Nápoles na Itália: confira o guia de viagem pela famosa cidade da pizza

Visitar Itália  / 

Visitar Nápoles na Itália é uma experiência incrível! A cidade italiana é a terceira mais populosa, ficando atrás apenas de Roma e Milão.

Vai viajar para a Europa? Saiba todos documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.


Aproveite o melhor da Europa sem qualquer preocupação.

RECEBER GRÁTIS »

Nápoles tem a fama de ser uma cidade feia e suja, com construções velhas e antiquadas. Por isso, muitas pessoas vão direto para a Costa Amalfitana, sem conhecer a cidade. Mas vale a pena visitar a região, não só pelas famosas pizzas que sempre ouvimos falar, mas também por causa dos seus pontos turísticos.

E neste artigo te apresento um guia de visita à cidade, com sugestão de roteiro e locais para se hospedar, além de te contar como chegar em Nápoles na Itália, história da região e mais. Confira!

Como ir a Nápoles na Itália

A maneira mais fácil de chegar à Nápoles na Itália é de avião. Não existem voos diretos do Brasil a Nápoles, que possui conexões com muitas cidades da Itália e também outros países europeus.

Simulamos passagens aéreas no buscador Kayak, saindo do Rio de Janeiro para Nápoles na Itália e voltando de Nápoles até o Rio de Janeiro. Os voos fazem, no mínimo, uma escala. O mais rápido faz escala em Roma, na Itália e tem duração de 14 horas e 40 minutos e preço em torno de de R$ 3.523.

O aeroporto Capodichino, de Nápoles, fica a 7 km da cidade e você pode ir até o centro de táxi ou pegar um ônibus direto do aeroporto até a Piazza Municipio, no centro.

Alessandria na Itália: guia turístico pela graciosa cidade.

O que visitar em Nápoles na Itália

Confira alguns pontos turísticos mais visitados em Nápoles na Itália. Entre parênteses estão os nomes reais dos lugares, caso você queira pesquisar no Google Maps onde eles se encontram.

  • Ruínas da Vila Imperial de Pausilypon (Pausilypon);
  • Fonte de Sebeto (Fontana del Sebeto);
  • Praça Vittoria (Piazza Vittoria);
  • Castelo do Ovo (Castelo dell’Ovo);
  • Igreja de São Francisco de Paulo (Basilica Reale Pontificia San Francesco da Paola);
  • Piazza Plebiscito (Piazza del Plebiscito);
  • Palácio Real de Nápoles;
  • Castelo Maschio Angioino (Castel Nuovo);
  • Fonte de Netuno(Fountain of Neptune);
  • Centro Histórico (Patrimônio Mundial da UNESCO)(Culture Centro Storico);
  • Academia de Belas Artes (Accademia delle Belle Arti);
  • Catedral de Nápoles (Cathedral Santa Maria Assunta);
  • Palácio de Capodimonte (Museu de Capodimonte).

Para ganhar tempo e não ficar em imensas filas, você pode comprar seus ingressos para atrações turísticas em Nápoles na Itália de forma online.

Dica: sugiro um tour privado pelo centro histórico de Nápoles na Itália. Vale a pena!

Sugestão de roteiro

Como Nápoles fica a cerca de uma horinha de Roma, é possível visitar as duas cidades em uma viagem. Em dois dias você conhece muitos dos principais pontos turísticos napolitanos.

Primeiro dia

Veja uma sugestão de roteiro, na ordem, para o seu primeiro dia de viagem.

  • Ruínas da Vila Imperial de Pausilypon;
  • Fonte del Sebeto;
  • Praça Vittoria;
  • Castelo do Ovo;
  • Igreja de São Francisco de Paulo;
  • Piazza Plebiscito;
  • Palácio Real de Nápoles;
  • Castelo Maschio Angioino;
  • Fonte de Netuno.

Lembre-se do checklist de viagem e verifique tudo o que não pode faltar na sua mala!

Segundo dia

Inicie o segundo dia passeando pelo centro histórico da cidade. Depois, vá para a Academia de Belas Artes e conheça a famosa Catedral de Nápoles. Não deixe de conhecer o Palácio de Capodimonte.

Se fizer o trajeto nos dois dias a pé (o que é mais indicado), pode parar em outros pontos turísticos que há pelo caminho.

Não se esqueça de comer as famosas massas e pizzas napolitanas!

Confira dicas de como economizar na Itália.

O que comer em Nápoles na Itália

Há muita variedade na culinária de Nápoles na Itália. E é possível encontrar muitos restaurantes onde se come bem, pagando pouco.

napoles na italia o comer

Veja algumas especialidades tradicionais:

  • Pizza, é claro, incluindo as fritas com molho de tomate, queijo parmesão e manjericão;
  • Bolinho frito de macarrão com presunto, queijo e molho branco;
  • Muçarela de búfala;
  • Babà, um doce napolitano em formato de cogumelo embebido em um xarope de rum;
  • Sfogliatella, doce típico à base de massa folhada e recheado com ricota, canela e frutas cristalizadas;
  • Caffè Nocciolato, que consiste na combinação de café com creme de avelã;
  • Gelato, o típico sorvete italiano;
  • Risoto;
  • Massa feita com batatas;
  • Parmigiana de berinjela;
  • Brusquetas;
  • Filetto alla Napolitana, um filé grelhado, coberto com queijo, presunto, molho de tomate caseiro e um pouco orégano.

Você pode encontrar o restaurante de sua preferência no TripAdvisor.

Aproveite para conhecer mais sobre as comidas típicas da Itália.

Onde ficar em Nápoles na Itália

Os hotéis da região pecam principalmente por sua localização próxima à estação da Piazza Garibandi e no antigo centro histórico da cidade.

Entretanto, ao escolher sua hospedagem na cidade, opte por ficar em bairros como Chiaia, Vomero, Santa Lucia ou nas proximidades da Piazza Municipio.

napoles na italia onde ficar

Confira algumas opções de hospedagens, com base nas opiniões dos hóspedes do Booking.

Não se esqueça de que os valores variam de acordo com a época do ano.

História de Nápoles na Itália

Nápoles na Itália foi fundada pelos gregos, a poucos metros de uma outra cidade, Partênope, que passou a ser chamada de Paleópolis (“cidade velha”)

Em 327 a.C, durante a Segunda Guerra Samnita, Nápoles foi conquistada pelos romanos em 327 a.C. No século VI d.C., passou a ser domínio bizantino e, no século VIII, constituiu-se em ducado independente.

Em 1139, fazia parte do Reino da Sicília. Em 1282, passou para a coroa de Aragão, sendo denominado “Reino de Nápoles”.

Tornou-se independente no século XIX. Em 1860 foi anexada ao Reino da Sardenha e em 1861, ao Reino de Itália.

Cidades Italianas mais bonitas: conheça o nosso Top 10.

Quando ir a Nápoles na Itália

A melhor época para visitar Nápoles na Itália é na primavera europeia (de março a junho) e no outono (de setembro a dezembro). Os preços das passagens estão mais em conta e a temperatura nesta época está agradável, sem muita chuva.

Evite visitar a cidade no verão europeu, pois fica lotada de turistas do mundo inteiro, o clima é bem quente e os valores, principalmente de passagens e hospedagens, aumentam por ser alta temporada.

Já falamos sobre o assunto. Leia mais sobre qual a melhor época para viajar para a Itália.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
COMPARTILHE
Autor

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.