Capela Sistina: como visitar a capela mais famosa do Vaticano

Visitar Vaticano  / 

Se você está planejando viajar para o Vaticano, precisa conhecer a Capela Sistina. Poucos monumentos são tão reconhecidos no mundo como esta capela. Sua fama internacional não é para menos.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

Uma construção de 1473, localizada no Vaticano, o pequeno país localizado dentro da cidade de Roma, na Itália. O nome da Capela é uma homenagem ao Papa Sisto IV, que durante seu mandato solicitou a sua construção.

Informações sobre a Capela Sistina

LOCALIZAÇÃO

00120 Città del Vaticano, Roma

COMO CHEGAR

Metrô: linha A (laranja), Cipro-Musei Vaticani

HORÁRIO

De segunda a sábado, das 9h às 18h (último acesso às 16h); Último domingo do mês, das 9h às 14h (último acesso às 12h30)

TICKET

Ingresso inteiro para visitar Museus Vaticanos e Capela Sistina: 17€;
Reduzido: 8€ (pessoas entre 6 e 18 anos de idade e estudantes);
Gratuito: menores de 6 anos

História da Capela Sistina

A Capela Sistina pertence ao Palácio Apostólico da Cidade do Vaticano. O local, além de imponente, é nada menos do que a residência do Papa.

O prédio, originalmente, era a capela do forte do Vaticano. Uma restauração ocorreu entre 1473 e 1481, sob a ordem e o mandato do papa Sisto IV. Desde então, o local é usado para a celebração de atos e cerimônias papais.

Atualmente, a Capela Sistina é a sede do conclave. Essa reunião do Colégio dos Cardeais é responsável pela escolha de um novo Papa.

Um dos destaques da Capela Sistina é a sua decoração em afrescos. Vale ressaltar os trabalhos presentes na abóbada e na parede atrás do altar com o Juízo Final. Ambas as obras foram pintadas entre 1508 e 1512 por Michelangelo.

capela sistina turismo religioso no vaticano

O que visitar na capela mais famosa do Vaticano

A Capela Sistina é como um lindo e glorioso museu! Além de toda aquela energia espiritual, vale a pena perder umas boas horas vendo todos os detalhes no interior do santuário. Confira abaixo a lista do que visitar na Capela Sistina.

Veja como comprar ingressos para os museus do Vaticano.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Afrescos

No processo de restauração realizado no pontificado de Sisto IV, um grupo selecionado de pintores do Renascimento foi contratato para pintar as obras na Capela Sistina. A lista continha nomes como Sandro Botticelli, Cosimo Rosselli, Domenico Ghirlandaio, Pietro Perugino, Pinturicchio e Luca Signorelli.

Os artistas produziram duas séries de painéis de afrescos. Uma delas, à esquerda do altar, aborda a vida de Moisés. A outra, situada à direita, é sobre a vida de Jesus Cristo.

Ambos os painéis da Capela Sistina contêm retratos dos Papas que haviam governado a Igreja Católica Apostólica Romana até então. A pedido do papa Júlio II, coube a Michelangelo decorar a abóbada da igreja.

A Criação de Adão

É na parte central da abóbada que fica a imagem mais conhecida da Capela: a Criação de Adão. Ela representa a história do Gênesis em que Deus deu vida a Adão.

Michelangelo é o autor de todos os afrescos do teto da capela. O artista levou quatro anos para produzir o trabalho, entre 1508 e 1512, e criou uma obra responsável por mudar o rumo da arte ocidental.

Missa do Papa no Vaticano: saiba como conseguir os ingressos gratuitos.

Juízo Final de Michelangelo

Anos mais tarde, Michelangelo voltou a ser convidado para pintar a Capela Sistina. Dessa vez o altar, com a obra “O Juízo Final”, desenvolvida durante cinco anos (1536 a 1541).

A obra foi encomendada pelo papa da época, Clemente VII. O artista renascentista expressou a Justiça Divina, entre o céu e o inferno, mostrando sua visão da ressurreição dos mortos e com os anjos. Na época da obra, o pintor foi muito criticado pela sociedade, por retratar corpos nus em uma capela católica.

Após alguns anos e muita polêmica, o Vaticano chamou outro artista para cobrir as genitais da obra e torná-la mais aceita pelos devotos da época.

horario-de-funcionamento-vaticano

Como chegar

A Capela Sistina está localizada no Vaticano. Uma maneira fácil e econômica de chegar ao local é por meio do metrô. O visitante pode acessar a linha A (laranja) e desembarcar na estação Cipro – Musei Vaticani.

A partir da capela, o turista pode visitar a pé outros pontos turísticos. A lista inclui a Basílica de São Pedro, Vaticano, Praça de São Pedro, Museus Vaticanos e Castelo de Sant’Angelo.

Site oficial: www.museivaticani.va

Você pode aproveitar e conhecer a maior Igreja católica do mundo, a Basílica de São Pedro, que fica ao lado da Capela.

Ingressos para a Capela Sistina

O bilhete adquirido pelo visitante dá acesso à Capela Sistina e aos Museus do Vaticano. Os preços para as visitas livres são:

  • 17€ – adultos;
  • 8€ – para pessoas entre 6 e 18 anos de idade;
  • Gratuito – para crianças menores de 6 anos.

É possível comprar o bilhete online e assim evitar filas!

Dica: os Museus do Vaticano encontram-se fechados aos domingos, exceto o último domingo de cada mês (visitas guiadas não são disponíveis neste dia).

E lembre-se que não é permitida a entrada de pessoas com saias curtas ou shorts. Portanto, vá preparado para não ser barrado na entrada e perder o que visitar na Capela Sistina.

Confira tudo sobre os ingressos para a Capela Sistina.

Curiosidades sobre a Capela Sistina

1. Inicialmente, Michelangelo recusou pintar a capela, pois não era pintor e sim escultor;

2. O projeto inicial era para pintar os 12 apóstolos, projeto pedido pelo papa Sisto IV, mas Michelangelo pediu para pintar cenas inspiradas no livro de Gênesis;

3. A Capela Sistina possui mais de 500 metros quadrados de pinturas e é considerada um museu dentro de uma igreja.

Agora que você já conheceu a Capela Sistina, o que visitar lá e outras dicas, nos conte: visitaria?

Planejando sua visita ao Vaticano, em Roma

Se está planejando viajar para a Itália, é importante saber que é obrigatório ter um seguro viagem. Sugerimos que faça uma simulação no comparador de seguro viagem do Euro Dicas Turismo para conferir as várias opções de seguro para a sua viagem à Europa.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.