Já parou para pensar quais vilas na França valem a pena visitar em sua próxima viagem? No interior e até mesmo pertinho da capital, existem algumas joias pitorescas escondidas que parecem ter parado no tempo.

Neste artigo, deixamos as grandes cidades de lado, e fizemos uma seleção de pequenas vilas charmosas e cheias de história para guiar a sua escolha. Prepare-se para se apaixonar!

Quais as vilas na França mais incríveis para visitar?

Que a França é um dos destinos mais instagramáveis da Europa você já sabe. No entanto, saiba que há muita beleza para além das grandes cidades francesas, como Paris, Nice, Lyon e Bordeaux.

Veja no mapa a localização das principais vilas da França para visitar:

Conheça, a seguir, um pouquinho mais sobre cada uma delas. Confira também a curadoria que fizemos dos melhores passeios e ingressos para cada uma dessas vilas.

1. Rouen, Normandia

Rouen foi apelidada de la ville aux cent clochers (em português, “a cidade das cem torres sineiras”) pelo escritor Victor Hugo. E basta olhar para cima, ao longo de seus passeios, para compreender o motivo.

Com sua Catedral de Notre-Dame, a Abadia de Saint-Ouen, a Igreja de Saint-Maclou, o Palais de Justice, o Gros Horloge, entre outros, Rouen é uma das vilas na França com mais joias arquitetônicas.

Com o intuito de aproveitar plenamente da capital histórica da região, é recomendável dedicar pelo menos um final de semana por lá.

O que fazer em Rouen?

Dentre os passeios disponíveis em Rouen, destacam-se:

Passeio Preço
Visita guiada ao centro histórico 24€
Passeio particular personalizado com um guia local 47€
Tour guiado para amantes da gastronomia 59€

2. Eguisheim, Alsácia

Eguisheim é uma cidade autêntica, classificada como uma das mais belas vilas na França desde 2003.

Ela faz a felicidade de todos os amantes de história e arquitetura, com suas casas floridas, suas ruelas estreitas e pavimentadas e seus monumentos históricos. É a oportunidade de visitar a Alsácia, e ir além da já famosa Estrasburgo.

Além disso, a visita à Eguisheim é uma ótima oportunidade para experimentar a gastronomia local, que tem o choucroute como um dos destaques. De maneira geral, a cidade é bem pequena, de tal forma que a visita não costuma levar mais de duas horas – a não ser que você decida dar uma esticada em uma de suas várias adega de vinhos.

O que fazer em Eguisheim?

Veja as melhores opções do que fazer em Eguisheim:

Passeio Preço a partir de
Eguisheim, Château, Colmar e Riquewihr 85,50€
Estrasburgo, Colmar, Eguisheim e Riquewihr 450€
Passeio por Eguisheim e outros vilarejos medievais 110€

3. Giverny, Normandia

A comuna de Giverny, na região da Normandia, fica na margem direita do Sena e é famosa por ter sido onde Claude Monet morou de 1883 até o ano de sua morte, 1926. Por abrigar os jardins e casa do famoso pintor impressionista, a região é uma das mais famosas vilas na França.

Jardins de Monet, em Giverny.
Visitar Giverny é como entrar em um quadro impressionista. Foto: Bárbara Ábile

A visita ao espaço de Monet dura, facilmente, um dia todo. Mas, para além disso, Giverny também é um ótimo lugar para passear, comer e conhecer outros pontos turísticos, como o Hôtel Baudy, frequentado por nomes como Cézanne, Rodin e Renoir.

Sendo assim, em dois dias é possível aproveitar, com calma, todas as melhores atrações que a cidade reúne.

O que fazer em Giverny, Normandia?

Veja os melhores ingressos para passeios em Giverny:

Passeio Preço a partir de a partir de
Tour guiado em Giverny, Casa de Monet e afins 48€
Passeio de um dia com guia a Giverny e ao Palácio de Versalhes 131€
Tour sem fila na Casa e Jardins de Monet 55€

4. Saint-Guilhem-le-Désert, Occitanie

Saint-Guilhem-le-Désert é uma das vilas da França que agrada tanto crianças, como adultos. Ela também é classificada como patrimônio mundial da Unesco e surpreende pelo seu charme, ruas estreitas e casas antigas de pedra.

Ela é uma das cidades medievais mais conservadas da França. Sua posição privilegiada nas Gorges de l’Hérault, seu rico patrimônio, e seu ambiente excepcional é ponto de partida de várias trilhas e caminhadas. Além disso, ela é um lugar ideal para comer e beber bem.

Em virtude de seu tamanho, é possível visitar a cidade em 2 ou 3 horas. No entanto, se você quer aproveitar tudo o que ela pode oferecer, considere ficar um final de semana todo.

O que fazer em Saint-Guilhem-le-Désert?

Para ajudar em seu planejamento, veja opções do que fazer em Saint-Guilhem-le-Désert:

Passeio Preço a partir de
Saint-Guilhem-le-Désert e Moureze em 1 dia 65€
Excursão à Saint-Guilhem-le-Désert 145€
Tour particular em Saint Guilhem e na ponte do diabo 180€

5. Domme, Nouvelle-Aquitaine

Domme é, sem dúvidas, uma das vilas mais bonitas e imperdíveis da França. Ela está localizada no topo de um promontório rochoso, e à 12km de Sarlat.

Essa cidade medieval oferece uma vista inacreditável da região: de lá, é possível apreciar as florestas, os castelos, pequenas cidades, e jardins. Além disso, a própria cidade é muito curiosa: ela é fortificada desde a Idade Média, construída em um plano irregular, e em torno de uma bela praça.

Por isso, 2 a 3 dias é o mínimo necessário para conhecer Domme  com calma, e aproveitar todo o arcabouço histórico que ela oferece.

O que fazer em Domme?

Domme é o destino ideal para os amantes de história. Dentre os passeios disponíveis, lá você encontra:

Passeio Preço a partir de
Sarlat-la-Canéda: tour Beynac e Domme e passeio de barco em Dordogne 85€
A rota da história em canoa na Dordogne, passando por Domme 34€
Excursão particular de meio dia ao Vale da Dordogne 122€

6. Rocamadour, Occitanie

Rocamadour não é apenas o único lugar permitido para produzir o queijo delicioso de nome homônimo. Para além de chamar a atenção de amantes desta iguaria, esta vila na França também é um lugar importantíssimo para o Cristianismo, desde a Idade Média.

Grand Escalier, em uma Vila na França.
A Grand Escalier, representada na foto, dá acesso a um complexo de construções religiosas.

Isso porque ela é uma etapa essencial da famosa peregrinação, que ocorre ao longo do caminho de Santiago de Compostela. Por conta disso, Rocamadour é inscrita no patrimônio mundial da Unesco, e é um lugar incontornável se você estiver visitando o Vale da Dordogne.

A fim de conhecer o essencial da cidade, conte com, pelo menos, 2 horas de visita.

O que fazer em Rocamadour?

Se o caminho de Santiago de Compostela for demais para você, veja outras opções do que fazer em Rocamadour:

Passeio Preço a partir de
Viagem de meio dia à vila de Rocamadour 97€
Rocamadour: passeio a pé com guia 193€
Tour guiado em Rocamadour 140€

7. Vale do Luberon, Provence-Alpes-Côte d’Azur

Não tenha dúvidas que no Vale do Luberon você será seduzido pelo jogo de luzes e paisagens variadas. Conhecida como um dos lugares da França de maior beleza natural, é aqui que você encontra ao mesmo tempo os ocres, o relevo calcário, os altos planaltos e os campos de lavanda.

O Vale do Luberon reúne várias vilas na França que são bem pequenas, por conseguinte, é possível visitá-las em um só dia, ou, se você quiser, em um final de semana. Lourmarin, Bonnieux, Roussillon e Gordes são vilarejos que impressionam pelo seu rico patrimônio, suas famosas feiras de rua, e várias opções de lazer.

O que fazer em Luberon?

Veja as opções de bilhetes que contemplam passeios pelos vários vilarejos do Vale do Luberon:

Passeio Preço a partir de
Vilarejos no topo da colina em Luberon 95€
Piquenique ao lado dos campos de lavanda 42€
Tour guiado pelos campos de lavanda e pelo Vale do Luberon 110€

8. Piana, Córsega

Essa Vila da França é uma joia da Córsega. O ponto alto aqui, que você não pode deixar de ir, são os calanques. É possível explorá-los via barco, e até mesmo a pé — mas se você optar por esse último, lembre-se de se vestir adequadamente e confortavelmente.

Como contraste às formações rochosas, você vai se maravilhar com as águas de cor turquesa. Além disso, saiba que em Piana também há praias, um pequeno porto, monumentos lindíssimos da própria cidade. Como resultado, é interessante reservar no mínimo três dias para realizar todas essas visitas.

O que fazer em Piana?

Os passeios de barco são muito procurados em Piana. Veja as opções que você pode encontrar:

Passeio Preço a partir de
Piana Calanques e cavernas de barco 40€
Cruzeiro de meio dia Scandola Reserve e Calanque de Piana 65€
Scandola, Girolata e Piana: passeio de barco à tarde 63€

9. Auvers sur Oise, Île-de-France

Se você está em Paris, gosta de cidades menores, e tem curiosidade sobre as últimas pinturas (e últimos dias) de Vincent Van Gogh, vá à Auvers sur Oise. Situada a alguns quilômetros da capital francesa, essa cidade charmosa do Val d’Oise também recebeu vários outros pintores impressionistas, como Daubigny, Cézanne e Pissarro.

Albergue onde viveu Van Gogh.
O Auberge Ravoux é, além de tudo, uma ótima opção para almoçar em Auvers. Foto: Bárbara Ábile.

Lá, você poderá seguir os últimos passos do pintor e visitar os cenários que inspiraram a pintura de várias de suas famosas obras, como: A Igreja de Auvers, Campo de Trigo com Corvos e O Quarto em Arles. O quarto deste último, aliás, pode ser visitado no Auberge Ravoux, onde Van Gogh passou seus últimos dias.

Auvers sur Oise é uma vila pequena na França, de tal sorte que é possível fazer uma visita em todos os pontos turísticos da cidade em apenas um dia.

O que fazer em Auvers sur Oise?

Para ter um roteiro completo de Van Gogh em Auvers, considere os seguintes passeios:

Passeio Preço a partir de
Quarto de Van Gogh em Auvers e excursão à Giverny 189€
Caminhada seguindo os passos de Van Gogh 70€
Tributo à Van Gogh por Auvers 55€

10. Moustiers-Sainte-Marie, Provence-Alpes-Côte d’Azur

Outro lugar conhecido como uma das vilas mais bonitas da França é Moustiers-Sainte-Marie. Essa maravilha da região da Haute Provence possui traços de um viveiro provençal, e esconde uma série de surpresas aos seus visitantes.

Ela é, ainda, uma ótima ideia de passeio devido à sua proximidade com as Gorges du Verdon, um cânion magnífico que surpreende tanto pelas suas formações rochosas, quanto pela água turquesa característica da região.

Com o intuito de aproveitar tudo o que Moustiers-Sainte-Marie pode oferecer, se planeje para ficar ao menos 3 dias por lá. Ainda, vale evitar as estações mais quentes, caso você queira fugir da horda de turistas que passam as férias no lugar!

O que fazer em Moustiers-Sainte-Marie?

Veja abaixo algumas opções do que fazer em Moustiers-Sainte-Marie:

Passeio Preço a partir de
Moustiers-Sainte-Marie e Gorges do Verdon 125€
Canyon de Verdon e Moustiers-Sainte-Marie 150€
Grand Canyon, piquenique de barco, Moustiers-Sainte-Marie e vilarejos 195€

11. Èze, Provence-Alpes-Côte d’Azur

Situada entre Nice e Monaco, Èze é o destino ideal para os que querem descobrir os charmes da Côte d’Azur. Entre suas ruelas pitorescas, suas boutiques charmosas e jardins luxuosos, essa pequena cidade medieval é um verdadeiro refúgio de paz na tumultuada Riviera Francesa.

Ela está situada no topo de uma formação rochosa bem alta, mais especificamente a 429 metros de altitude. Isso permite uma vista privilegiada do Mar Mediterrâneo. Além disso, tenha certeza de que você vai se apaixonar pelas construções em pedra e pelo artesanato local, lotado de peças originais.

Desse modo, em um dia inteiro você consegue conhecer bem a cidade. Caso você decida explorar seus arredores, vale ficar um dia a mais por lá.

O que fazer em Èze?

Èze tem sempre uma programação interessante para seus visitantes. Veja as opções a seguir:

Passeio Preço a partir de
Riviera Francesa em 1 dia 85€
Èze, Mônaco e Monte-Carlo 55€
Aula de fabricação de perfumes em Èze e tour pela fábrica 29€

12. Epernay, Grand Est

Rodeada de vinhas, construída sobre uma rede de adegas e atravessada por uma das avenidas mais prestigiosa do mundo, Epernay, a capital do Champagne, é uma das vilas que os amantes da bebida precisam visitar da França.

Visita em vinícola de uma das Vilas da França.
Visitar Epernay é uma oportunidade para conhecer mais sobre a cultura do Champagne.

Nesse sentido, a cidade oferece uma ampla opção de vinícolas e oportunidades de degustação, o que chama a atenção tanto de conhecedores, quanto de leigos curiosos. Lá, é possível conhecer a prestigiosa Maison Moët & Chandon, passear de trem pelas adegas e fazer tours privados.

Com o propósito de visitar várias vinícolas e caminhar pelas suas ruelas, o ideal é escolher ficar em Epernay por 2 ou 3 dias.

O que fazer em Epernay?

O enoturismo é muito forte na região, mas também há outras opções de passeios:

Passeio Preço a partir de
Voo de balão de hélio em Epernay 16€
Excursão vinícola e adega com degustação de champanhe 39€
Tour de champanhe à tarde com 6 degustações 165€

13. Carcassone, Occitanie

Carcassone é uma das vilas da França que reúne vestígios de seu passado medieval. O seu espaço de quase 3 km de extensão contém os tesouros de um patrimônio que foi construído, destruído, atacado, renovado e restaurado para, enfim, se tornar patrimônio mundial da UNESCO.

A cidade é um complexo fortificado único na Europa, e por conta disso é perfeita para caminhadas. Além disso, suas especialidades culinárias se destacam entre os turistas, como o cassoulet (especialidade à base de feijões brancos e carne), o vinho e a trufa.

Portanto, para aproveitar bem todas as atividades, reserve pelo menos um dia inteiro em Carcassone.

O que fazer em Carcassone?

Se você busca o que fazer em Carcassone, considere as atividades abaixo:

Passeio Preço
Ingresso para Castelo e Muralhas de Carcassone 11€
City tour medieval por Carcassone 20€
Basílica Antiga de Carcassone com áudio 9,33€

14. Saint Paul de Vence, Provence-Alpes-Côte d’Azur

Saint Paul de Vence é, sobretudo, repleta de tesouros arquitetônicos. Dentre eles, destacam-se sua capela decorada no sul do Mediterrâneo, as suas igrejas e as suas ruelas estreitas, com charme antigo. Em suma, é este encanto provençal específico de Saint-Paul-de-Vence que faz dela uma das vilas mais encantadoras e românticas da França.

Seu diferencial é que, ainda que ela seja cidade pequena, ela mescla monumentos históricos e galerias de arte. Além disso, como não podia ser diferente nessa região, saiba que a partir de Saint Paul de Vence você pode ter uma vista privilegiada do mar que banha a cidade.

Nesse sentido, se sua intenção é fazer um breve tour, é provável que 1h30 é o suficiente. No entanto, caso você queira aproveitar o ambiente para comer ou descansar na sombra das oliveiras, considere pelo menos meio dia na cidade.

O que fazer em Saint Paul de Vence?

Para te ajudar a planejar sua viagem à Saint Paul de Vence, veja as melhores opções de passeios:

Passeio Preço a partir de
Saint Paul de Vence, Cannes e Antibes 65€
Excursão por Saint Paul de Vence e outros vilarejos medievais 95€
Saint Paul de Vence e Antibes, com degustação de vinhos 119€

15. Colmar, Grand Est

Aninhada no coração de vinhas, as suas casas tradicionais, os seus canais, as suas flores, a sua saborosa gastronomia, os seus renomados vinhos finos e o seu alojamento encantador fazem de Colmar um resumo da idílica Alsácia.

Região central de Colmar.
O centro de Colmar fica especialmente belo na época de Natal.

Conhecida pela sua art de vivre, no qual o convívio e a hospitalidade são os valores essenciais que guiam a recepção de seus visitantes, essa simpatia de cidade reúne diversos museus, festejos locais e espaços verdes.

Em virtude de seu tamanho, em apenas 1 dia você consegue visitar seus pontos mais conhecidos.

O que fazer em Colmar?

Organize sua ida à Colmar a partir das opções de passeios:

Passeio Preço a partir de
Fabricação de chocolate em Colmar 40€
Tour de 2h por Colmar 59€
Excursão a pé com guia local 35€

Qual a melhor forma de chegar às vilas na França?

É possível chegar tanto de trem, quanto de carro nas vilas da França.

Se você pretende ir de trem, indicamos que você busque sua passagem pela Omio, isto é, um mecanismo de busca de viagens para o Reino Unido e Europa. Através dele, você certamente vai encontrar ótimas opções de passagens de avião, trem, ônibus e ferryboats.

A vantagem é que a Omio tem parceria com mais de mil empresas, dentre elas, as mais famosas da França, como a SNCF, o que te permite comprar todas as passagens por um só canal.

Todavia, se você prefere alugar um carro na França, uma opção para encontrar ótimos preços é a DiscoverCars. Em outras palavras, esse agregador de buscas promete comparar os preços de aluguel de carros e mostrar aos clientes os preços mais baixos.

As vantagens de utilizar o DiscoverCars é que você tem acesso a um serviço multilingue 24h por dia e 7 dias por semana, além de cancelamento gratuito.

O aluguel de um carro, decerto, faz bastante sentido se em seu roteiro na França há vilas em regiões próximas. Leve isso em consideração, juntamente do tipo de viagem que você quer ter, e em quantas pessoas você vai viajar.