The Shard em Londres: dicas para visitar o arranha-céu inglês

Visitar Londres  / 

Você já imaginou como é subir no topo do The Shard, em Londres? Esse é o prédio mais alto de toda a Europa ocidental, que oferece uma vista 360° de Londres e está aberto à visitação. Ou seja, você pode ter uma vista única da capital inglesa.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

Toda a experiência no The Shard é incrível, iniciando pelos próprios elevadores, que chegam ao topo em uma velocidade impressionante.

Você tem curiosidade em saber como visitar o The Shard, em Londres, e saber mais sobre essa famosa construção? Então, acompanhe as informações a seguir e prepare a sua visita.

The Shard, em Londres

Primeiramente, saiba que o The Shard, em Londres, é a melhor representação de um arranha-céu. Afinal, são 95 andares com uma altura total de 309,6 metros.

A vista panorâmica aberta ao público, mediante a compra do bilhete, está localizada nos andares 68, 69 e 72. Para chegar lá, você deve pegar um dos elevadores que vai até o andar 68 – de lá você usa as escadas para chegar ao topo.

Conheça também a história da famosa Tower Bridge, em Londres.

História do The Shard

O prédio é uma obra do arquiteto Renzo Piano e sua construção foi finalizada em 2012. A sua estrutura chama atenção tanto quanto a vista panorâmica de Londres que ele proporciona. Isso porque ele possui um formato piramidal e é revestido de vidro. Dessa forma, o prédio impressiona mesmo quando você o observa de fora.

O The Shard, em Londres, está localizado na região de Southwark, no lado do Rio Tâmisa, onde está também a prefeitura de Londres. A ideia de sua construção foi para substituir as famosas Stouthwark Towers, que haviam sido construídas em 1975.

Para quem pensa que o prédio abriga somente escritórios executivos, saiba que existe praticamente um mundo inteiro lá dentro. Além de um hotel, ele abriga restaurantes, apartamentos e escritórios de empresas.

O observatório, chamado de The View From The Shard, foi aberto ao público em 2013. Desde então, tornou-se um verdadeiro “o que fazer em Londres“.

como visitar o The Shard

Como visitar o The Shard, em Londres

A visita ao The Shard, em Londres, é permitida somente após a compra do bilhete. Portanto, há várias formas de fazer isso, mas a dica é garantir o seu ingresso com antecedência para evitar filas.

Você pode economizar tempo e dinheiro adquirindo um London Pass, por exemplo. A experiência, oferecida através do Get Your Guide, inclui entrada em mais de 80 atrações na cidade e desconto em muitas outras.

O London Pass custa cerca de 86€ por pessoa por um dia. Crianças entre 4 e 15 anos pagam valor reduzido no pacote infantil. Além de oferecer acesso sem fila nos pontos turísticos mais procurados de Londres, o passe também dá descontos em lojas e restaurantes.

Você pode também comprar o ingresso para explorar o The Shard, sem restrições de tempo, por 30,98€.

Como ir

A localização do The Shard, em Londres, não é de difícil acesso. Portanto, você poderá chegar facilmente nele, principalmente se utilizar o metrô.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Para entender melhor, anote o endereço do local: 32 London Bridge Street, Londres.

Dessa forma, é possível chegar até prédio através das linhas de metrô Jubilee Line e Northern Line. Ao descer na estação London Bridge, na Zona 1, você encontrará facilmente o arranha-céu. Afinal de contas, o prédio mais alto de Londres não é difícil de ser visto.

Confira dicas para conhecer a região mais legal de Londres, Camden Town.

O que ver por perto?

Se você pretende visitar o The Shard, em Londres, aproveite para explorar a região em que ele se encontra e conhecer ainda mais a cidade. Ele está situado logo ao lado da London Bridge, por isso é uma oportunidade para conhecer tudo em volta.

Toda a região é muito interessante, principalmente para quem gosta de prédios modernos, já que há alguns por ali. Mas, é claro, também há muita história, como a Southwark Cathedral, construída há mais de 1400 anos.

Para quem curte museus macabros, por ali há um muito interessante, o Old Operating Theathre Museum and Herb Garret. No local, você encontra uma sala cirúrgica que era utilizada para operações sem anestesia antigamente. Ainda, há o Clinik Prision Museum, um museu onde antes havia uma das prisões mais antigas do país.

Também é possível passar pelo prédio da prefeitura de Londres, que fica na mesma zona. Já para quem busca restaurantes e pubs em Londres, a visita deve ser na Hay’s Galleria, onde há diversas opções. E sem dúvida, você também pode aproveitar a visita à zona para ótimas fotografias da London Bridge.

Veja nossas dicas para visitar o Museu Britânico em Londres e o Big Ben.

vista do The Shard

Onde ficar?

A zona da London Bridge certamente não é a mais econômica para se hospedar em Londres. Porém, isso não quer dizer que não há boas opções para quem desejar ficar por lá.

Além de ser bem abrangida pelo transporte público, a zona conta com alguns prédios novos, o que é atrativo para muitas pessoas. Além disso, você estará logo próximo do The Shard, em Londres e de tantos outros pontos turísticos da capital inglesa.

Entre as opções, há hotéis de todos os tipos. Você pode optar pelo The Rose & Crown, com um preço médio de 152€. Cerca de 5 minutos andando da London Bridge, o local possui um bar na parte inferior e café da manhã incluso em algumas reservas.

Para uma viagem econômica, é possível optar por um hostel de bom custo-benefício, como o St Christopher’s The Inn, por 44€. No local há um pub à disposição dos hóspedes, além de uma estrutura com Wi-Fi gratuito e desconto nas refeições do restaurante.

O Premier Inn London Bank – Tower oferece acomodações mais confortáveis. Com um preço médio de 150€, ele fica próximo à estação de metrô Monument e a reserva garante um café da manhã inglês completo. Os quartos são modernos e com todas as amenidades que se pode necessitar.

Confira nossas dicas de como encontrar hotel barato na Europa.

Explore a vista panorâmica do The Shard, em Londres

Apesar de Londres ter uma série de pontos turísticos, o The Shard certamente merece estar no seu roteiro. Além da vista panorâmica, o que já valeria por si só, o prédio se tornou icônico na cidade e na Europa. Isso se deu graças à importância econômica, mas também pelo design inovador.

Se você estiver passando pela Inglaterra, não deixe de explorar o The Shard, em Londres. Lembre-se ainda de garantir o seu ingresso antecipadamente e se prepare para uma vista única da cidade inglesa.

Dica: se está planejando viajar para a Inglaterra, é importante saber que é obrigatório ter um seguro viagem. O nosso comparador de seguro viagem vai ajudá-lo a encontrar o melhor seguro de viagem ao melhor preço.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Andrea é uma jornalista curitibana que uniu a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Viajou por todos os cantos do Brasil e também se aventurou pelos Estados Unidos, África e Ásia. Ao lado do filho e do marido foi morar no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e divide seu tempo entre a produção de conteúdo e os passeios pelo Reino Unido.