Ilhas Canárias: variedade de natureza, um paraíso de praias e vulcões

Visitar Ilhas Canárias  / 

Destino bastante procurado, principalmente por europeus que buscam escapar do frio, as Ilhas Canárias parecem um destino distante de nós, brasileiros. Mas não se engane: o arquipélago espanhol é cheio de encantos e um destino incrível de viagem.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

São 7 ilhas principais, divididas em duas pequenas províncias. Vulcão, praias com areia escura, um mar azul marinho, um clima ameno, inclusive no inverno, são alguns dos chamativos para conhecer as Canárias.

Veja quais são as principais cidades e o que não deve faltar no seu roteiro de viagem.

Saiba mais sobre a história das Ilhas Canárias

Geograficamente, as Ilhas Canárias não estão nem na Europa, e sim na África, bem ao lado do Marrocos. Constitui uma Região Autônoma do Reino da Espanha, com uma consideração especial da Nacionalidade histórica, reconhecida pelo Governo Espanhol.

Sua história é antiga, data de desde a antiguidade. Antes da chegada dos aborígenes, as Ilhas Canárias eram habitadas por animais endêmicos, alguns até extintos, como lagartos, ratos e tartarugas gigantes. Foi descoberta no período greco-romano.

Em 1336, sua redescoberta foi reivindicada por Portugal e, depois, sua posse foi atribuída ao reino de Castela. Foi local de expedições comerciais em busca de escravos, peles e tinta. Passou a ser ponto de escala entre rotas comerciais da América e da África.

El Teide Ilhas Canárias

Hoje, pertencente à Espanha, o arquipélago é formado por sete ilhas principais. Pontas de vulcões que se formaram no fundo do mar há 14 milhões de anos deram origem às sete ilhas que hoje compõe o paradisíaco arquipélago das Canárias.

São elas: La Palma, El Hierro, La Gomera, Tenerife, Gran Canaria, Fuerteventura e Lanzarote, além de várias pequenas ilhas e ilhéus costeiros.

Conheça outras ilhas da Espanha em nosso guia completo para destinos paradisíacos.

Conheça as principais ilhas das Ilhas Canárias

As Ilhas Canárias estão divididas por províncias: Las Palmas é formada pelas ilhas de Lanzarote, Fuerteventura e Gran Canaria. A segunda é a província de Santa Cruz de Tenerife, formada por Tenerife, La Gomera, La Palma e El Hierro.

Entenda um pouco sobre cada ilha:

Tenerife

A maior ilha das Canárias, Tenerife quer dizer montanha nevada na língua dos guanches, em referência ao vulcão adormecido El Teide, o mais alto pico da Espanha que, dependendo da época do ano, pode ficar completamente coberto de neve.

É a mais povoada entre as ilhas, tendo como capital Santa Cruz de Tenerife. A ilha se divide em duas zonas climáticas bem distintas: norte úmido e rico em vegetação, sul ensolarado e árido.

Além do passeio ao Teide, as praias ao redor de Tenerife são muito procuradas por turistas do mundo inteiro, mesmo no inverno, principalmente pela diferença ambiental entre o norte e o sul. É como passear em dois climas distintos em um só lugar.

Dentre todas as ilhas, Tenerife é o maior destino turístico, além de estar entre os 3 maiores da Espanha.

Fuerteventura

A segunda maior ilha do arquipélago. Fuerteventura fica próxima do Marrocos, a apenas 100 quilômetros de distância. É aquele lugar perfeito para uma escapada do frio. Tem temperaturas médias que variam de 17 a 25 graus, ou seja: nem muito frio, nem muito quente.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Fuerteventura é divida em duas partes: La Maxorata e a Península Jandia. A primeira é onde mais circula atividade econômica e vive a população. A segunda, zona montanhosa e árida, é praticamente desértica.

Sua capital é Puerto del Rosario e turistas estrangeiros e espanhóis preferem visitar a Antigua, El Cotillo, Caleta de Fuste, Morro Jable e Corralejo. São os locais mais populares da ilha. Faça o passeio Ida e Volta de Barca para Ilha de Lobos, em Corralejo, e explore as paisagens na ilha.

Outra atração da ilha é a gastronomia, muitas “queijarias” estão espalhadas pelo local oferecendo os melhores queijos da Espanha.

como ir a ilha fuerteventura

Gran Canaria

A terceira maior ilha entre todas, Gran Canaria fica localizada bem ao centro do arquipélago das Ilhas Canárias. Tem como capital Las Palmas e é uma das mais bonitas, principalmente por conta de suas praias, de paisagens variadas. É conhecida pelos serviços de alta qualidade.

Os destinos preferidos dos turistas são: Puerto de Mogan, Puerto Rico, Maspalomas (onde é possível admirar a reserva de dunas) e Playa del Inglés.

A diversidade da ilha chama atenção: em janeiro, é possível ver neve em alguns locais e tomar sol na praia mais ao sul. Na visita, conheça como viviam os aborígenes canários, antes da chegada dos castelhanos.

É ótimo destino para quem gosta de relaxar e para os aventureiros: é possível fazer trekking em vários locais da ilha.

Descubra a vida marinha com um mergulho em Las Canteras.

Lanzarote

Se você é fã do escritor José Saramago, já ouviu falar de Lanzarote: era lá que ele vivia. Uma das menores no arquipélago das llhas Canárias, é outra das ilhas vulcânicas de areia escura.

Sua capital chama Arrecife e Lanzarote é conhecida também pelos seus contrastes. O cinza quase negro da lava vulcânica se mistura às casas brancas, aos seus mais de 90 vulcões e às obras de arte locais. Tudo isso com, ainda, um mar cristalino. A ilha também está na lista da Unesco graças à sua Reserva da Biosfera.

Adicione La Graciosa, uma outra ilha, pertencente a Lanzarote, com apenas 500 habitantes, ruas e areia e quilômetros de praias selvagens.

Os destinos mais visitados da ilha Lanzarote são: Costa Teguise, Puerto del Carmen, Playa Blanca, Arrecife e Puerto Calero.

Um dos pontos altos de uma visita à ilha de Lanzarote é conhecer os seus deliciosos vinhos ou para os amantes de esportes é um lugar ideal para praticar ciclismo, corrida e atividades náuticas.

La Palma

La Palma é considerada uma das ilhas mais intactas do arquipélago das Ilhas Canárias. A “Isla Bonita”, como é conhecida, também tem, em suas paisagens, vulcões, florestas, praias e cachoeiras.

Declarada como Reserva da Biosfera e Reserva das Estrelas e Destino, pertence à província de Santa Cruz de Tenerife. Tem 14 municípios, entre eles sua capital, Santa Cruz de La Palma, um centro histórico e artístico. Como as demais, o clima é ameno e agradável.

La Palma é conhecida, especialmente, pelo céu: é lá que está o Observatório Astrofísico, um dos mais completos do mundo, o que dá excelentes condições para quem gosta de observar as estrelas.

Puerto Naos, Los Cancajos e Tazacorte são os três destinos preferidos dos turistas, que já estão acostumados com os limites impostos no local para manter a sua preservação.

Faça uma Experiência de Observação de Golfinhos e Baleias, com duração de 3 horas, na ilha.

El Hierro

A menor das Ilhas Canárias, El Hierro possui apenas 10 mil habitantes. Por isso é, também, uma das mais preservadas. Turistas que gostam de contato com a natureza devem procurar a ilha.

Além de paisagens bastante variadas, para mergulhadores é um local cheio de segredos de vida marinha, mesmo sendo a ilha com menos praias.

El Hierro inaugurou, recentemente, uma estação energética hídrica e eólica e tornou-se, praticamente, auto-sustentável.

Se quiser conhecer, não deixe de ir às piscinas naturais em Charco Azul e La Maceta, situadas em La Frontera e Pozo de Calcosas, no extremo norte da ilha.

La Gomera

A ilha de La Gomera é conhecida principalmente pelo seu Parque Nacional de Garajonay: ele está na lista do Patrimônio da Humanidade da Unesco. O local remonta a uma antiga lenda do povo originário da ilha e faz parte da história de descoberta das américas.

La Gomera é conhecida como “La Isla Colombina”, pois foi lá que Cristóvão Colombo passou alguns dias com sua tripulação antes de ir para a América, em 1492.

Montanhosa, é um dos locais mais procurados por quem gosta de fazer trilha em meio à natureza.

Faça uma excursão para La Gomera saindo de Tenerife.

Gran Canaria Ilhas Canárias

Veja quais são as 5 ilhas da Europa mais bonitas para visitar.

O que fazer nas Ilhas Canárias

Para quem gosta de turismo na natureza, as Ilhas Canárias é destino certo. Veja o que incluir na sua visita:

1. As praias das Ilhas Canárias

As praias nas Ilhas canárias são bem diversas. Desde costas com areia mais escura, a vulcânica negra, até praias com pedras e areia branca e fina.

Fuerteventura é a ilha com maior extensão no arquipélago das Ilhas Canárias, com mais variedade de praias.

Para quem prefere uma praia com acesso mais fácil e semelhante às paisagens brasileiras, a sugestão é ir à Tenerife, na parte sul da ilha, e visitar a Playa de Las Américas, ou a Playa de La Tejita, onde o mar é mais quentinho.

Dentre as melhores e mais populares estão:

  • Playas de Papagayo, Las Conchas e Famara, em Lanzarote;
  • Corralejo, em Fuerteventura;
  • Playa del Medio e Hermigua, em La Gomera;
  • Las Teresitas, Los Cristianos e El Bollullo, em Tenerife;
  • Playa del Inglés e Las Canteras, em Gran Canaria.

Não se assuste se chegar e pessoas de todas as idades estiverem sem roupa. A prática de nudismo é muito comum na Europa e, principalmente, em algumas praias das Canárias. Existem lugares que são reservados especialmente para isso.

Conheça quais são os principais pontos turísticos da Espanha.

2. Turismo urbano

Mesmo tendo o turismo de natureza como principal atração, não deixe de conhecer os centros das principais cidades de cada ilha. Uma delas, que não pode faltar no seu roteiro, é o Centro Histórico de La Palma.

Fundada em 1493, foi um importante porto entre a Europa e a América. Com suas ruas de pedra, La Palma conserva um patrimônio arquitetônico, com casas em estilo colonial, e o Museu Histórico Insular.

Conheça 10 cidades pequenas da Espanha que valem mesmo a pena visitar.

3. Esportes nas Ilhas Canárias

Aos amantes de esportes radicais e trilhas, as praias do norte de Tenerife, como El Áncon e Playa de los Patos, situadas próximas à cidade de Puerto de la Cruz, são as mais indicadas para esse tipo de prática, já que é necessário descer entre pedras e surpreendentes formações rochosas.

A caminhada exige muito fôlego e disposição, mas a recompensa final vale a pena: um mar maravilhoso, embora com águas muito frias no inverno, e uma exuberante faixa de areia negra, proveniente da área vulcânica.

A ilha de Fuerteventura também é bastante procurada, principalmente por surfistas. As praias do norte são indicadas para a prática de windsurf, com ventos e marés mais fortes.

Dentre as preferidas, estão El Cotillo, Sotavento (local onde acontecem os campeonatos mundiais de kitesurf), Majanicho, La Caleta, Punta Blanca e Confete.

Para quem gosta de esportes na natureza, La Palma é um ótimo destino, inclusive para caminhadas e trekking nas regiões vulcânicas. A praia de Los Cancajos também é conhecida pelas ótimas condições para mergulho e snorkeling.

Em El Hierro, um vulcão subaquático, que se eleva nas profundezas do oceano, chama atenção de mergulhadores. Fica em La Restinga, uma pequena região de pescadores.

Faça um voo de parapente em Lanzarote, com duração de 20 minutos, e veja a ilha do céu.

4. Vulcão El Teide

Eles estão presentes por todo o arquipélago das Ilhas Canárias. Porém, é no norte de Tenerife que fica o famoso Parque Nacional del Teide, um dos mais impressionantes monumentos da natureza.

O lugar é uma região erma, erodida pelo tempo, com rochas adornadas por minerais, leitos de cinza e rios de lava. A estrada que leva ao Teide é bem segura.

Próximo ao vulcão existe um centro de visitantes e uma estação de teleférico, destinada aos que querem chegar mais perto da imensa montanha vulcânica.

O Teide tem uma altitude de 3.718m e cerca de sete mil metros de altura a nível do mar. Sabe-se que são antigas suas erupções e que marcaram todo o Valle de la Orotava, desfiladeiro ao redor do vulcão, oriundo das larvas, além de todo o relevo atual de Tenerife, o que torna ainda mais interessante a história da ilha.

Faça uma excursão à pé para o Monte Teide e veja de perto o vulcão.

Outras atividades

Além disso, você pode curtir outras atrações como:

  • Formações geológicas no Parque Nacional del Teide ou no Los Roques de García;
  • Opção de cruzeiros de um dia ou turismo em 4×4 para explorar a ilha;
  • Conhecer locais históricos, como a Basílica de Nuestra Señora de la Candelaria, Taganana, Iglesia de la Concepción;
  • Praticar mergulho é uma ótima forma de você se divertir. E para os iniciantes, saibam que é fácil encontrar ofertas de cursos.

Como preparar sua viagem para as Ilhas Canárias

Como você pôde perceber, é uma variação imensa de atrações nas Ilhas Canárias. Para preparar sua viagem, escolha que tipo de turismo você quer fazer. Escolha a primeira cidade para desembarcar e a quantidade de dias em cada localizada.

É possível ficar uma semana em cada uma das ilhas! Mas sim, sabemos que dificilmente você terá todo esse tempo, certo? Se você é mais afeito à turismo de aventura, vá à Tenerife, El Hierro, La Palma e La Gomera.

Se quiser mais um clima de cidade, com animação e, claro, natureza, Tenerife, Gran Canaria e La Palma são 3 boas opções. Para paisagens completamente diferentes do que está acostumado, adicione Lanzarote no roteiro.

E não esqueça do seu Seguro Viagem Europa. Se for praticar esportes, escolha um plano que tenha essa cobertura específica.

Quanto custa viajar para as Ilhas Canárias?

Separamos aqui os principais custos para a sua viagem pelas Canárias. Lembre-se que o valor final vai depender da época do ano em que vai viajar, da quantidade de dias e do deslocamento.

Por isso, separamos o que de mais importante tem em um planejamento de viagem. Veja:

Passagens aéreas

O ideal é chegar de avião em algum dos principais aeroportos do arquipélago. Saindo do Brasil, não existem voos diretos. Mas isso não quer dizer que é difícil chegar nas ilhas.

Usamos como simulação Santa Cruz de Tenerife, a capital da maior das ilhas. Utilizamos a área de voos do site Kayak, comparador de passagens aéreas.

Saindo de São Paulo, no mês de fevereiro de 2020, a melhor opção é com a Air Europa. O voo tem escala em Madrid, tanto na ida como na volta, e sai por R$ 3.444.

Seguro Viagem

A Espanha é um dos destinos do Tratado de Schengen. Por ser parte do país espanhol, é obrigatório ter um seguro viagem na sua ida às Ilhas Canárias.

Em uma simulação de custos, utilizamos o nosso comparador seguro viagem, uma parceria com o portal Seguros Promo. É possível encontrar planos de seguro viagem Espanha com valores desde R$12 a R$60, por dia.

Dica: para pagar menos 10% do valor do seu seguro viagem, insira o nosso cupom de desconto EURODICASTURISMO (para ganhar 5% de desconto) na hora do pagamento e pague por boleto bancário (para ganhar mais 5%).

Conheça também o ComparaOnline e saiba se é confiável.

Hospedagem

Veja sugestões de hotéis nas principais localidades das Ilhas Canárias:

Hotel Ilha Estrelas Localização Preço médio
Hotel Atlántico Tenerife 2 estrelas Santa Cruz de Tenerife 130€
AC Hotel by Marriott Iberia Las Palmas Gran Canaria 4 estrelas Las Palmas de Gran Canaria 91€
Meliá Fuerteventura Fuerteventura 4 estrelas Playa Barca Pájara 107€
H10 Lanzarote Princess – Playa Blanca Lanzarote 4 estrelas Playa Blanca 126€
Parador de La Gomera La Gomera 4 estrelas San Sebastián de la Gomera 225€

 

Veja outras opções e compare preços de hospedagem na área de hotéis do site Kayak.

Alimentação de rua

Para sabermos a média de preços de alimentação de rua nas Ilhas Canárias, usamos a cidade da maior ilha como referência. Veja o valor médio em Santa Cruz de Tenerife, de acordo com o site Numbeo:

Alimentação de rua Preço
Cerveja (570ml) 2€
Refeição em restaurante barato 8,25€
Refeição para 2 pessoas em restaurante mediano, com 3 pratos 40€
Cappuccino 1,45€
Água 1,02€

Supermercado

Sempre que quiser economizar durante a viagem, aproveite para comprar itens básicos no supermercado. Dica boa principalmente para levar durante os deslocamentos de varro.

Veja o preço médio de alguns produtos em Santa Cruz de Tenerife:

Item Preço
Cerveja (570ml) 0,78€
Garrafa de vinho 4,50€
Água (garrafa de 1,5 litro) 0,64€
Sanduíche de frango 5,12€

Passeios e atrações

A parte boa das Ilhas Canárias é que grande parte de suas atrações são ao ar livre e gratuitas. Mas alguns passeios são interessantes de fazer no arquipélago. Veja algumas sugestões de atrações e experiências:

Além disso, no orçamento de uma visita às Ilhas Canárias é necessário considerar o transporte de uma ilha para a outra ou se preferir o aluguel de um carro.

Não se trata de uma viagem barata, porém, existem algumas maneiras de economizar e uma delas é comprando as passagens com muita antecedência e se hospedando em um albergue.

Lanzarote Ilhas Canárias

O que fazer de graça na Espanha, confira todas as dicas.

Quando ir às Ilhas Canárias?

Essa é a melhor parte de uma viagem às Ilhas Canárias: você pode ir em qualquer época do ano. Isso porque os invernos não são muito frios e os verões possuem um calor ameno, ideal para práticas esportivas na natureza e, claro, muito banho de mar.

Quantos dias são necessários para aproveitar as Ilhas Canárias?

Sem dúvidas uma viagem para as Ilhas Canárias tem que entrar nos planos de quem é amante da natureza, gosta de apreciar belas paisagens e busca tranquilidade. Não estamos falando de ir no alto verão, já que é o momento em que as ilhas estarão cheias.

O ideal é aproveitar a viagem e conhecer todas as ilhas Canárias, deixando pelo menos 3 dias para as duas maiores, Tenerife e Gran Canaria e 2 dias para as demais.

Claro que você pode sempre curtir ficar mais em uma do que na outra e mudar os planos. Afinal de contas, em cada uma das ilhas se encontra um clima diferente e pode ser que uma agrade mais que a outra.

Como ir às Ilhas Canárias?

O ideal é chegar através das maiores cidades das Ilhas Canárias. Todas as ilhas possuem aeroportos e a variedade de voos, principalmente saindo da Europa, é boa. Você pode chegar via Santa Cruz de Tenerife ou Gran Canaria, por exemplo.

A ilha de Tenerife é bem servida pelo aeroporto de Tenerife Norte (Los Rodeos) e Tenerife Sul (Reina Sofia). O segundo é o mais utilizado, inclusive da Espanha. Serve para voos regulares.

Saindo de grandes cidades espanholas, como Madrid ou Barcelona, para Tenerife, por exemplo, pode-se ir em voo da companhia aérea espanhola Ibéria.

Atualmente companhias low cost como Ryanair, EasyJet e Vueling vão para Tenerife Sul de diversas partes da Europa. A ilha possui dois aeroportos: Norte (Los Rodeos) e o Sul (Reina Sofia).

Para facilitar a busca na melhor passagem, sugerimos fazer uma comparação utilizando o comparador do site Kayak. Os viajantes terão acesso aos melhores preços, de acordo com as datas possíveis. Ainda é possível colocar alertas de passagens, para receber sempre a baixa ou o aumento dos preços.

Se preferir ir pelo mar, do continente também saem ferryboats para as Ilhas Canárias. A travessia nos ferries da Transmediterránea opera em um serviço semanal de Cádiz, na Andaluzia, para o porto de Santa Cruz de Tenerife, e duram cerca de 39 horas. As embarcações possuem cabines para dormir, cafés, restaurantes, bares, lojas, cinemas e piscinas.

Da Espanha você terá voo direto para as ilhas Canárias: de Madrid, de Barcelona, de Sevilla, de Málaga, de Alicante, de Bilbao, de Valencia, de Santiago de Compostela, de La Coruña, de Granada, de Santander, de Múrcia, de San Sebastian, de Burgos, de Pamplona, de Zaragoza e de Gerona.

Veja dicas de como comprar passagem para Espanha.

Como locomover-se nas Ilhas Canárias

Para se locomover entre as ilhas, algumas são as opções: é possível ir de avião, utilizando a Binter, companhia aérea interna, a Canary Fly e a Air Europa. De ferry e catamarã, veja a partir das embarcações Naviera Armas e da Fred Olsen.

Dentro de cada ilha, utilizar carro para os passeios é a melhor maneira de locomoção. Veja preços na Rentcars.

Também é possível utilizar a extensa rede de ônibus, com frotas modernas, da TITSA, Transportes Interurbanos de Tenerife.

Gastronomia nas Ilhas Canárias

A gastronomia das Canárias combina toques da cozinha espanhola e, ainda, influências africanas e latino-americanas.

Aos apreciadores de frutos-do-mar, as Ilhas Canárias são um verdadeiro paraíso. Lula, polvo, camarão, entre outros mariscos, são pratos típicos nos restaurantes, acompanhados, dependendo da preferência, de um bom vinho ou cerveja gelada.

As papas arrugadas (batata cozida com casca em água salgada) servidas com os típicos mojos, molhos que variam em ingredientes e cor, são deliciosos e servem como apetitosas entradas.

Ilhas Canárias: cultura e povo

Antes da chegada dos espanhóis, no século XV, as Ilhas Canárias eram povoadas pelos guanches. Esse povo resistiu violentamente à ocupação, e acabaram escravizados.

Por muito tempo, a origem dos guanches foi um mistério. Depois, a descoberta veio para mostrar que eles eram originários das populações berberes, presentes no Norte da África, principalmente na área do Deserto do Saara, no Marrocos.

Mesmo após o massacre da população nativa, pesquisas genéticas ainda mostram que mais de 40% da linhagem da população tem origem guanche. O restante seria ibérico e africana subsaariana.

Confira um guia completo sobre as praias da Espanha.

Informações úteis

IDIOMA

Castelhano

DDI

+ 34

MOEDA

Euro

FUSO HORÁRIO

+ 3 horas (horário de Brasília)

ELECTRICIDADE

220 volts

Dicas locais das Ilhas Canárias

As Ilhas Canárias guardam algumas curiosidades históricas e festivas. Veja algumas delas:

1. Na praia de La Laguna, em Tenerife, nasceu o padre jesuíta que viveu no Brasil José de Anchieta, em 1534.

2. No caderno de notas de Cristóvão Colombo aparece uma referência ao vulcão Teide em erupção.

3. Informação aos mergulhadores: no mar da praia El Teno, localizado na parte norte da ilha de Tenerife, é onde fica a maior diversidade de cetáceos (golfinhos e baleias) de toda a Europa.

4. Tenerife também tem carnaval. Nas ruas da cidade Santa Cruz de Tenerife acontece uma das maiores festas de Carnaval da Europa. Inclusive, considerado o segundo maior do mundo. É um rico espetáculo de extravagantes fantasias e música latino-americana, comparável até com o do Rio de Janeiro, na opinião de alguns turistas.

Quer explorar mais? Veja o que visitar no Sul da Espanha no inverno.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Denise Mustafa é jornalista, fotógrafa e especializada em conteúdo e gerenciamento de marcas. Já passou uma temporada em Portugal, viajou bastante por aí e, agora vivendo no Brasil, escreve para grandes sites brasileiros de viagem, sempre à frente da sua Travessia Conteúdo & Branding, atravessando oceanos e contando suas experiências para outros viajantes.