Capela Sistina: como visitar a capela mais famosa do Vaticano

Visitar Vaticano  / 

Se você está planejando viajar para o Vaticano, precisa conhecer a Capela Sistina. Poucos monumentos são tão reconhecidos no mundo como esta capela. Sua fama internacional não é para menos. Uma construção de 1473, localizada no Vaticano, o pequeno país localizado dentro da cidade de Roma, na Itália. O nome da Capela é uma homenagem ao Papa Sisto IV, que durante seu mandato solicitou a sua construção.

Vai viajar para a Europa? Saiba todos documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.


Aproveite o melhor da Europa sem qualquer preocupação.

RECEBER GRÁTIS »

Informações sobre Capela Sistina

Endereço: Viale Vaticano, 00165, Roma

Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 9h00 às 18h00 (último acesso às 16h00) / último domingo do mês das 9h00 às 14h00 (último acesso às 12h30)

Como chegar: metrô, linha A (laranja): Cipro-Musei Vaticani

Preço: ingressos para visitar os Museus Vaticanos e a Capela Sistina – inteiro: 17€; pessoas entre 6 e 18 anos de idade: 8€ para compra na hora. [Comprar online]

História da Capela Sistina

A Capela Sistina pertence ao Palácio Apostólico da Cidade do Vaticano. O local, além de imponente, é nada menos do que a residência do Papa.

O prédio, originalmente, era a capela do forte do Vaticano. Uma restauração ocorreu entre 1473 e 1481, sob a ordem e o mandato do papa Sisto IV. Desde então, o local é usado para a celebração de atos e cerimônias papais.

Atualmente, a Capela Sistina é a sede do conclave. Essa reunião do Colégio dos Cardeais é responsável pela escolha de um novo Papa.

Um dos destaques da Capela Sistina é a sua decoração em afrescos. Vale ressaltar os trabalhos presentes na abóbada e na parede atrás do altar com o Juízo Final. Ambas as obras foram pintadas entre 1508 e 1512 por Michelangelo.

capela sistina turismo religioso no vaticano

O que visitar na capela mais famosa do Vaticano

A Capela Sistina é como um lindo e glorioso museu! Além de toda aquela energia espiritual, vale a pena perder umas boas horas vendo todos os detalhes no interior do santuário. Confira abaixo a lista do que visitar na Capela Sistina.

Veja como comprar ingressos para os museus do Vaticano.

Afrescos

No processo de restauração realizado no pontificado de Sisto IV, um grupo selecionado de pintores do Renascimento foi contratato para pintar as obras na Capela Sistina. A lista continha nomes como Sandro Botticelli, Cosimo Rosselli, Domenico Ghirlandaio, Pietro Perugino, Pinturicchio e Luca Signorelli.

Os artistas produziram duas séries de painéis de afrescos. Uma delas, à esquerda do altar, aborda a vida de Moisés. A outra, situada à direita, é sobre a vida de Jesus Cristo.

Ambos os painéis da Capela Sistina contêm retratos dos Papas que haviam governado a Igreja Católica Apostólica Romana até então. A pedido do papa Júlio II, coube a Michelangelo decorar a abóbada da igreja.

A Criação de Adão

É na parte central da abóbada que fica a imagem mais conhecida da Capela: a Criação de Adão. Ela representa a história do Gênesis em que Deus deu vida a Adão.

Michelangelo é o autor de todos os afrescos do teto da capela. O artista levou quatro anos para produzir o trabalho, entre 1508 e 1512, e criou uma obra responsável por mudar o rumo da arte ocidental.

Missa do Papa no Vaticano: saiba como conseguir os ingressos gratuitos.

Juízo Final de Michelangelo

Anos mais tarde, Michelangelo voltou a ser convidado para pintar a Capela Sistina. Dessa vez o altar, com a obra “O Juízo Final”, desenvolvida durante cinco anos (1536 a 1541).

A obra foi encomendada pelo papa da época, Clemente VII. O artista renascentista expressou a Justiça Divina, entre o céu e o inferno, mostrando sua visão da ressurreição dos mortos e com os anjos. Na época da obra, o pintor foi muito criticado pela sociedade, por retratar corpos nus em uma capela católica.

Após alguns anos e muita polêmica, o Vaticano chamou outro artista para cobrir as genitais da obra e torná-la mais aceita pelos devotos da época.

horario-de-funcionamento-vaticano

Como chegar

A Capela Sistina está localizada no Vaticano. Uma maneira fácil e econômica de chegar ao local é por meio do metrô. O visitante pode acessar a linha A (laranja) e desembarcar na estação Cipro – Musei Vaticani.

A partir da capela, o turista pode visitar a pé outros pontos turísticos. A lista inclui a Basílica de São Pedro, Vaticano, Praça de São Pedro, Museus Vaticanos e Castelo de Sant’Angelo.

Site oficial: www.museivaticani.va

Você pode aproveitar e conhecer a maior Igreja católica do mundo, a Basílica de São Pedro, que fica ao lado da Capela.

Ingressos para a Capela Sistina

O bilhete adquirido pelo visitante dá acesso à Capela Sistina e aos Museus do Vaticano. Os preços para as visitas livres são:

  • 16€ – adultos;
  • 8€ – para pessoas entre 6 e 18 anos de idade;
  • Gratuito – para crianças menores de 6 anos.

É possível comprar o bilhete online e assim evitar filas!

Dica: os Museus do Vaticano encontram-se fechados aos domingos, exceto o último domingo de cada mês (visitas guiadas não são disponíveis neste dia).

E lembre-se que não é permitida a entrada de pessoas com saias curtas ou shorts. Portanto, vá preparado para não ser barrado na entrada e perder o que visitar na Capela Sistina.

Confira tudo sobre os ingressos para a Capela Sistina.

Curiosidades sobre a Capela Sistina

1. Inicialmente, Michelangelo recusou pintar a capela, pois não era pintor e sim escultor;

2. O projeto inicial era para pintar os 12 apóstolos, projeto pedido pelo papa Sisto IV, mas Michelangelo pediu para pintar cenas inspiradas no livro de Gênesis;

3. A Capela Sistina possui mais de 500 metros quadrados de pinturas e é considerada um museu dentro de uma igreja.

Agora que você já conheceu a Capela Sistina, o que visitar lá e outras dicas, nos conte: visitaria?

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
COMPARTILHE
Autor

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.