Baixa temporada na Europa: saiba quando é e como economizar

Viajar pela Europa  / 

A baixa temporada na Europa é quando há menos turistas na região e o melhor período do ano para quem deseja visitar o Velho Continente gastando menos e sem precisar enfrentar filas imensas para os principais pontos turísticos.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

Quer saber quando e como é a baixa temporada na Europa, ver os principais locais que você precisa visitar nessa época, custos médios de viagens e hospedagens e ainda conferir algumas dicas para economizar?

Então, confira este artigo que preparamos para você!

Quando é baixa temporada na Europa?

A baixa temporada na Europa vai de novembro a março, pegando o finalzinho do outono e todo o inverno europeu. Esse período é definido de acordo com o calendário letivo e com base, também, nas estações do ano, com clima e a temperatura.

Quanto custa viajar para Europa: tudo o que precisa saber.

Como é a baixa temporada na Europa?

Com um clima mais frio, podendo chegar a -20ºC, dependendo do país da Europa, e sem ser período de férias escolares (que acontecem no verão), os pontos turísticos ficam mais vazios e as hospedagens e as passagens aéreas normalmente custam mais barato.

Além disso, você pode ver neve, dependendo do lugar da Europa para onde você viaje, e aproveitar outras atrações, museus, castelos e galerias sem grandes filas (tendo em vista que não são programas ao ar livre), etc.

Baixa temporada na Europa: principais locais a visitar nesta época

A Europa é um continente com países incríveis e cidades encantadoras. Fica bem difícil selecionar os principais locais para visitar neste período, mas vamos lá. Veja a seguir algumas sugestões do que fazer na baixa temporada na Europa e por que.

baixa temporada austria

1. Atividades na neve

A Europa possui muitas estações de esqui. Bankso, na Bulgária, Bardonecchia, na Itália, Kranjska Gora, na Eslovênia, e Vemdalen, na Suécia são algumas opções que estão entre as mais em conta para esquiar na Europa.

Se você gosta de praticar esportes radicais, o snowboarding e o bobsled também são alternativas para você na baixa temporada na Europa. Por causa do clima, há muita neve em algumas regiões europeias.

2. Mercados de Natal

Os mercados de Natal na Europa são encantadores e não é preciso viajar em pleno 25 de dezembro para curtir as belíssimas e animadas feiras em algumas cidades europeias. Elas normalmente têm início em novembro.

Algumas das mais animadas são:

3. Museus

Por mais que você compre ingressos para atrações turísticas pela internet, você acaba tendo que enfrentar uma fila para entrar em alguns dos principais pontos quando viaja na alta temporada.

Ao viajar na baixa temporada europeia, você pode conhecer mais pontos turísticos e ficar mais tempo em museus e galerias, visitando as principais obras-primas do local, tendo em vista que economizará tempo na fila.

Alguns dos principais museus europeus que você não vai se arrepender de visitar são:

4. Palácios e castelos

Os palácios e os castelos também se tornam boas opções para a baixa temporada na Europa, porque eles estão bem mais vazios. Assim, você otimiza melhor o seu tempo para conhecer mais obras e mais lugares em um mesmo dia.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Veja algumas opções.

Se o seu destino for Portugal, dê uma olhada neste artigo que fizemos com 10 castelos em Portugal que você vai querer conhecer.

5. Ruas das cidades

Na baixa temporada na Europa, as ruas ganham outro visual devido ao clima frio. Muitas ficam com neve e, além disso, em novembro e dezembro as ruas das cidades ficam todas iluminadas para o Natal e o Réveillon, ganhando um ar especial.

Há muitas luzes, cores e enfeites espalhados pelas ruas, casas, praças e pontes das cidades. Um passeio lindo e gratuito é caminhar pelas cidades europeias e ver o belo clima da estação.

6. Pontos turísticos

Aproveite que não enfrentará longas filas para visitar os principais pontos turísticos das cidades, como:

7. Aurora Boreal

Os meses de janeiro, fevereiro e março são mais propícios para visualizarmos a aurora boreal, um fenômeno natural espetacular de luzes coloridas no céu. Não há um momento certo para vê-las.

No entanto, em países como: Noruega, Finlândia, Dinamarca, Suécia e Islândia, esse fenômeno pode ser visualizado.

8. Restaurantes

Conhecer bons restaurantes e degustar de vinhos gostosos a bons preços é outro programa que pode e é muito bem-vindo para ser feito na baixa temporada na Europa.

Baixa temporada na Europa: custos médios de passagens e hospedagens

Como dissemos, os preços de passagens e hospedagens são bem mais baratos na baixa temporada na Europa. Por isso, se você puder viajar nessa época e não se incomodar com o frio que faz em algumas cidades europeias, a melhor sugestão para economizar é conhecê-las de novembro a março.

Confira uma comparação que fizemos com os preços de passagens saindo do Rio de Janeiro para alguns dos principais destinos europeus e hospedagens de uma semana nessas cidades, na alta e na baixa temporada na Europa.

 Cidade  Passagem baixa temporada  Passagem alta temporada
 Lisboa  R$ 2.053,00  R$ 4.018,00
 Paris  R$ 2.218,00  R$ 3.270,00
 Madrid  R$ 2.313,00  R$ 3.453,00
 Roma  R$ 2.496,00  R$ 4.063,00
 Londres  R$ 2.278,00  R$ 4.459,00
 Zurich R$ 2.106,00  R$ 4.282,00

 

 Cidade  Hospedagem baixa temporada  Hospedagem alta temporada
 Lisboa  R$ 1.935,00  R$ 2.606,00
 Paris  R$ 2.858,00  R$ 3.246,00
 Madrid  R$ 1.512,00  R$ 1.685,00
 Roma  R$ 1.525,00  R$ 2.086,00
 Londres  R$ 2.552,00  R$ 3.686,00
 Zurich  R$ 3.238,00  R$ 4.742,00


Observação:
as passagens pesquisadas foram com bagagem despachada e as hospedagens foram as mesmas para a alta e para a baixa temporada na Europa (respectivamente julho e dezembro). Mês das simulações: março de 2019.

Como você pôde reparar, os preços destoam bastante. Muitas vezes, paga-se metade do valor em passagens aéreas na baixa temporada na Europa. O valor da hospedagem também é bem menor nesse período.

Conheça o Pruvo, a ferramenta que te ajuda a poupar com hospedagens em sua viagem.

Baixa temporada na Europa: dicas para economizar

Quando você decide viajar na baixa temporada na Europa, já sabe que vai conseguir economizar com passagens aéreas e hospedagens. Mas sempre é bom poupar mais um pouquinho, não é mesmo?!

Então, seguem aí mais algumas dicas para economizar.

1. Pesquise bastante, mesmo na baixa temporada na Europa

Pesquisar é a principal dica para economizar na sua viagem, mesmo que seja na baixa temporada na Europa.

Antes de começar a sua pesquisa, você precisa definir qual será o seu destino. Decidiu?! Então, é hora de pesquisar, com antecedência de cerca de três meses, pelo menos, melhores preços de passagens, hospedagens, aluguel de carro, etc.

Sempre recomendamos a Kayak para pesquisar passagens aéreas. Confira neste artigo sobre a Kayak por que essa ferramenta te ajuda a economizar e faça a cotação de sua passagem.

Você também deve seguir as empresas aéreas e de turismo pelas redes sociais, pois normalmente muitas promoções são divulgadas em Facebook, Instagram ou Twitter. A mesma informação vale para hospedagens. O Booking e o Airbnb são boas indicações para pesquisar hospedagens.

2. Compare diferentes datas da viagem na baixa temporada na Europa

Fazer simulações em sites de passagens aéreas e hospedagens é uma excelente forma de economizar. Ser flexível quanto às datas lhe ajuda a gastar menos.

Às vezes, se você viajar um dia antes ou dois depois da data que está programando, por exemplo, consegue poupar um bom dinheiro.

Confira neste artigo quais são as melhores épocas do ano para visitar cidades europeias e poupar dinheiro.

3. Viaje para o leste europeu

Apesar de alguns destinos estarem entre os mais baratos da Europa, como Portugal e Espanha, apostar em uma viagem para o leste europeu, para países como a Hungria, a República Tcheca e a Polônia, por exemplo, que possuem moedas próprias, se tornam boas alternativas para fugir do euro, que está com uma cotação alta.

Além disso, o turismo e a infraestrutura nessas regiões possuem preços mais baixos quando as comparamos com a Europa Ocidental (França e Inglaterra, por exemplo).

4. Monte seu roteiro com antecedência

Dessa forma, você já define os pontos turísticos que deseja visitar, separa os dias de cada passeio e organiza o tempo de viagem e o dinheiro que destinará para suas programações pela Europa.

5. Faça o câmbio da moeda local por etapas

Não trocar o dinheiro todo de uma só vez é uma boa estratégia para você economizar na cotação da moeda se ela não estiver com um bom valor. Assim, você não sente o “peso” de uma só vez e pode pegar uma cotação menor em outro dia, que vai compensar a cotação alta da vez anterior.

6. Faça programações gratuitas

Há diversos pontos turísticos gratuitos na Europa, como praças, pontes, centros históricos, parques, alguns museus, entre outros.

Então, se você pretende economizar na sua viagem, tente mesclar os passeios mais caros com os gratuitos. Assim, você não vai gastar tanto na Europa. Veja, por exemplo, o que fazer de graça em Paris.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.