cidade, já que está dividida entre 2 continentes.

Os verões costumam ser quentes, com temperaturas na média dos 30 graus, ou até mais. As noites, no entanto, costumam ser agradáveis.

Já o inverno, entre os meses de dezembro a fevereiro, é o período mais frio e chuvoso. Com temperaturas abaixo de zero, é comum nevar na cidade.

Por isso, se puder escolher, vá à Istambul entre os meses de maio e junho ou setembro e outubro, primavera e outono, respectivamente. As temperaturas são agradáveis e o risco de chuva menor.

Quanto custa uma viagem para Istambul?

Istambul não é uma cidade barata, mas pode-se dizer acessível, principalmente se comparada a outros destinos do Leste Europeu.

Mas existem formas de economizar. Para isso, a principal dica é: planejamento. Busque passagens e hospedagens com antecedência e saiba a média de custos na cidade.

Veja algumas dessas informações aqui.

Passagens aéreas

Não existe variedade de voos saindo direto do Brasil para Istambul. Todavia, é facilmente possível encontrar passagens aéreas com poucas escalas.

O ideal é programar-se com antecedência, buscar, colocar alertas em comparadores para encontrar os melhores preços.

Em uma simulação de passagens aéreas, utilizamos a área de voos do site Kayak, para saber quando custa. Colocamos o mês de maio de 2020 como previsão, por ser um dos melhores meses para viajar.

Na busca, a melhor passagem, com menor número de escalas, é com a LATAM junto com a Turkish Airlines. Saindo de São Paulo, com uma escala em Barcelona na ida, e uma em Frankfurt na volta, as passagens aéreas estão custando R$ 4.193.

Saiba quais são as dicas de como comprar passagens aéreas baratas.

Seguro Viagem

Não é obrigatório viajar com seguro viagem para a Turquia. Mas nós recomendamos que você leve um com boa cobertura quando for ao país. Além de uma língua diferente, a dificuldade de atendimento pode ser aterrorizante em momentos de emergência.

Com os melhores valores e custos benefícios, utilizamos o nosso comparador seguro viagem, uma parceria com o portal Seguros Promo. É possível encontrar seguro viagem para a Turquia com valores desde R$12 a R$60, por dia, dependendo da cobertura.

Hospedagem

Os valores para hospedagem em Istambul podem ser bem variados. É possível encontrar desde um hostel por 30 euros, até hotéis de alto luxo, com diárias a mais de 400 euros.

Compare preços de hospedagem na área de hotéis do site Kayak.

Alimentação de rua

Saiba a média de custo da alimentação de rua em Istambul e planeje bem o orçamento da sua viagem. Veja os valores de alguns itens, usando como base o site Numbeo:

Alimentação de rua Preço
Cerveja (570ml) TL 18 | 3,15€
Almoço em restaurante barato TL 30 | 4,73€
Refeição para 2 pessoas em restaurante mediano, com 3 pratos TL 104,50 | 16,46€
Cappuccino TL 11,95 | 1,88€
Água TL 1,55 | 0,24€

Supermercado

Quer economizar ainda mais? Vá aos supermercados e compre itens básicos. Veja o preço médio de alguns produtos nos supermercados de Istambul:

Item Preço
Cerveja (570ml) TL 11,45 | 1,80€
Garrafa de vinho TL 50 | 7,88€
Água (garrafa de 1,5 litro) TL 2,14 | 0,34€
Sanduíche de frango TL 22,83 | 3,60€

Transporte

Para usar o transporte público da cidade, existem algumas opções: adquirir as passagens simples ou o Istanbulkart, um cartão recarregável com 40% de desconto nos passes para todos os meios de transporte.

Custa 1,60€, por pessoal, ou TL 10, na moeda local. Pode ser comprado nas estações de metrô, nos cais e nas estações de ônibus maiores.

O passe normal é chamado de Jeton, uma ficha utilizada para pagar um trajeto simples. Pode ser comprado nas bilheterias e máquinas nas estações. O preço de 1 jeton é de TL 3.

A cidade também oferece o Istambul Welcome Card que inclui bilhetes de transporte público, entradas para 12 museus sem fila e visitas guiadas em algumas atrações. É recomendado para quem irá passar, pelo menos, 7 dias na cidade. Custa a partir TL 530 (79€), por pessoa.

Atrações

Se quiser visitar o máximo de atrações recomendadas na cidade, opte pelo Istanbul Guided Museum Pass: ele dura 5 dias e ainda tem entrada prioritária, sem filas.

Inclui locais como a Hagia Sophia, Palácio Topkapi, Cisterna da Basílica, Palácio Dolmabahçe, Mesquita Azul e outros. Custa a partir TL 336 (50€), por pessoa.

Se for visitar todas as atrações sugeridas em nosso roteiro de 2 dias, o custo médio de um adulto é TL 234, cerca de 37€.

Istambul bonde

Cruzeiros pelo Mediterrâneo: dicas de quando ir e como fazer.

Onde ficar em Istambul?

Se seu bolso permitir, o ideal é ficar na zona do centro histórico de Istambul. Nos arredores da Praça Sultanahmet, onde estão a Basílica de Santa Sofia e a Mesquita Azul, existem boas opções de hospedagem.

Outras zonas interessantes são próximas aos mercados, como Grande Bazar e o Bazar das Especiarias. Próximo ao Parque Gülhane, a cidade promete uma estadia mais calma.

Também é possível ficar próximo ao Bósforo, na região de Besiktas, onde estão alguns dos hotéis mais luxuosos da cidade. Veja algumas dicas:

Hotel Categoria Estrelas Localização Preço médio
Four Seasons Hotel Istanbul at Sultanahmet Luxo (melhor hotel) 5 estrelas Centro histórico 476€
Celal Sultan Hotel Special Class Melhor custo benefício 4 estrelas Sultanahmet 90€
Hotel Spectra Sultanahmet Mais barato 3 estrelas Próximo à Praça Sultanahmet 78€
Emirhan Hotel Hotel mais simples Próximo à Mesquita Azul 45€
Stay Inn Taksim Hostel Hostel 1 estrela Próximo à Torre Gálata 28€ | Quarto compartilhado

Mesmo a moeda local sendo Turca Lira, optamos por mostrar os valores em Euros por ser a moeda mais utilizada em destinos europeus. Os hotéis costumam aceitar pagamentos em Euro, Dólar e na moeda turca.

Onde comer

A gastronomia turca é riquíssima, mas prepare-se especialmente para os doces. A perdição de Istambul são os quadradinhos macios, de sabores variados, chamados de Lokum ou Turkish Delight.

Outro prato clássico local são os kebabs, servidos com grande variedade de recheios. Os cozidos de cordeiro, com damascos, ameixas ou amêndoas também é um clássico da culinária árabe e estão presentes nos restaurantes de Istambul.

Você pode experimentar tanto em barracas de comida rápida, como em Lokanta, locais de nível mais alto, Restoran, mais caros, Meyhane, tabernas onde se serve álcool.

Veja dicas de onde comer bem na cidade:

  • Ciya Sofrasi: clássicos turcos bem servidos;
  • Tugra Restaurant: restaurante mais refinado, alta gastronomia;
  • Zuma: para sabores da parte asiática;
  • Maxigala: opção na Ponte Gálata, com vista, dica para o fim de tarde;
  • Hafiz Mustafa 1864: para provar os doces. Nas proximidades de Sultanahmet.

Planejando sua viagem

Mesmo não sendo obrigatório, recomendamos que você leve um bom seguro viagem na sua ida à Istambul.

Para encontrar as melhores opções de custo benefício, confira os valores de seguros de viagem para a Turquia no nosso comparador do Euro Dicas Turismo.

Ganhe desconto. Para pagar menos 10% do valor do seu seguro viagem, insira o nosso cupom de desconto EURODICASTURISMO (para ganhar 5% de desconto) na hora do pagamento e pague por boleto bancário (para ganhar mais 5%).

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Denise Mustafa é jornalista, fotógrafa e especializada em conteúdo e gerenciamento de marcas. Já passou uma temporada em Portugal, viajou bastante por aí e, agora vivendo no Brasil, escreve para grandes sites brasileiros de viagem, sempre à frente da sua Travessia Conteúdo & Branding, atravessando oceanos e contando suas experiências para outros viajantes.