Torre dos Clérigos no Porto: como visitar um dos ícones da cidade

Visitar Porto  / 

Quando você for ao Porto, a Torre dos Clérigos provavelmente vai constar na sua lista de atrações a serem visitadas na cidade.

Considerada a torre mais alta de Portugal, a vista lá de cima merece uma fotografia para guardar na lembrança da viagem.

Saiba mais detalhes sobre a atração, sua história, horário de funcionamento e os ingressos disponíveis.

Informações sobre a Torre dos Clérigos

LOCALIZAÇÃO

Rua de São Filipe de Nery, 4050-546 Porto, Portugal

COMO CHEGAR

Metrô: estação Aliados (linha D);
Bonde: Carmo, linha 22;
Ônibus: linhas 6, 20, 35, 37, 52 e 78

HORÁRIO

Todos os dias, das 9h às 19h

TICKET

Ingresso simples: 6€;
Visita guiada: 7,5€

Conheça a história da Torre dos Clérigos

Se você já viu fotografias do Porto, certamente deparou-se com a Torre dos Clérigos: um dos monumentos mais emblemáticos e simbólicos da cidade, está entre as atrações mais visitadas.

A Torre dos Clérigos é, na verdade, um conjunto: datado do século XVIII, foi construída pela irmandade dos Clérigos Pobres no centro histórico do Porto.

O objetivo da construção do conjunto arquitetônico dos Clérigos com a Irmandade começou por ser uma associação de fiéis.

O objetivo do local seria prestar assistência ao clero, em 1707, mas a Igreja só começou a ser efetivamente construída em 1732 –  sendo a primeira igreja de Portugal com uma planta elíptica, o que é uma característica marcante do local. A missão comum era ajudar os clérigos na pobreza, na doença e na morte.

Construída em pedra granito, com forte influência barroca, a Torre dos Clérigos, em especial, teve suas obras entre 1754 e 1763, quando o arquiteto italiano Nicolau Nasoni apresentou o projeto.

A construção foi finalizada com a colocação da cruz de ferro no topo e a imagem de São Paulo no nicho sobre a porta. Com características barrocas, ela possui mais de 75 metros de altura.

Além de ser classificada com uma torre sineira, também já serviu há muitos anos como um sistema de referência para as embarcações no Rio Douro. Também possuía um sistema de disparo de pólvora que acontecia sempre ao meio-dia, sinalizando então o tempo.

Conhecida como “Colina dos Enforcados”, sua história nem sempre foi feliz: ali pessoas foram executadas e enterradas.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Suba os 225 degraus para chegar ao topo e tenha uma vista deslumbrante da cidade do Porto.

Torre dos Clérigos Porto

Veja nossa lista de 30 pontos turísticos de Portugal que você não pode perder.

O que ver na Torre dos Clérigos

O conjunto arquitetônico a que faz parte a Torre dos Clérigos é classificado como Monumento Nacional desde o ano de 1910. São eles a Igreja e a Torre, além de um museu.

Além de subir na Torre para ver a vista 360° da cidade do Porto, não deixe de conhecer também:

O Museu

Localizado na Casa da Irmandade, que funcionou de 1754 a 1758, o espaço ainda guarda as lembranças e memórias do que foi o cotidiano da Irmandade dos Clérigos.

Dentre os locais de visita, a Casa do Despacho, a Sala do Cofre, o Cartório e a antiga enfermaria recebem um acervo de bens culturais do século XIII com coleções de pintura, mobiliário, escultura e ourivesaria.

Na antiga enfermaria da Irmandade dos Clérigos, uma exposição com a coleção Christus, concebida a partir da doação por parte de um colecionador particular.

A Igreja

Com projeto do arquiteto Nicolau Nasoni, as obras da igreja iniciaram em abril de 1732. Na visita, veja o altar de mármore, a capela-mor e os órgãos.

Confira uma lista com as famosas igrejas em Portugal.

Como subir a torre?

Para subir até o topo, realmente temos que encarar os mais de 240 degraus. Não existe elevador que leve até o topo da torre. Entretanto, a vista de 360º do Porto compensa cada degrau.

Onde fica a Torre dos Clérigos

Localizada no topo da Rua dos Clérigos, a Torre dos Clérigos fica entre as ruas de São Filipe Néri e da Assunção, junto à Igreja dos Clérigos e a Casa da Irmandade.

Fica no endereço: R. de São Filipe de Nery, 4050-546 Porto, Portugal.

Como chegar à Torre dos Clérigos

É possível chegar de metrô, ônibus e bonde, ou em passeios e tours alternativos. Veja as opções:

Transporte público

  • Metrô: estação Aliados (linha D);
  • Bonde: Carmo, linha 22;
  • Ônibus: linhas 6, 20, 35, 37, 52 e 78.

Meios alternativos

Ônibus turístico Circuito Hop-On Hop Off do Porto com paradas em diversos pontos turísticos da cidade, incluindo a Torre dos Clérigos. Bilhete para 1 ou 2 dias, com valores a partir de 18€ por pessoa.

Excursão guiada de Tuk Tuk pelo Centro Histórico do Porto, com duração de 2 a 4 horas, onde você pode aproveitar para conhecer a Igreja e a Torre dos Clérigos. Valores a partir de 30€ por pessoa.

Ingressos para a Torre dos Clérigos

São vários os tipos de ingressos para entrar na Torre dos Clérigos. No site oficial da atração, os disponíveis são:

  • Bilhete diurno (das 9h às 19 horas) para Torre + Museu dos Clérigos: 6€;
  • Visitas de grupos guiadas ao Museu dos Clérigos + Igreja + Torre: 7,50€.

O bilhete é gratuito para crianças até os 10 anos de idade.

Com outras atrações

  • Bilhete Palácio da Bolsa + Torre dos Clérigos + MMIPO: 18€;
  • Bilhete Paço Episcopal + Torre dos Clérigos + Sé Catedral + Museu de Arte Sacra e Arqueologia: 12€.

Para turistas que tiverem o Porto Card, a atração oferece 50% de desconto no bilhete diurno Torre + Museu dos Clérigos.

Compre os ingressos antecipados

No entanto, só é possível fazer reserva dos bilhetes em grupo e visitas guiadas. O restante dos visitantes, precisam comprar na bilheteria no dia da ida.

Por ser uma das atrações mais requisitadas no Porto, recomendamos a compra do bilhete antecipado: em épocas de alta estação em Portugal, as filas podem ser grandes e demoradas.

Recomendamos a compra do ingresso para a Torre dos Clérigos com o portal Get Your Guide. Custa o mesmo valor da bilheteria (6€), mas você garante já chegar lá com o seu bilhete na mão e evita filas.

historia das torres dos clerigos

Veja também o que fazer no Porto.

Horário de funcionamento

A Torre dos Clérigos funciona todos os dias, das 9h às 19h. Aos domingos, acontecem as missas na Igreja a partir das 21h30.

Os dias de alteração no horário de funcionamento da atração são:

  • 24 de dezembro: 9h às 14 horas
  • 25 de dezembro: 11h às 19 horas
  • 31 de dezembro: 9h às 14 horas
  • 1 de janeiro: 11h às 19 horas

Vai ao Porto? Fizemos um roteiro de 2 a 5 dias no Porto. Confira e saiba o que fazer na cidade Invicta.

Curiosidades da Torre dos Clérigos

Em 1910, a torre dos Clérigos foi classificada como Monumento Nacional.

E no ano de 1917, dois acrobatas escalaram a Torre dos Clérigos para promover a divulgação de uma marca de bolachas chamada Invicta. Jogaram os panfletos para as pessoas que assistiam e pouco tempo após o fato, as bolachas esgotaram rapidamente.

Vale a pena visitar?

Sim! Vale muito a pena. A Torre é um dos lugares preferidos dos turistas

Até que se for o primeiro ponto do Porto a conhecer, você vai se encantar ainda mais por toda a cultura e todos os monumentos que estão presentes nesse destino europeu tão incrível. Não deixe de visitar!

Que tal ainda fazer um tour guiado no Porto?

O que ver por perto da Torre dos Clérigos?

Por ficar situado no centro histórico da cidade do Porto, algumas outras atrações ficam próximas à Torre dos Clérigos. Aproveite também para conhecer:

Catedral da Sé do Porto

Situada na parte mais alta da cidade, próxima à Praça da Batalha, está a Catedral da Sé do Porto. A igreja é o edifício religioso mais importante da cidade. Ao lado, é possível ver as muralhas que já protegeram a cidade em outros tempos.

A Catedral da Sé, ou Catedral do Porto, foi feita em estilo barroco e começou a ser construída no século XII. Sua fachada, o corpo da igreja são em estilo românico, enquanto que o claustro e a capela de São João Evangelista em estilo gótico.

Na visita, entre na Catedral e visite o claustro, decorado com azulejos em desenhos de cenas religiosas. O tesouro da catedral está na Casa do Cabido: uma coleção de objetos de ourivesaria religiosa.

Estação São Bento

Construída no início do século IX em cima dos restos do antigo convento São Bento de Ave Maria, a Estação São Bento possui, na área interna, um verdadeiro tesouro.

Seu hall é totalmente decorado com mais de 20 mil azulejos que retratam a história de Portugal. É considerada uma das estações de trem mais bonitas da Europa.

Você pode, ainda, usar a estação para ir de comboio (trem, em português de Portugal) para outras cidades como Braga, Guimarães, Coimbra e Lisboa. Caso não vá viajar, aproveite a ida para a Ribeira e passe antes na estação.

De lá, também sai a linha D do metrô, de mesmo nome.

Palácio da Bolsa

Próximo da Catedral da Sé e à Torre dos Clérigos está o Palácio da Bolsa. Construído em cima de ruínas de um convento de franciscanos, foi inaugurado apenas em 1891, após quase meio século de construção.

O Palácio da Bolsa do Porto é classificado como Monumento Nacional. Em seu interior, todo feito em estilo neoclássico, está o Pátio das Nações e sua estrutura de vidro.

É possível fazer uma visita guiada para conhecer, em detalhes, suas salas. Em especial das salas Dourada, coberta com pão de ouro, e a Sala Árabe, de 300 metros quadrados em estilo mouro.

Na proximidade, não deixe de visitar também:

conheca a torre dos clerigos

Considerada três vezes como o melhor destino europeu, a cidade nos apresenta diversos pontos turísticos. Conheça mais 15 pontos turísticos do Porto que são imperdíveis.

Planejando sua viagem para Porto, em Portugal

Onde se hospedar no Porto

Agora que você já sabe como vistar a Torre dos Clérigos, aproveite para ver nossas sugestões de onde se hospedar no Porto:

Hospedagem Categoria Avaliação Valor da diária
Moov Hotel Porto Centro Hotel 2 estrelas Avaliação 8.8 57€
Hotel da Bolsa Hotel 3 estrelas Avaliação 8.4 60€
Vincci Porto Hotel 4 estrelas Avaliação 8.9 67€
Porto Palacio Congress Hotel & Spa Hotel 5 estrelas Avaliação 8.5 133€

 

Seguro Viagem Portugal

Para entrar em Portugal é necessário ter um seguro viagem. O país faz parte do Tratado de Schengen, que exige um seguro com cobertura mínima de 30 mil euros.

Sugerimos que você confira os valores no nosso comparador de seguro viagem do Euro Dicas Turismo e escolha as melhores opções de seguro para a sua necessidade.

Aproveite o cupom EURODICASTURISMO e ganhe até 10% de desconto. Pagando com boleto bancário você garante 5% e com o cupom mais 5% de desconto. Vale tanto para compras no nosso comparador, como diretamente no site do Seguros Promo.

Confira ainda quanto custa viajar para Portugal e nosso guia de turismo no país.

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autores

Denise Mustafa é jornalista, fotógrafa e especializada em conteúdo e gerenciamento de marcas. Já passou uma temporada em Portugal, viajou bastante por aí e, agora vivendo no Brasil, escreve para grandes sites brasileiros de viagem, sempre à frente da sua Travessia Conteúdo & Branding, atravessando oceanos e contando suas experiências para outros viajantes.

Yara é brasileira, farmacêutica e tem 24 anos. Paulista que se encantou pelo Porto, pretende chamar essa cidade de lar em breve. Totalmente apaixonada por viagens (principalmente intercâmbio) e conhecer novas culturas, adora compartilhar tudo o que vê por aí, através da escrita.