Como economizar em Paris: 8 dicas imperdíveis na Cidade Luz

Visitar Paris  / 

Embora seja a cidade mais visitada do mundo e seu nome seja sinônimo de luxo, não precisa ser necessariamente caro visitá-la. Se você tem o sonho de conhecer a Cidade Luz, saiba que existem diversas formas de economizar em Paris.

Vai viajar para a Europa? Saiba todos documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.


Aproveite o melhor da Europa sem qualquer preocupação.

RECEBER GRÁTIS »

A capital da França reúne atrativas que a fazem ser um dos destinos mais procurados do mundo. Um dos motivos de toda essa fama é o fato de Paris ser conhecida como a cidade do amor e abrigar cenários românticos e cinematográficos, que estão nos sonhos dos casais apaixonados.

Mas, o que não te contam, é que todo esse romance tem um preço e ele pode não caber no seu orçamento. Porém, é possível fazer uma viagem low cost a Paris e por isso reunimos aqui algumas dicas de como você pode economizar na sua viagem.

Como economizar em Paris: dos deslocamentos às atrações

Há muitas maneiras de manter seu orçamento dentro do limite. Confira agora nossas dicas para economizar em Paris, atualizadas para 2019.

1. Como economizar com os deslocamentos

Apesar de ser a capital da França, Paris é uma cidade razoavelmente compacta. Se você tem um ponto de partida central, pode chegar a maioria das principais atrações da cidade a pé.

Outra dica para economizar tempo no transporte é ficar perto de uma linha central de metrô. A linha 1 atravessa o centro de Paris e recebe metrôs a cada dois minutos.

Além disso, sempre dê preferência aos transportes públicos em Paris, como metrôs e ônibus. Custam bem menos que táxi e carros de aplicativos e funcionam de maneira rápida, prática e segura. Você também pode usar aplicativos como o Ratp para facilitar seus deslocamentos.

2. Como economizar em hospedagem em Paris

Junto com as passagens e a alimentação, a hospedagem é um dos itens que mais consomem o orçamento. Mas se a sua verba é limitada, coloque em mente que não é porque você está em Paris que você precisa se hospedar em hotéis luxuosos.

Se deseja economizar em Paris, faça uma pesquisa dos lugares mais baratos onde você consiga se hospedar com segurança e comodidade.

Através da Kayak você pode pesquisar por hotéis, hostels e apartamentos filtrando pelos preços mais baixos, o que facilita muito a pesquisa. Além disso, existem também opções incríveis disponíveis no Airbnb.

Mas, se você quer vivenciar a experiência de se hospedar em hotéis em Paris, é possível encontrar opções de quartos por menos de 60€ por noite.

E, se você é mais descolado, pode aproveitar a noite em albergues e hostels. Há dormitórios em Paris que oferecem quartos a partir de 15€ por noite. Já os mais sofisticados, oferecem quartos por 40€.

Opções de hospedagens acessíveis

The Loft Boutique Hostel Paris: com uma equipe simpática, terraço ao ar livre que serve bebidas, happy hour e noites de cinema, este albergue localizado a apenas 6 minutos a pé do Metrô Belleville tem muito a oferecer. Há um lounge compartilhado, cozinha e bar compartilhados, café da manhã a preços acessíveis e uma biblioteca.

Alguns dos quartos também têm varanda e nos corredores possui máquinas de venda automática. O albergue conta com recepção 24 horas, Wi-Fi gratuito, jogos de tabuleiro e lanchonete. Preço médio: 62€

Le Montclair Montmartre de Hiphophostels: a apenas 2 minutos a pé do Metrô Jules Joffrin, este albergue oferece salão de jogos, bar e entretenimento noturno a apenas 9 minutos a pé de Montmartre. O albergue conta com dormitórios compartilhados e privados e Wi-Fi grátis.

Um café da manhã parisiense com croissants e baguetes é servido todas as manhãs, por um custo adicional, mas se quer tomar um café da manhã fora diferente, existem vários restaurantes e mercearias ao redor do albergue. Preço médio: 55€

St Christopher’s Inn em Paris: relaxe no terraço deste hostel premiado, com vista para o famoso Canal Saint Martin, localizado em Paris Bassin de la Villette,  apenas a 5 minutos a pé do Metro Crime.

Desfrute de ótima comida com desconto no bar e restaurante do Belushi. O hostel possui um salão comum, acesso Wi-Fi gratuito e oferece um delicioso almoço a preço acessível. Preço médio: 61€

Quartier Latin Hiphophostels: um albergue best-seller tem uma ótima localização: na margem esquerda, a apenas 8 minutos a pé do Museu de História Natural, a 8 minutos do Panteão e a 16 minutos de Notre-Dame. Um bom café da manhã com deliciosos doces de confeitaria, café e suco de frutas está disponível por um custo adicional.

Os dormitórios dispõem de mesa de trabalho com vista da cidade, bem como banheiro compartilhado e esportes ao vivo são transmitidos no bar, além de noites de cinema. Há ainda cozinha partilhada, acesso a Wi-Fi gratuito, recepção 24 horas e serviço de transporte ao aeroporto. Preço médio: 84€

Vintage Paris Gare du Nord de Hiphophostels: com academia gratuita no local, este albergue fica a apenas 7 minutos a pé da Estação de Trem Gare du Nord.

Existem dois tipos de quartos, os privados e compartilhados, os privados possuem banheiro próprio enquanto os compartilhados também compartilham os banheiros. O albergue possui uma cozinha comum com micro-ondas e geladeira. Um café da manhã com croissants e bebidas quentes é servido todos os dias no refeitório. Preço médio: 69€

3. Como economizar no Seguro Viagem

Para economizar na sua viagem a Paris, confira qual a proteção mais barata com o nosso comparador de seguro viagem. Para pagar menos 10% do valor do seu seguro viagem, insira o nosso cupom de desconto EURODICAS5 (para ganhar 5% de desconto) na hora do pagamento e pague por boleto bancário (para ganhar mais 5%).

4. Como economizar nos Museus em Paris

Há inúmeros museus e atrações em Paris que valem a pena conhecer, mas é preciso saber que os preços dos ingressos podem subir rapidamente. Por isso adquirir o Paris Museum Pass pode te ajudar a economizar.

Ele oferece entrada gratuita e com desconto para mais de 50 museus e monumentos ao redor da cidade e permite que você não enfrente as filas de ingressos! Preços: 42€ (2 dias); 56€ (4 dias); 69€ (6 dias).

museu do louvre paris

5. Aproveite atividades gratuitas em Paris

Uma das melhores maneiras de economizar em Paris é aproveitando todas as atividades gratuitas que a cidade oferece. Desde a entrada gratuita no Louvre todos os primeiros domingos do mês, até todos os espaços verdes que a cidade abriga. Não há limite para o número de atividades oferecidas na cidade do amor, é só usar a imaginação e aproveitar.

Algumas das melhores coisas gratuitas para fazer em Paris incluem passear pelo Sacré Couer (e explorar o resto de Montmartre), procurar antiguidades em Port St. Ouen e passear pelo Cemitério Père Lachaise (local do enterro de nomes como Oscar Wilde e Jim Morrison).

Visite o Louvre gratuitamente

A entrada no famoso Museu do Louvre é gratuita no primeiro domingo de cada mês, de outubro a março. Além disso, para evitar as enormes filas de ingressos, entre pela entrada do Carrousel du Louvre e você chegará ao balcão.

Passeie pelos Jardins des Tuileries

Lar dos lírios Orangerie de Monet, os Jardins des Tuileries foram originalmente criados por Catherine de ‘Medici no século XV, como acompanhamento do Palácio das Tulherias (até ser incendiado em 1871).

Tornou-se um jardim público após a Revolução Francesa e tem sido apreciado por parisienses e visitantes desde então. Uma bela opção de passeio, principalmente para quem quer economizar em Paris.

Relaxe nos Jardins de Luxemburgo

Nos meses de verão, quando o sol está brilhando e as plantas estão em plena floração, talvez não haja melhor lugar para ir e ler um bom livro do que os Jardins de Luxemburgo.

Perto do Panteão de Paris e não muito longe da Église Saint-Sulpice, as atrações neste espaço verde incluem a Fonte Medici e um lago central onde você pode alugar mini barcos de madeira de brinquedo para correr pela água.

o que fazer no jardim de luxemburgo

Paris sem Notre Dame: explore outras igrejas

Após o grande incêndio que destruiu parte da famosa Catedral de Notre Dame, não é possível visitar a atração, pois ela passa por um processo de reconstrução e área se encontra isolada. Mas a capital francesa tem diversas opções de templos e igrejas para quem gosta de história, arquitetura e religião.

Algumas opções de igrejas em Paris são: Igreja de Saint-Sulpice, Igreja de Saint-Germain-des-Prés, Igreja de la Madeleine, Igreja de Saint-Thomas d’Aquin, Igreja de Notre-Dame-des-Blancs-Manteaux, Paróquia de Saint-Augustin, Catedral Saint-Louis des Invalides, entre outras.

Confira o Cemitério Pere Lachaise

Lugar de descanso final de Oscar Wilde, Jim Morrison e outros grandes nomes, o Cemitério do Père-Lachaise é sereno e o maior em Paris. Com 110 acres de extensão e abriga também as lápides de um dos casais mais trágicos da história medieval, Heloísa e Abelardo.

Confira nossa lista completa com o que fazer de graça em Paris e uma sugestão de roteiro na cidade.

6. Chegue cedo às atrações

No primeiro domingo do mês a maioria dos principais museus da cidade oferecem entrada gratuita. Porém, como isso não é segredo pra ninguém, as filas estarão enormes.

Se quer economizar em Paris, procure chegar o mais cedo possível para ser um dos primeiros da fila. Assim você evita perder horas do dia parado aguardando a entrada.

7. Onde comer bem e barato

Segue algumas dicas de locais para comer bem e ainda economizar na capital francesa:

HoodParis: o Hood Paris é um café jovem e descolado que oferece uma comida tradicional e cafés deliciosos a preços bastante acessíveis.

Pizzaria Popolare: pergunte aos parisienses onde comer uma pizza, e eles provavelmente indicarão um local do Big Mamma Group. Com seis restaurantes na cidade, Big Mamma é provavelmente a rede de pizzas mais popular, graças à pizza marinara que custa apenas 5€ e é deliciosa.

Miznon: o restaurante Miznon original do Chef Eyal Shani está em Tel Aviv, mas para seu segundo estabelecimento ele escolheu Paris. O bife e a pita de ovos custam apenas 9,50€ e a famosa cabeça de couve-flor assada custa apenas 6,50€.  Tudo é fresco e também há chá grátis.

Waffle Francês: não há escassez de crepes em Paris (bom e ruim, sejamos honestos), mas o Waffle Francês é uma boa aposta por duas razões: é muito bom, muito rápido, e tudo no cardápio custa 10€.

Trois Fois plus de Piment: comida picante em Paris é uma raridade, embora sempre haja culinária de Sichuan. Mas não se preocupe se você não gosta de tempero – Trois Fois plus de Piment também oferece tudo em seu menu com uma opção sem tempero (basta pedir “0 estrelas”). O prato mais popular é o “macarrão com carne de porco sem sopa”, que custa 10,80€.

8. Viaje durante a baixa temporada

Além de todas essas dicas, a principal e mais importante delas é marcar sua viagem para Paris durante a baixa temporada. Ou seja, mais ou menos entre os meses de novembro e março. Assim você conseguirá encontrar principalmente passagens e hospedagem mais baratas.

Seguindo essas dicas você conseguirá economizar em Paris, mas sem deixar de aproveitar todos os encantos da Cidade Luz.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
COMPARTILHE
Autor

Evellyn Lima é brasileira e atualmente não tem endereço fixo. Resolveu viver uma vida de nômade digital. É jornalista, redatora, revisora e compartilha detalhes e surpresas das suas viagens no Instagram @ninguemcontadaviagem.