Santiago de Compostela: mais do que um caminho, um destino cultural

Visitar Santiago de Compostela  / 

Muitos caminhos levam à Santiago de Compostela. O Caminho Francês, o Português, o Inglês e o de La Plata. A cidade, conhecida pela tradicional peregrinação, recebe viajantes de todo o mundo em busca de algo espiritual.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

Mas, além de ser o local de chegada desse encontro do viajante consigo mesmo, é um lugar de muitas histórias e cultura, principalmente religiosas. Mesmo que você não queira fazer nenhum dos caminhos, certamente Santiago de Compostela será um bonito destino de viagem.

Vamos conhecer mais sobre a cidade.

Onde fica a cidade de Santiago de Compostela

Pequena e histórica, Santiago de Compostela tem, apenas, cerca de 100 mil habitantes. Situada no noroeste da Espanha, é a capital da Comunidade Autônoma da Galícia, fazendo parte da província da Corunha e da comarca de Santiago.

Mesmo sendo um local de chegada, ou de passagem, é internacionalmente conhecida por ser destino da peregrinação cristã, e espiritual: o Caminho de Santiago.

Histórica, teu o seu centro na lista do Patrimônio Mundial da Unesco, desde 1985. Abriga edifícios medievais e imponentes, que chamam a atenção de qualquer visitante.

Saiba a distância entre o Porto e Santiago de Compostela e conheça os 2 lugares em uma mesma viagem.

Como ir à Santiago de Compostela

É possível chegar na cidade de várias maneiras: de ônibus, trem, avião e, claro, a pé, através do Caminho de Santiago. Não tem voos diretos saindo do Brasil e, por isso, o mais indicado é utilizar um desses transportes a partir de cidades maiores próximas, como Madrid, Barcelona e Porto.

Caso decida chegar à cidade de avião, o Lavacolla, aeroporto da região, está a 11 quilômetros do Centro. Veja a melhor opção, saindo da sua cidade, através do comparador do site Kayak.

Se estiver em outras cidades, é possível ir de trem a partir do Porto e de Madri, por exemplo. Ônibus com destino à Santiago de Compostela também saem de locais como Salamanca, Sevilha, Barcelona, Lisboa e Paris.

Como se locomover em Santiago de Compostela

Não tem jeito: você terá que se locomover a pé por Santiago de Compostela. Não é permitido entrar de carro no centro histórico medieval, onde ficam todas as atrações.

Se tiver ido de carro, é possível deixá-lo em estacionamentos no entorno. Eles são, geralmente, subterrâneos. Da estação de trem, ou da rodoviária, é fácil ir a pé.

Outros meios de transporte em Santiago de Compostela

Se quiser passar apenas o dia na cidade em um bate-volta, uma boa alternativa é aproveitar as excursões. A Excursão a Santiago de Compostela saindo do Porto tem duração de cerca de 9 horas e custa a partir de 110€, por pessoa.

Se tiver mais disposição, faça a travessia por Santiago de Compostela de bicicleta. Com tempo bom, é uma ótima forma de conhecer a cidade.

Conheça mais a história da cidade

A história de Santiago de Compostela nos remonta à lendas e a história do próprio cristianismo. Conta-se que, dentre os discípulos que acompanharam Jesus Cristo, Santiago Zebedeu (ou São Tiago) foi um dos mais próximos. Após sua morte, Santiago começou a participar na evangelização da Palestina e da Espanha.

Na área atualmente ocupada pela Catedral residiu um povoado romano, entre o século I d.C e o século V. A fundação da cidade, no entanto, está ligada à descoberta dos restos mortais de Santiago, entre 812 e 813. Foi isso, então, que deu a importância religiosa ao local.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Isso acontece no período em que o rei Afonso II, das Astúrias, declara-se o representante da tradição, da religião e das leis locais, tomando o total poder e criando Compostela.

Aproveitando-se da descoberta dos restos mortais de Santiago, Afonso II faz uma peregrinação e manda construir uma igreja, concedendo privilégios e uma comunidade religiosa.

A notícia da descoberta do corpo de Santiago espalhou-se, fazendo com que o local se tornasse um novo lugar de peregrinação da cristandade.

mochileira Santiago de Compostela

Aproveite para conhecer cidades portuguesas e espanholas na sua ida à Santiago de Compostela. Veja um roteiro de Portugal e Espanha.

Percursos do Caminho de Santiago

Hoje é possível fazer 4 diferentes percursos:

  • Francês: entrando via Espanha, através de Roncesvalles, nos Pirenéus. São cerca de 800 quilómetros até Compostela;
  • Português: saindo das cidades de Porto, Barcelos, Ponte de Lima e Valença. Passa por bosques, campos agrícolas, pontes, aldeias e vilas históricas. A distância depende de qual destes locais é a saída. Saindo do Porto são 240 quilômetros até a chegada;
  • Inglês: saída de Ferrol ou da Corunha. Distância de aproximadamente 120 quilômetros;
  • Da Prata (“Via de la Plata”): é o Caminho Primitivo, com saída em Sevilha (Espanha), passando por Chaves e Ourense. Este é o caminho mais longo. Segue uma antiga estrada romana, chamada pelos árabes de “plata”.

Veja como fazer o Caminho de Santiago de Compostela a partir da França e de Portugal.

Lista de 10 passeios em Santiago de Compostela

1. Catedral de Santiago de Compostela

Mesmo que o seu caminho de chegada à cidade não tenha sido por motivos religiosos, uma visita à Catedral de Santiago de Compostela é quase que obrigatória. Um dos templos católicos mais antigos e imponentes da Espanha, ela foi construída entre os anos de 1075 e 1128.

É o principal ponto turístico da cidade. A construção histórica foi erguida em cima dos restos de outras igrejas mais primitivas. É lá que fica, supostamente, o túmulo do apóstolo Santiago (São Tiago).

A arquitetura mistura estilo românico, gótico, renascentista e barrocos. A praça onde ela está localizada, a Praça do Obradoiro, é o ponto de chegada dos peregrinos.

É possível visitar, além da Catedral, o Museu, o Paço de Xelmírez, os telhados, as escavações arqueológicas e o trifório.

Localização: Praza do Obradoiro, s/n, 15704 Santiago de Compostela, A Coruña
Horário: Todos os dias, das 9h às 19h
Ingresso:
Entrada combinada (Museu + Pórtico): 12€ | Reduzida: 10€
Menores de 12 anos: entrada gratuita
Entrada apenas Pórtico: 10€ | Reduzida: 8€
Apenas Museu: 6€ | Reduzida: 4€.

2. Centro Histórico de Santiago de Compostela

Caminhar pelo próprio Centro Histórico de Santiago de Compostela é um ótimo passeio, propriamente dito. Cheio de ruas estreitas e em pedras, é sempre movimentado.

Por ser uma cidade que atrai muitos estudantes, o centro acaba sendo um espaço animado por uni-los aos peregrinos do mundo inteiro.

Classificado como Patrimônio Mundial pela UNESCO, aproveite o passeio para conhecer o Mosteiro de São Martinho Pinário, que existe desde 1102. Preste atenção na arquitetura dos prédios e aproveite os muitos restaurantes e bares da região.

Localização: Centro Histórico de Santiago de Compostela

3. Praça do Obradoiro

É o local onde você mais irá encontrar os peregrinos. É na Praça do Obradoiro que fica a Catedral de Santiago de Compostela, então é o melhor lugar para tirar as fotos clássicas da cidade.

Quando estiver lá, preste atenção ao Paço de Raxoi, o prédio onde está a sede do governo da Galícia, região espanhola onde a cidade de Santiago de Compostela é a capital.

Localização: Praça do Obradoiro

Parque Alameda Santiago de Compostela

4. Parque da Alameda

Uma das principais áreas verdes da cidade, entre a parte nova e a velha. Vale a pena uma passada para ver os monumentos e estátuas. Entre elas, personalidades como a escritora e poetisa Rosalía de Castro, um dos grandes nomes da Literatura Espanhola.

Dentro do parque também ainda estão outros monumentos históricos da cidade de Santiago de Compostela, como a Igreja do Pilar, de arquitetura barroca, feita em homenagem à Virgem do Pilar, a Padroeira da Espanha.

Localização: Parque da Alameda

5. Mercado de Abastos

Como a maioria das cidades espanholas, não poderia faltar um bom mercado em Santiago de Compostela. Lá, o famoso Mercado de Abastos é um dos lugares mais visitados e um dos principais pontos turísticos.

O Mercado de Abastos é um dos mais conhecidos da Espanha. São centenas de barracas com vegetais, frutos-do-mar, pães, carnes, vinhos e bebidas.

Aproveite para experimentar pratos típicos da culinária galega em restaurantes que ficam no interior. Ideal para a hora do almoço.

Localização: Rúa das Ameas, s/n, 15704 Santiago de Compostela, A Coruña
Horário:
De terça a sábado, das 7h às 15h
Às segundas, das 9h às 14h
Aos sábados fecha 1 hora mais tarde
Ingresso: gratuito

6. Monastério de San Martiño Pinario

Um dos mosteiros mais importantes da região da Galícia, esse monumento religioso da cidade de Santiago de Compostela tem um interior que vale a pena ser visitado.

Construído em estilo barroco, ele abriga uma coleção de pinturas valiosas, além de objetos sagrados e peças feitas em ouro. O altar, inclusive, é imponente e dourado.

Ele foi construído em meados do século XVII onde antes era uma igreja. No seu total, ele inclui um hotel e um seminário particular.

Para turistas, as visitas são na Igreja e no museu. A exposição inclui retratos de pessoas que viviam em pequenas vilas espanholas e italianas, mostrando o declínio de populações de cultura mais isolada.

Localização: Praza da Inmaculada, 5, 15704 Santiago de Compostela, A Coruña
Horário:
Novembro a Maio: diariamente, das 11h às 19h
Visitas guiadas: às 12h30 e às 16h30
Junho a Outubro: abre todos os dias, das 10h às 20h
Visitas guiadas: às 11h, 12h30, 16h30 e às 18h
Os horários podem mudar em ocasiões especiais
Ingresso:
Igreja + Museu: 4€
Peregrinos, estudantes até 30 anos, maiores de 65 anos e grupos (entrada reduzida): 3€
Igreja + Museu – visita guiada: 6€
Visita guiada (entrada reduzida): 5€

7. Praza da Quintana

A Praza da Quintana é a segunda maior praça de Santiago de Compostela. Com dois andares, fica bem próxima à Catedral da cidade e é bem servida de cafeterias e restaurantes.

Construída em cima de um antigo cemitério, é agitada e animada, com apresentações de músicos de rua e estudantes.

Além disso, ela guarda uma lenda. Diz-se que, se passar pela praça à noite, é possível ver a figura de um peregrino sob a torre do relógio da catedral. A lenda conta que o peregrino é um padre que se disfarçou para encontrar sua amante, uma freira do convento de ali perto. Como ela nunca apareceu, ele continua indo para esperá-la.

Um dos edifícios mais históricos da praça é o Monastério de San Paio Antealtares, uma das construções mais antigas da cidade. Depois de servir como mosteiro e igreja, hoje abriga uma comunidade de freiras bentas de clausura.

Ou seja: uma praça cheia de mistérios. Vale a visita.

Localização: Praza da Quintana de Vivos, s/n, 15704 Santiago de Compostela, A Coruña

8. Hostal Parador dos Reis Católicos

Preste atenção nesse edifício. Também localizado na Praça do Obradoiro, bem ao lado da Catedral de Santiago de Compostela, ele foi construído para ser um hospital de atendimento aos peregrinos, em 1501.

Hoje, foi revertido em um hotel de luxo. Tem uma arquitetura típica da Espanha, misturando elementos renascentistas e góticos.

Se quiser mais experiência, é possível se hospedar lá. Ou só entrar para conhecer o seu interior, também vale: ele abriga uma capela declarada Monumento Nacional em 1912.

Localização: Praza do Obradoiro, 1, 15705 Santiago de Compostela, A Coruña

9. Pazo de San Lourenzo de Trasouto

O Pazo de San Lourenzo é um palácio construído sob as ordens do Bispo de Zamora, Martín Arias, no século XIII. Foi ocupado por franciscanos, passando a ser residência dos condes de Altamira no século XIX.

Mesmo depois de algumas obras, continua conservando seu estilo românico do início, quando foi realizado, em 1216. Atualmente, é Patrimônio Artístico Nacional e abriga um restaurante. É possível visitar a Igreja, a Sacristia e o Claustro.

Localização: Rúa da Carballeira de San Lourenzo, 12, 15705 Santiago de Compostela, A Coruña
Horário: De segunda a sexta, das 9h30 às 14h, reabrindo das 15h às 18h
Ingressos: Igreja, sacristia e claustro: 2€

10. Praza de Cervantes

Chamado de Fórum no século XII, a Praça de Cervantes é o ponto de encontro entre os moradores e o prefeito. É aqui onde estão outros pontos turísticos da cidade, como o museu Casa de La Troya, a Igreja de San Martiño Pinario e o convento de San Francisco.

Além disso, é um ótimo ponto de apoio aos turistas e peregrinos, com seus bares, restaurantes e lojas no entorno.

Localização: Praza de Cervantes

Mini roteiro de Santiago de Compostela: o que fazer em 2 dias

Muitos vão à Santiago de Compostela ao final da peregrinação, que pode sair de diversos locais mas terminam no mesmo lugar. Porém, a cidade também é visitada por turistas que estejam passando pela Espanha ou pelo Norte de Portugal.

Por isso, é possível fazer a Excursão de 1 dia em Santiago, saindo do Porto, por exemplo, para um bate-volta. Ou, se tiver mais tempo, fique 2 dias e faça o passeio com mais calma.

Uma boa opção é contratar guias e fazer um Tour Privado por Santiago de Compostela, para conhecer ainda mais a sua história.

Se preferir fazer por conta própria, veja dicas de um mini-roteiro.

Primeiro dia em Santiago de Compostela:

Aproveite o primeiro dia na cidade para conhecer o Centro Histórico. Em estilo medieval, ele merece ser olhado com calma, para apreciar seus edifícios antigos.

Siga para a Praça do Obradoiro e aproveite para tirar fotos da Catedral de Santiago de Compostela de todos os lados. Depois, visite-a. Preste especial atenção no Pórtico da Glória, com mais de 200 figuras talhadas pelo Mestre Mateus há mais de 800 anos. No arco central, está uma visão do Apocalipse.

Santiago Apóstolo, que dá nome à Catedral, está em uma coluna central de mármore. Parte do Pórtico é dedicada ao Antigo Testamento, do lado esquerdo. Já na metade do lado direito, estão representações do Novo Testamento.

De lá, vá até o Paço de Raxoi, o prédio onde está a sede do governo da Galícia. Ande mais um pouco e chegue ao Hostal Parador dos Reis Católicos. Mesmo sem estar hospedado, vale entrar para conhecer o edifício.

Termine o dia provando a gastronomia galega em um dos restaurantes ou bares na Praza de Cervantes. Ou faça uma Excursão Gastronômica em Santiago, a pé, provando pratos típicos da região.

Segundo dia em Santiago de Compostela

Já que você passou um bom tempo conhecendo todos os detalhes da Catedral de Santiago de Compostela no primeiro dia, aproveite o segundo para caminhar bastante. Comece no Parque da Alameda, para ver os monumentos e esculturas.

Siga caminhando até o Mercado de Abastos e, depois de um passeio, não deixe de provar mais alguns pratos típicos da Galícia.

Na parte da tarde, saia do mercado até a Praza da Quintana. Além de apreciar a arquitetura local, é lá que está o imponente Monastério de San Martiño Pinario. Aqui vale a pena entrar para conhecer.

Termine o dia com um passeio na Pazo de San Lourenzo de Trasouto, Patrimônio Artístico Nacional. Você pode jantar por lá, pelo restaurante, ou apenas aproveitar a ida para conhecer o Palácio por dentro.

Saiba o que fazer na Galícia. Veja dicas em nosso artigo.

Quando ir?

Mesmo se você não pretende ir à cidade para fazer o já tradicional Caminho de Santiago, é bom saber que o inverno tem temperaturas baixas, assim como o verão temperaturas mais altas.

Além disso, é no verão que a cidade fica mais cheia e agitada. A melhor época para ir à Santiago de Compostela, portanto, seria na baixa estação na Europa, na primavera ou no outono. Entre os meses de maio e junho, ou entre setembro e novembro.

Monastério Santiago de Compostela

Veja qual a melhor época para viajar para Espanha e Portugal.

Quanto custa uma viagem para Santiago de Compostela?

Por ser uma cidade menor, certamente os custos de uma viagem à Santiago de Compostela são menores do que para capitais europeias maiores.

Mesmo assim, é uma cidade bastante turística, o que significa que é possível encontrar alguns itens mais caros. Separamos aqui um pequeno planejamento de custos para a sua viagem.

Passagens aéreas

Saindo do Brasil, não é possível ir em voo direto. E, por isso, os valores ficam um pouco mais caros. Fizemos uma simulação, utilizando a área de voos do site Kayak, para avaliarmos o custo.

Colocamos o mês de maio de 2020 como previsão: baixa estação, nem tão quente, nem frio. Ótima opção para ir à Europa e conhecer Santiago de Compostela.

Partindo de São Paulo, a passagem mais barata tem 1 escala em Madrid, e é da companhia aérea Iberia. O valor é de R$ 3.784. Saiba como comprar a sua ida com diversos trechos em nosso artigo de passagens aéreas na Kayak.

Seguro Viagem

Você sabia que a Espanha é um dos destinos que fazem parte do Tratado de Schengen? Isso quer dizer que para entrar em Santiago de Compostela, mesmo que esteja vindo de outro país europeu, é obrigatório ter um Seguro Viagem Espanha em mãos, com cobertura mínima de 30 mil euros.

Em uma simulação de custos, utilizamos o nosso comparador seguro viagem, uma parceria com o portal Seguros Promo. É possível encontrar planos de seguro viagem com valores desde R$12 a R$60, por dia.

Hospedagem

Por receber turistas do mundo inteiro, além de peregrinos em busca de um encontro espiritual, Santiago de Compostela oferece hospedagens de diversos preços.

Desde as mais simples, por 40 euros, até mais luxuosas, na média de 200 euros. Compare preços de hospedagem na área de hotéis do site Kayak.

Alimentação de rua

A alimentação de rua de Santiago de Compostela costuma ter preços melhores do que de outras cidades na Europa.

Veja uma média de valores dos principais itens em restaurantes da cidade:

Alimentação de rua Preço
Cerveja (570ml) 2€
Almoço em restaurante barato 10€
Refeição para 2 pessoas, em restaurante mediano, com 3 pratos 35€
Cappuccino 1,40€
Água 1,18€

Supermercado

A melhor maneira de economizar na alimentação é adquirir itens básicos no supermercado. Vale a pena para algumas coisas. Veja o preço médio de alguns produtos:

Item Preço
Garrafa de vinho 5€
Água (garrafa de 1,5 litro) 0,54€
Sanduíche de frango 5,67€
Cerveja local 0,87€

Transporte

Como já falamos, você não irá precisar de transporte dentro de Santiago de Compostela. Porém, se quiser utilizar para distâncias maiores, único meio de transporte público na cidade são os ônibus, que circulam fora do centro. O valor do bilhete é de 1€.

Também é possível adquirir bônus se adquirir 10, 20 ou 30 viagens. No entanto, não recomendamos: além de precisar de poucos dias na cidade, o ideal é fazer tudo a pé.

“Preciso me preocupar com a segurança na Espanha?” Confira aqui.

Atrações

São muitas as atrações gratuitas pela cidade por um principal motivo: Santiago de Compostela é, por si só, um grande museu.

Se decidir entrar em todas os locais que recomendamos em nosso mini-roteiro de 2 dias em Santiago de Compostela, o valor médio de ingressos para adultos sairia por: 18€.

Onde ficar em Santiago de Compostela?

Sem sombra de dúvidas, o ideal é ficar dentro da cidade, próximo ao Centro Histórico. Por ser um destino pequeno, de fácil circulação, encontra-se hospedagem para todos os bolsos.

Veja sugestões de hotéis na cidade:

Hotel Categoria Estrelas Localização Preço médio
Parador dos Reis Católicos | Parador de Santiago de Compostela Luxo (melhor hotel) 5 estrelas Centro 188€
Hotel Praza Quintana Melhor custo benefício 3 estrelas Centro 125€
Duerming Sete Artes Hotel Boutique Mais barato 1 estrela Centro 75€
Pensión Residencia Fonseca Hostel 2 estrelas Centro 54€
Hospedería San Martín Pinario Pousada 1 estrela Centro 49€

Onde comer?

A gastronomia galega é bastante rica, principalmente quando falamos de frutos-do-mar. Um dos carros chefes locais de Santiago de Compostela são os crustáceos e moluscos, os chamados mariscos.

Aproveite para comer camarão, lagostins, ostras, vieiras, mexilhões e, principalmente, polvo. O polvo à galega é um dos pratos mais típicos da região, com muito azeite, pimentão e batatas.

A região também é bem servida de produtos da terra. É lá que sai a tradicional “vitela galega”, preparada de várias maneiras, com churrascos ou costelas.

Se for no inverno, o grande “protagonista” é o porco, com variados tipos de preparo de pratos suínos. Morcelas e chouriços também estão bem presentes na culinária local.

Veja dicas de onde comer em Santiago de Compostela:

Planejando sua viagem para Santiago de Compostela

Você já sabe que para entrar na Espanha é obrigatório estar com um seguro viagem em mãos. Mesmo que o portão de entrada seja por outros países, recomendamos que você confira os valores no nosso comparador de seguro viagem e escolha as melhores opções de seguro para a sua necessidade.

Ganhe desconto. Para pagar menos 10% do valor do seu seguro viagem, insira o nosso cupom de desconto EURODICASTURISMO (para ganhar 5% de desconto) na hora do pagamento e pague por boleto bancário (para ganhar mais 5%).

Confira ainda nosso guia de viagem para Espanha com tudo o que precisa saber para uma boa estadia.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Denise Mustafa é jornalista, fotógrafa e especializada em conteúdo e gerenciamento de marcas. Já passou uma temporada em Portugal, viajou bastante por aí e, agora vivendo no Brasil, escreve para grandes sites brasileiros de viagem, sempre à frente da sua Travessia Conteúdo & Branding, atravessando oceanos e contando suas experiências para outros viajantes.