Cidades Italianas mais bonitas: conheça o nosso Top 10

Visitar Itália  / 

Quando se fala em turismo na Europa, sem dúvida a Itália aparece como um dos destinos mais desejados. Particularmente, esse é um dos meus lugares favoritos! Posso dizer que encontrei na Itália tudo que fui procurar (e até um pouco mais!). Gastronomia de altíssima qualidade, muita história viva nas cidades por onde passei, um ar de romantismo sem igual… por essas e outras, a Itália é um dos países mais encantadores do velho continente. Fiz uma lista com as 10 cidades italianas mais bonitas para se visitar, confira abaixo.

Os encantos da Itália

De existência secular, a Itália oferece aos seus visitantes cerca de 100 mil monumentos que revelam o legado desse país para a civilização ocidental, desde o Império Romano. Em seu formato de “bota”, o país conta sua história por meio de catedrais, palácios e fortalezas, além de importantes sítios arqueológicos e obras de arte conhecidas em todo o mundo pela genialidade de sua composição. São tantas as cidades belas desse país que é até difícil eleger quais são as cidades italianas mais bonitas!

Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil.


Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem. Faça uma cotação online sem compromissos e confira as várias opções de seguro para a sua viagem.

FAZER COTAÇÃO »

Os italianos valorizam e muito as reuniões entre pessoas, geralmente em volta de banquetes com até seis etapas, degustadas ao longo de incontáveis horas de conversas regadas a muitas risadas e vinhos deliciosamente degustados gole a gole. A refeição é uma celebração diária, considerada sagrada e preparada com muita tradição e ingredientes cultivados e selecionados cuidadosamente.

Passear pela Itália é experimentar uma variada gama de opções. É possível vivenciar o passado em vilarejos, como na Sicília, ou conhecer o agito da cosmopolita Milão, a urbanização marcante de Gênova ou o romantismo dos caminhos de bicicleta na Toscana e nas gôndolas de Veneza.

Para lhe ajudar a escolher o seu destino para visitar Itália, vou lhe falar um pouco das suas cidades italianas mais bonitas.

Cidades italianas mais bonitas que você não pode deixar de visitar

Confira abaixo a lista Euro Dicas das cidades italianas mais bonitas:

1. Roma

Capital política e artística da Itália, pode-se dizer que lá você reconhece parte importante da história da humanidade. Grandiosos monumentos, galerias e pinacotecas encarregam-se de mostrar ao visitante o porquê de Roma ser um dos destinos mais ricos da Europa, quando se trata de cultura. É um verdadeiro museu a céu aberto!

Leia também nosso artigo completo sobre os Museus do Vaticano.

cidades italianas mais bonitas roma

Ruínas com mais de dois mil anos de existência convivem harmoniosamente com prédios espetaculares, e nas ruas é possível admirar perfeitas esculturas criadas pelas mãos de artistas excepcionais. É andando pelas ruelas de Roma que você vai conhecer a cidade em toda sua magnitude – e descobrir porque ela está no topo da nossa lista das cidades italianas mais bonitas.

Coliseu de Roma é parada obrigatória em Roma (sugiro que você compre seus tickets de entrada antecipadamente, clique aqui).

Lembro como hoje, passeando pelas ruas e me deparando de cara com ele. Fiquei impressionada e arrepiada com aquela imensidão de história bem na minha frente.

À sua frente, o Arco de Constantino, que inspirou a construção do Arco do Triunfo em Paris, também merece destaque pela riqueza de sua arquitetura. A narrativa da vitória de Constantino sobre Massenzio na Ponte Mívia, em 321dC, está gravada em imagens nas paredes do Arco, que possui 21m de altura e 25m de largura.

O Monte Palatino, onde você verá ruínas de palácios e outros grandes edifícios que já foram residência de imperadores, tem jardins belíssimos que contrastam com esses vestígios de suntuosas construções antigas.

E por falar em suntuosidade, o Pantheon, construído há quase 2 mil anos, é conhecido como o Templo de Todos os Deuses Romanos. Localizado na bela Piazza della Rotonda, sua arquitetura é surpreendente para uma construção tão antiga, pois o edifício circular tem 43,3 metros de altura e exatamente a mesma circunferência. As obras de arte expostas nas paredes internas do Pantheon são iluminadas por uma abertura de quase 9m, situado no centro do teto da construção, causando um efeito surpreendente em dias ensolarados. Fórum Romano, construído no século VI a.C., foi o centro político, cultural econômico e religioso da Roma Antiga.

A Fontana de Trevi também é passagem obrigatória em Roma, com destaque para a belíssima escultura de Netuno e cavalos alados ao centro. A pequena praça abriga uma das mais belas fontes da cidade, a La Fontana, aquela em que se acredita que se você jogar uma moeda, de costas, com a mão direita sobre o ombro esquerdo, garante seu retorno à Roma ( eu joguei várias seguindo a tradição). Por conta dessa tradição, esse é um lugar muito disputado entre os turistas. As fontes de Roma ajudam a contar a história da cidade, veja nosso artigo sobre elas.

Assim como o Coliseu, o Vaticano, sede da igreja católica apostólica romana, também é um ponto turístico de visita indispensável. Localizado no centro de Roma, o Vaticano é o menor país soberano do mundo. Com população de 900 pessoas, é governado pelo papa, que além de ser autoridade máxima da igreja católica em todo o mundo, é chefe absoluto dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário do Vaticano. Foi lá, dentro da Capela Sistina, que eu presenciei uma das experiências mais extraordinárias da minha vida ao ouvir um coral entoar o canto gregoriano. Algo inexplicavelmente sensacional!
Roma não poderia estar de fora da lista das cidades italianas mais bonitas! Para garantir a sua entrada sem filas e não perder tempo em sua visita à Roma sugerimos garantir o seu ingresso com antecedência para a Capela Sistina, Vaticano e Basílica de São Pedro. Garanta o seu aqui.

2. Veneza

Eleita como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, Veneza é uma das cidades mais famosas da Itália. E ela merece toda essa fama (e a nossa medalha de prata entre as cidades italianas mais bonitas) pois quem visita a cidade sempre tem suas expectativas superadas. Aquele passeio de gôndola inesquecível pelos canais de Veneza, seus belos palácios e monumentos, fazem dela uma das cidades mais românticas do mundo.  Compre seu ingresso para o passeio de Gôndola com antecedência clicando aqui.

Vai viajar em breve? Tenha sempre internet no celular

Viajar com internet é fundamental para acessar o Google Maps, para chamar um Uber, para ver o horário do transporte público ou para tirar qualquer dúvida.


Nós recomendamos o chip da SIMPREMIUM que funciona em toda a Europa e tem um preço super acessível. Basta encomendar e você recebe em sua casa antes da viagem.

PEDIR CHIP »

É fácil se apaixonar pelas suas vielas e sua arquitetura nada convencional, visto que foi construída sobre as águas de uma lagoa e é interligada por pontes em toda sua extensão. Uma das maiores atrações de Veneza é a sua festa de carnaval, período em que os luxuosos bailes de máscaras povoam o imaginário de visitantes dos quatro cantos do mundo. Não deixe de visitar também a Ponte di Rialto de Veneza, grande símbolo da cidade, cercada de lojas e barracas.

cidades italianas mais bonitas veneza

Outro lugar imperdível é a Praça de São Marcos, formada por construções históricas como a Basílica de São Marco, o Palazzo Ducale, a Torre do Relógio e a Campinale, que é a torre que tem os sinos da basílica. Para ter uma vista panorâmica da cidade, vá até o Campanille di San Marco, mais conhecida como Torre Veneziana. Como o lugar não comporta muitas pessoas, pode ser que você encontre uma fila para acessá-lo.

Veneza é uma das cidades da Europa com excesso de turismo: entenda as consequências.

3. Milão

Famosa por ser a capital mundial da moda e do design, a cidade de Milão respira arte. Cosmopolita, atrai visitantes de todo o mundo pelas suas galerias que guardam um acervo artístico-cultural sem igual. Os jardins de Milão, assim como seus estabelecimentos e bares históricos, revelam uma cidade cheia de possibilidades. Por ser uma cidade grande, possui muitos pontos turísticos. Portanto, é importante você eleger quais deseja conhecer antes de estar por lá, pois essa não é uma escolha fácil de se fazer.

Sugiro que você comece pela Piazza Duomo, uma das principais praças da Itália e onde está localizada a Catedral de Milão, terceira maior igreja do mundo, perdendo apenas para a Basílica de São Pedro, no Vaticano e da Catedral de Servilha, na Espanha. Vale destacar também a Galeria Vittorio Emanuelle II, que além de ter uma arquitetura incrível e luxuosa, dispõe de muitas lojas e restaurantes.

cidades italianas mais bonitas milao

Outro lugar imperdível em Milão é a Igreja Santa Maria della Grazielinda, grandiosa e cheia de belíssimos detalhes, ela abriga a obra da Última Ceia, de Leonardo da Vinci e é Patrimônio Mundial da UNESCO. Reserve antecipadamente seu ingresso clicando aqui, pois esse é um passeio dos mais disputados!

Não deixe de conhecer também o Castelo Sforzesco, o Parque Sempione, o Estádio San Siro e o quadrilátero da moda, que é formado pelas ruas Via Monte Napoleone, Via Alessandro Manzoni, Via della Spiga e Via Corso Venezia. São muitas as atrações de Milão que garantiram o seu 3º lugar no nosso ranking das cidades italianas mais bonitas.

Conheça nosso roteiro completo sobre o que fazer em Milão aqui.

4. Florença

Capital da Toscana, Florença é repleta de museus, igrejas, monumentos, praças e edifícios com mais de quatro séculos, servindo de inspiração para muitos artistas e escritores. Uma das cidades mais lindas que já conheci no mundo inteiro! O centro turístico da cidade é pequeno, o que permite conhecer muitos lugares a pé.

Cartão postal de Florença, a Basílica di Santa Maria del Fiore levou séculos para ser construída e há mais de 20 anos recebeu o título de Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Deslumbrante, o prédio é cheio de detalhes e uma das mais importantes obras da arte gótica já arquitetadas.

Outro ponto imperdível em Florença é a Piazza del Duomo, cheia de artistas de rua, vendedores e cafés. Um verdadeiro convite à contemplação de uma das cidades mais lindas do velho continente! Para visitar a cúpula de Brunelleschi, o campanário de Giotto, a cripta e o batistério, você deverá comprar um bilhete único, que custa 10€ e é vendido fora da catedral. Ou então, compre com antecedência e pule as filas clicando aqui.

cidades italianas mais bonitas florenca

São 6 filas separadas e as filas para a cripta, o campanário e para a cúpula são menores, visto que nem todos os turistas são aptos a subir os 463 degraus que separam a catedral da cúpula e os 414 degraus que levam até o campanário, e muitos não têm interesse em vestígios arqueológicos.

Não deixe de subir e lá de cima admirar o ascender das luzes de Florença, esse momento está entre um dos mais incríveis que já vivi.

Passear e comer no Mercado Central de Florença também é um programa para incluir no roteiro, o lugar dispõe de muitas lojas que vendem todo tipo de especiarias e comidas italianas. No piso superior, os restaurantes preparam a comida na hora para você, uma experiência deliciosa!

Outra passagem obrigatória em Florença é a Ponte Vecchio, sobre o Rio Arno, uma das pontes mais famosas da Europa, pela qual você deve andar a pé. É nessa ponte que os casais apaixonados fecham cadeados e jogam a chave no rio, como forma de selar um amor eterno.

Um dos museus mais importantes do mundo, a Galleria degli Uffizi, está em Florença e vale a pena visitar. São muitos os motivos para considerar Florença uma das cidades italianas mais bonitas, não dá para perder!

Confira nosso guia de viagem a Florença e monte o seu roteiro para visitar a cidade.

5. Gênova

A cidade, que foi morada do navegador Cristóvão Colombo, destaca-se pela preservação do seu contexto histórico. Para ter uma vista panorâmica da cidade, vá até o Elevador Panorâmico de Gênova, movido por um guindaste que dá uma volta de 360º, proporcionando uma experiência sensacional.

Considerado um dos maiores aquários da Itália, o Acquario di Génova é uma grande atração, principalmente para famílias com crianças, que ficam encantadas com as variedades marítimas do local, que abriga peixes, tubarões, pinguins, leões marinhos e outras espécies. Nas ruelas estreitas de Gênova é possível fazer agradáveis passeios a pé ou de bicicleta, visitando lojinhas de souvenir, tirando fotos e degustando um bom cappuccino à moda italiana.

Outro lugar que precisa fazer parte do seu roteiro em Génova é a Cattedrale di San Lorenzo. Riquíssima em detalhes, essa construção impressiona pela suntuosidade das suas esculturas, vitrais e altares. Um dos maiores e melhores museus marítimos do Mediterrâneo, o Galata Museo del Mare também é parada obrigatória na visita à cidade. Outra atração de Gênova é o Barco do Filme Piratas, utilizado na trama de Roman Polanski. Vale destacar que esse barco não é do filme Piratas do Caribe, como alguns visitantes costumam confundir-se.

Todas essas atrações trouxeram Gênova ao nosso 5º lugar das cidades italianas mais bonitas para se visitar.

Roteiro pela Itália: confira um guia de 7 dias pelo país.

6. Verona

Cenário do filme Romeu e Julieta, a cidade é muito procurada por casais apaixonados e também tem lugar cativo na nossa lista das cidades italianas mais bonitas. É fácil encontrar em Verona restaurantes, hotéis e pontos turísticos com nomes que fazem referência à obra. Com muitos cafés, restaurantes e uma enorme variedade de pontos turísticos importantes, a Piazza Brà é parada obrigatória em Verona.

Nesse local está situada a Arena de Verona, um belíssimo anfiteatro preservado em meio a uma estrutura incrível. Antes palco de lutas entre gladiadores, hoje o local serve de espaço para apresentações de dança, shows e outras expressões artísticas.

A Casa de Julieta é uma das maiores atrações de Verona. Os apaixonados costumam deixar bilhetes ao lado da estátua de Julieta, tradição que promete preservar o amor eternamente.

cidades italianas mais bonitas verona

Uma dica preciosa para o visitante de Verona é que lá existe um bilhete único que dá acesso a passeios por 4 igrejas: Basílica di San Zeno Maggiore, Basílica di San Fermo, Duomo di Verona e Santa Anastácia. Você não pode perder! Outro ponto cheio de beleza da cidade é a Ponte Scaligero, de onde é possível fazer fotos incríveis.

Saiba também quais são as cidades mais baratas na Itália ( e também as mais caras).

7. Nápoles

Terceira maior cidade da Itália, Nápoles é um lugar cheio de belezas naturais e pontos turísticos. Seu contexto histórico recebeu o título de Patrimônio Cultural pela UNESCO, o que não deixa dúvidas quanto à riqueza do lugar. É claro que Nápoles não poderia estar de fora da lista das cidades italianas mais bonitas.

Apenas 1 hora de trem separa Nápoles de Roma, o que faz com que a cidade receba muitos visitantes. Um dos pontos turísticos mais procurados é o Museu Arqueológico Nacional, que reúne coleções de arte que contam a história da cidade. Repleta de lojas e boutiques, a Via San Gregorio Armeno é uma das ruelas de Nápoles cheia de charme! Uma vez estando na região, aproveite para experimentar a melhor e mais tradicional pizza italiana.

Saiba também como funciona o transporte público na Itália.

Assim como em quase todas as igrejas italianas, a Capela de Pio Monte della Misericórdia é um passeio que vale muito a pena. Lá é possível contemplar uma das obras mais importantes de Caravaggio, chamada Sete Atos de Misericórdia. Outro ponto de visitação obrigatório em Nápoles é a Galeria Umberto I, que além da sua estrutura arquitetônica belíssima, reúne lojas e restaurantes que você pode aproveitar bastante.

Situado na Piazza del Prebiscito, o Palácio Real em Nápoles, de beleza completamente indescritível, já foi residência de reis italianos em épocas passadas, e também merece ser visitado.

Gosta de praia? Veja quais são as melhores praias da Itália para aproveitar o verão.

8. Sicília

Situada no Mar Mediterrâneo, a ilha da Sicília, que tem como capital Palermo, é uma grande atração em todos os sentidos. Reúne uma grande mistura de raças, culturas e etnias, conferindo muita diversidade à cidade. Localizado em Realmonte, o Scala dei Turchi é um belíssimo penhasco composto de pedras brancas que proporciona uma vista das praias da Sicília de tirar o fôlego.

As fotos desse local em dias ensolarados ficam simplesmente incríveis! Uma pequena ilha que engloba o centro histórico de Siracusa e está ligada ao restante da cidade por três pontes, Ortigia é um ponto turístico encantador.

cidades italianas mais bonitas sicilia

Composta de excelentes opções gastronômicas e ruelas recheadas de galerias, num passeio de barco pela costa da ilha você pode contemplar as ruínas do templo de Apolo e a Catedral de Siracusa. Localizada nos arredores da cidade Piazza Armenia, a Villa Romana del Casale, é uma construção do século III ou IV d.C. que foi eleita Patrimônio da Humanidade da UNESCO. Suas paredes, repletas de mosaicos romanos, contam histórias inspiradas em cenas de caça, na mitologia e no cotidiano dos romanos.

Uma das mais importantes construções sacras da cultura normanda na Itália, a Catedral Monreale, que é dedicada a Santa Maria Nuova, possui a maior superfície coberta por mosaicos do mundo. Andar a pé pelas ruelas da Sicília garante ao visitante a apreciação de monumentos incríveis, construídos há muitos séculos, além de oferecer excelentes opções para comer e fazer compras.

Não deixe de conferir nosso artigo sobre Turim, outra cidade que não está na lista das cidades italianas mais bonitas mas que merece a sua visita!

9. Siena

Localizada na região da Toscana, Siena é uma cidade que oferece uma ampla gama de opções para todos os gostos e tipos de visitantes. Como em todas as cidades italianas citadas nesse artigo, vale muito a pena visitar a Catedral de Siena. De estilo gótico-romântico, a arquitetura da catedral chama a atenção pela sua riqueza de detalhes. Com pilares listrados em preto e branco, o lugar é composto por vitrais, mosaicos, pinturas e esculturas que contam parte da história da cidade e a colocam na nossa lista das cidades italianas mais bonitas. Quer visitar a Catedral? Então compre seu ingresso com antecedência aqui.

Diferente por conta do seu piso inclinado, a Piazza del Campo é um espaço que atrai muitos turistas que aproveitam para tomar banho de sol e contemplar a paisagem. O lugar dispõe de muitas opções de restaurantes e cafés, além de lojas e galerias. Em estilo medieval e com ruas estreitas, o centro histórico de Siena é cheio de charme, por onde se recomenda caminhar a pé para melhor desfrutar das construções antigas e belos palácios espalhados por todos os cantos.

Conheça também nosso roteiro completo para visitar a costa Amalfitana.

Ponto mais alto da cidade, a Torre del Mangia pode ser vista de diversos lugares na cidade. Se você tiver coragem (e condições!) de subir cerca de 400 degraus, poderá ter uma vista privilegiada da cidade, a 102 metros de altura. Vale destacar que esse não é um passeio indicado para crianças e idosos. A dica é ir o final da tarde, quando o local está mais vazio.

Não deixe de apreciar também a gastronomia de Siena, que é imperdível! Vale a pena visitar um dos restaurantes mais famosos da cidade, o Ristorante Enzo, e desfrutar de uma experiência singular pelo mundo dos sabores tipicamente italianos.

10. Pisa

Famosa pela sua grande torre que desafia a gravidade, a cidade de Pisa, na região da Toscana, tem muitos encantos. Uma vez na cidade, você não pode deixar de passar pela Piazza dei Miracoli. O lugar reúne monumentos importantes, tais como a Torre de Pisa, Batistério de Pisa, Camposanto Monumentale e Duomo de Pisa. Para garantir o ingresso com desconto e pular filas, clique aqui.

cidades italianas mais bonitas pisa

Outro lugar que vale a pena visitar é o Pallazo di Cavalieri, sede atual da Universidade de Pisa, que possui uma arquitetura exuberante e guarda um contexto histórico muito importante, pois era a sede da Ordem dos Cavaleiros de Santo Estevão. Situado às margens do Rio Arno, a visita ao Museo Nazionale di San Matteo, que na idade média funcionava como um convento e hoje abriga muitas obras e esculturas, é imperdível!

Saiba quais são os mais famosos monumentos da Itália que não podem faltar em seu roteiro de viagem.

Se você estava em dúvida quanto a visitar a Itália, tenho certeza que com essas dicas o que você mais quer agora é arrumar as malas! O que não vai faltar são paisagens deslumbrantes para fazer belas fotos e as memórias fantásticas que você vai construir durante a sua estada nas cidades italianas mais bonitas. Buon viaggio!

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai viajar em breve? Tenha sempre internet no celular

    Viajar com internet é fundamental para acessar o Google Maps, para chamar um Uber, para ver o horário do transporte público ou para tirar qualquer dúvida. Nós recomendamos o chip SIMPREMIUM. Basta encomendar e você recebe em sua casa antes de viajar.

    PEDIR CHIP »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
COMPARTILHE

Fernanda já deixou o Brasil por Angola, Espanha e agora é Portugal. Administradora e especialista em Marketing, vive imersa em um estilo de vida que permite estar sempre em contato com diferentes culturas e aprendizados. A brasileira mãe do Leo é inquieta e sonhadora, amante de uma boa gastronomia e um bom jazz. Atualmente presta consultoria de Marketing para empresas Portuguesas, é responsável pelas estratégias de Marketing da Atlantic Bridge e sócia-fundadora do Mães em Conexão.