Países do Leste Europeu para visitar de ônibus: roteiros econômicos

Viajar pela Europa  / 

Os países do Leste Europeu são famosos por serem mais baratos que os países da Europa Central e oferecerem atrações imperdíveis, sejam elas históricas ou naturais. Como ultimamente a cotação do Euro não está muito favorável, uma boa opção é conhecer os países do Leste Europeu para visitar de ônibus, que é bem mais barato e não tem o custo da bagagem despachada.

Vai viajar para a Europa? Saiba todos documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.


Aproveite o melhor da Europa sem qualquer preocupação.

RECEBER GRÁTIS »

Nesse artigo apresentamos quatro roteiros por países do Leste Europeu que incluem cidades fantásticas, que em qualquer época do ano vão surpreender.

Conheça os países do Leste Europeu para visitar de ônibus

Viajar na Europa de ônibus é bem tranquilo e barato. Entre as diversas empresas de ônibus, temos a RegioJet, EuroLines, além da maior de todas, a Flixbus, que atua em muitos países da Europa e cobre todos os roteiros pelos países do Leste Europeu apresentados neste artigo.

Roteiros pelos países do Leste Europeu para visitar de ônibus

Os roteiros de ônibus pelo Leste Europeu serão apresentados da seguinte maneira:

  1. Roteiro Clássico nos Países do Leste Europeu, de Praga a Budapeste;
  2. Roteiro Clássico com Alemanha, de Berlim a Budapeste;
  3. Roteiro com Alemanha e Países Eslavos Ocidentais (República Tcheca e Polônia);
  4. Roteiro Completo pelo Leste Europeu, de Berlim a Budapeste, passando pela Polônia.

1. Roteiro Clássico de Praga a Budapeste, via Viena e Bratislava

O roteiro que vai de Praga até Budapeste é um dos mais realizados por quem visita os países do Leste Europeu. É um roteiro clássico, ótimo para quem tem pouco tempo e quer economizar.

O percurso pode começar tanto em Praga como em Budapeste, e inclui as cidades de Viena e Bratislava. Esse roteiro tem trajetos curtos entre os países e podem ser feitos em sete dias.

O início em Praga, a capital da República Tcheca

Praga é uma capital linda e muito charmosa, que encanta quem visita a República Tcheca, um dos mais famosos países do Leste Europeu. Dois dias na cidade é o suficiente para ver as principais atrações, conhecer as ruas mais importantes, apreciar uma boa cerveja e fazer umas comprinhas!

1º dia em Praga

Comece pelo centro histórico (Old Town) e descubra a beleza dos prédios antigos e das esculturas espalhadas pela Cidade Velha de Praga. Pare na famosa Ponte Carlos, faça uma refeição no Café Louvre e veja as vitrines da avenida e da Praça Venceslau (Václavské).

De noite você pode ir a uma balada, em uma degustação de cervejas ou ver uma apresentação no famoso Teatro Negro.

Observação: a primeira coisa a fazer em Praga é o câmbio, já que a República Tcheca é um dos países do Leste Europeu que não utilizam o Euro como moeda, e sim a Coroa Tcheca (CZK).

2º dia em Praga

Separe a manhã para ver o Castelo de Praga, o Santuário do Loreto de Praga, a Catedral de São Vito e o bairro Malá Strana, que fica aos pés do Castelo de Praga. Ao entardecer passeie na orla do Rio Moldova até a Dancing House, o curioso prédio torto e famoso de Praga.

Se for ficar mais dias em Praga, eu recomendo distribuir melhor as sugestões acima e adicionar passeios como um cruzeiro pelo Rio Moldava, um jantar medieval ou um bate e volta à cidade de Pilsen, famosa pelas suas cervejarias.

De Praga a Viena de ônibus

Os ônibus da Flixbus partem de Praga de dois pontos: da estação rodoviária Florénc e da estação de trem, ambas servidas de metrô. O destino em Viena é a VIB, Viena International Bustation, conhecida como Viena Erdberg.

Preço do trajeto Praga x Viena A partir de 14€
Distância entre as cidades 330 km
Duração da viagem 4h10
Horários de saídas O dia todo, inclusive de madrugada

Viena, a capital da Áustria

A Áustria, em si, não contempla os países do Leste Europeu, sua localização é central. Mas é a capital Viena que está bem perto da fronteira de três países do Leste Europeu: República Tcheca, Eslováquia e Hungria.

Viena é considerada a capital da música e inspirou compositores como Strauss, Mozart e Schubert com suas belas praças, edifícios e palácios. A cidade é cortada pelo Rio Danúbio e oferece atrações imperdíveis para quem a visita.

Veja o que você pode fazer em dois dias na cidade:

Viaje sempre com internet no celular

Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia.

O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

VER PLANOS »

1º dia em Viena

Desbrave o centro de Viena a pé e conheça a Catedral de São Estevão, o Palácio de Hofburg, o prédio da biblioteca nacional e aproveite para tomar um café no Café Frauenhuber, o mais antigo da capital.

Palácio Belvedere

De tarde, visite os Palácios Belvedere que são ligados por um lindo jardim e veja a obra “O Beijo”, de Klimt, um dos quadros mais reproduzidos do mundo.

À noite, você pode assistir uma ópera ou ballet na linda Ópera de Viena, e se encantar mais pela cidade.

2º dia em Viena

Separe a manhã para conhecer o Palácio Schönbrunn, a atração mais visitada da cidade. O suntuoso palácio de verão da família real austríaca possui um belo jardim, além de um acervo espetacular em seus aposentos e salas luxuosas.

Na parte da tarde você pode escolher um dos museus da cidade, a minha sugestão é o Sigmund Freud Museum, que fica na casa onde o pai da psicanálise morava e atendia seus pacientes.

Em dois dias você conhecerá os principais pontos da cidade, mas o ideal é ficar mais um pouquinho, ter mais experiências e conhecer melhor a capital da Áustria.

Caso tenha mais tempo em Viena aproveite para conhecer a roda gigante de Viena, construída em 1897, fazer um cruzeiro noturno pelo Danúbio ou uma visita à torre de Viena.

Para conhecer melhor a cidade, você pode optar por comprar um ingresso de 1, 2 ou 3 dias para o ônibus turístico hop-on hop-off em Viena. A partir de 30€ no Get Your Guide.

De Viena a Bratislava de ônibus

Os ônibus da Flixbus partem da Estação Central de Viena ou da Estação Rodoviária Viena Erdberg e o destino em Bratislava deve ser a estação Bratislava AS (Autobus Stanica), que conta com guarda volumes (luggage storage) caso você vá apenas passear pela cidade. O custo por mala é de 2€.

Preço do trajeto Viena x Bratislava A partir de 1€
Distância entre as cidades 65 km
Duração da viagem 1h10
Horários de saídas O dia todo, inclusive de madrugada

Bratislava, uma surpresa no roteiro pelos países do Leste Europeu

Bratislava é conhecida por ser uma cidade de passagem, no meio do caminho entre Viena e Budapeste. A capital da Eslováquia surpreende, é muito bonita e simpática e, por isso, é uma parada obrigatória em um roteiro pelos Países do Leste Europeu, mesmo que você não pernoite na cidade.

Em apenas uma passagem pela cidade é possível conhecer o seu centro histórico e visitar o Castelo de Bratislava, de onde se tem uma bonita vista da cidade e da ponte UFO.

Depois siga para o centro histórico, onde você pode fazer um tour a pé pelos principais pontos, como a Catedral, a estátua do Observador e a praça principal da cidade.

Vale a pena viajar por Bratislava em um ônibus turístico escutando comentários sobre os monumentos avistados. Reserve no Get Your Guide, a partir de 12€ por pessoa.

Caso não queira passar por Bratislava você pode fazer o trajeto de Viena para Budapeste e pular a parada na Eslováquia, a passagem custa a partir de 9€ e o percurso dura três horas, com várias opções de saídas durante o dia.

De Bratislava a Budapeste de ônibus pelo Leste Europeu

Os ônibus da Flixbus partem de diversos pontos de Bratislava, mas o melhor é a rodoviária de Bratislava (Autobus Stanica – Bratislava AS) que conta com guarda-volume. O destino em Budapeste deve ser a rodoviária Budapeste Népliget, que fica próxima à estação de metrô de mesmo nome.

Preço do trajeto Bratislava x Budapeste A partir de 5€
Distância entre as cidades 200 km
Duração da viagem 2h10
Horários de saídas O dia todo, entre 6h e 22h

Budapeste, uma das cidades mais lindas da Europa

Budapeste é uma das cidades mais visitadas e mais bonitas da Europa. A capital da Hungria reúne história, arquitetura, gastronomia, baladas e as famosas termas, que são ótimas para descansar e finalizar este roteiro por Países do Leste Europeu.

Ficando três dias em Budapeste você vai conhecer bastante a cidade. Veja nossa sugestão sobre o que fazer por lá:

1º dia em Budapeste

Comece pelo Castelo de Buda e a região do Bastião dos Pescadores, depois vá até a Citatela, que possui uma das vistas mais emblemáticas da cidade.

De tarde, faça um tour pela Avenida Andrassy e conheça a Praça dos Heróis. De noite, não deixe de ir a um bar na cidade, que possui ótimos preços e boas opções de drinks e cervejas.

Assim como em Praga, ao chegar em Budapeste a primeira providência é fazer o câmbio, pois a Hungria também é um dos Países do Leste Europeu que não utiliza o Euro, e sim os Florins Húngaros (HUF).

2º dia em Budapeste

Caminhe pela tradicional rua do comércio, a Vaci Utca e depois tenha a experiência de relaxar em uma das termas da cidade, as mais procuradas são as Termas Gellert e as Termas de Széchenyi. Depois conheça o Café New York, simplesmente eleito o café mais bonito do mundo.

De noite, a pedida é fazer um tour noturno pela cidade. Budapeste se transforma, ficando ainda mais bonita. Aprecie a beleza de Budapeste a partir de um cruzeiro noturno no Rio Danúbio. A partir de 12,60€ por pessoa, no Get Your Guide.

3º dia em Budapeste

Conclua o roteiro pelos países do Leste Europeu visitando o Parlamento de Budapeste, um dos mais bonitos do mundo. Depois, visite a Catedral de São Estevão e a Ópera Húngara.

Aproveite para conhecer o Grande Mercado da Cidade e conhecer mais opções da ótima culinária da Hungria.

Resumo do Roteiro Clássico nos países do Leste Europeu

  • Duração total: 7 dias;
  • Cidades visitadas: Praga, Viena, Bratislava e Budapeste;
  • Número de países: 4 (República Tcheca, Áustria, Eslováquia e Hungria);
  • Custo total das passagens de ônibus: cerca de 20€.

2. Roteiro Clássico com Alemanha: Berlim e Dresden

O Roteiro Clássico entre os países do Leste Europeu que vimos acima pode ser incrementado com duas cidades na Alemanha: Dresden e Berlim. As duas cidades são bem próximas de Praga e o trajeto de ônibus leva pouco tempo entre as três cidades.

Você pode começar o roteiro por Berlim e Dresden e depois adicionar o roteiro clássico com Praga, Viena, Bratislava e Budapeste (visto anteriormente) ou fazer o inverso, começar por Budapeste e terminar em Berlim.

Começando por Berlim, a capital da Alemanha

A capital da Alemanha é um museu a céu aberto, com memórias que vão da história recente aos tempos palacianos. Ficar três dias em Berlim é o mínimo recomendado e você vai poder conhecer os principais pontos turísticos da cidade, que são:

  • Cúpula do Parlamento Alemão (Reichstag);
  • Portão de Brandemburgo;
  • Catedral de Berlim;
  • Ilha dos Museus;
  • East Side Gallery;
  • Checkpoint Charlie;
  • Alexander Platz;
  • Torre de TV;
  • Potsdam Platz;
  • Memorial aos Judeus.

Caso fique mais tempo em Berlim, faça uma visita à cidade de Potsdam e se encante no bairro holandês e no belíssimo Palácio de Sanssouci. Confira a excursão a partir de 18€ por pessoa no Get Your Guide.

De Berlim a Dresden, de ônibus pela Alemanha

A Flixbus tem mais de oito pontos de saídas de Berlim para Dresden, dentre eles os aeroportos, a rodoviária de Berlim e a Alexanderplatz. O destino em Dresden deve ser a estação central, que possui lockers (armários) para você deixar sua bagagem, caso vá passar um dia pela cidade.

Preço do trajeto Berlim x Dresden A partir de 8€
Distância entre as cidades 190 km
Duração da viagem 2h10
Horários de saídas O dia todo, entre 6h e 22h

Dresden, a capital da Saxônia

Dresden fica no meio do caminho entre Praga e Berlim e é uma cidade bastante visitada por quem faz o roteiro de ônibus pelos Países do Leste Europeu.

É uma cidade encantadora e possui uma história rica e triste, tendo sido destruída em bombardeios durante a II Guerra Mundial. Hoje a cidade é muito visitada, sendo um orgulho para os alemães no quesito histórico, cultural e arquitetônico.

Ônibus em Dresden

É possível passar um dia em Dresden e conhecer os principais pontos turísticos, que são:

  • Ópera de Dresden;
  • Hofkirche, a Catedral de Dresden;
  • Palácio Zwinger;
  • Mural da Procissão dos Príncipes;
  • Praça Neumarkt;
  • Igreja de Nossa Senhora (FraunKirche);
  • Brühl’s terrace, com vista para o Rio Elba.

Dica: não deixe de conhecer a fascinante Ópera Semper em uma excursão guiada de 45 minutos. A partir de 11€.

Caso você decida pernoitar em Dresden, as melhores opções de hospedagem estão perto do shopping Centrum Galerie, que ficam perto de comércio e da estação central.

Aproveite para conhecer a fábrica de vidro da Volkswagen ou apreciar um concerto de gala no palácio Zwinger.

De Dresden a Praga de ônibus

Os ônibus partem da Estação Central de Dresden com dois destinos em Praga, a Rodoviária Florénc e a Estação de Trem, ambas com localização central e com metrô próximo.

Preço do trajeto Dresden x Praga A partir de 9€
Distância entre as cidades 150 km
Duração da viagem 1h50
Horários de saídas O dia todo, entre 6h e 22h

 

A continuação do roteiro segue de Praga para Viena e posteriormente Bratislava e Budapeste, como vimos no Roteiro Clássico por países do Leste Europeu no início do artigo.

Caso você não queira passar por Dresden, há opções de ônibus direto de Berlim para Praga com valores a partir de 18€ e duração do percurso de 4h40.

Resumo do Roteiro Clássico pelo Leste Europeu com Alemanha

  • Duração total: 12 dias (3 dias em Berlim, 1 dia em Dresden, 2 dias em Praga, 2 dias em Viena, 1 dia em Bratislava e 3 dias em Budapeste);
  • Cidades do Roteiro: Berlim, Dresden, Praga, Viena, Bratislava e Budapeste;
  • Número de países: 5 (Alemanha, República Tcheca, Áustria, Eslováquia e Hungria);
  • Custo total das passagens de ônibus: cerca de 37€.

3. Roteiro Alemanha e Países Eslavos Ocidentais

Uma outra opção de roteiro de ônibus por países do Leste Europeu é fazer o trajeto de Berlim até Varsóvia, passando por Dresden, Praga e Cracóvia.

As cidades polonesas de Cracóvia e Varsóvia podem ser alcançadas a partir de Praga, e como já vimos os trechos entre Berlim e Praga anteriormente, vamos complementar o roteiro com as cidades polonesas a partir de Praga.

De Praga para a Cracóvia de ônibus por países do Leste Europeu

Os ônibus da Flixbus partem de diversos pontos de Praga, mas o mais comum é sair pela Rodoviária Florénc ou estação de trem, já que os outros pontos de saída ficam mais afastados do centro. O destino na Cracóvia é a Estação Central MDA (Krákow Glówny), que é central e possui opções de transporte público.

Preço do trajeto Praga x Cracóvia A partir de 9€
Distância entre as cidades 535 km
Duração da viagem 7h
Horários de saídas O dia todo, entre 6h e 22h

 

O trajeto entre os dois países do Leste Europeu (República Tcheca para a Polônia) é um pouco longo, mas há paradas no caminho. Para quem gosta de viajar de noite é uma boa pedida, porém as passagens noturnas são mais caras, cerca de 18€.

Cracóvia, uma cidade que encanta

Em três dias inteiros na Cracóvia é possível visitar os principais pontos da cidade e ainda fazer um bate e volta a Auschwitz e nas famosas minas de Sal.

A primeira coisa a fazer na cidade é fazer o câmbio, pois a Polônia é um dos países do Leste Europeu que não utiliza o Euro e sim o Zloty (PLN).

1º dia na Cracóvia

Contemple o centro da cidade e praça principal, a maior da Polônia, onde está a Basílica de Santa Maria. Depois visite o castelo e a catedral de Wewel e escolha um dos museus de seu complexo.

A noite aprecie um concerto de piano no Chopin Concert Hall, ou escolha um bar para degustar uma autêntica vodca polonesa.

Cracóvia no Leste Europeu

2º dia na Cracóvia

Separe o dia para um tour ao campo de concentração de Auschwitz, que embora seja um passeio triste faz parte da nossa história recente.

No fim do dia, já em Cracóvia, descanse um pouco e a noite conheça a tradicional gastronomia polonesa, em um restaurante típico em Old Town.

3º dia na Cracóvia

Comece o dia com uma visita nas minas de sal de Wielickza. Na parte da tarde curta o bairro Kazimierz, que está repleto de bons cafés, bares e restaurantes. No fim do dia, ou na manhã seguinte, o destino será Varsóvia, a capital da Polônia.

De Cracóvia para Varsóvia, de ônibus pela Polônia

Os ônibus da Flixbus partem da estação central da Cracóvia (Krakow MDA) e o destino em Varsóvia deve ser a estação West (Warsaw West).

Preço do trajeto Cracóvia x Varsóvia A partir de 5€
Distância entre as cidades 293 km
Duração da viagem 4h
Horários de saídas Durante o dia, entre 5h e 16h

Varsóvia, a capital da Polônia

Uma cidade alegre e surpreendente, assim é Varsóvia. Apesar de carregar uma triste história, tendo sido destruída quase por completo durante a II Grande Guerra Mundial, Varsóvia se reergueu e hoje recebe milhares de turistas, oferecendo bons museus, gastronomia e uma arquitetura interessante.

Dois dias na capital polonesa são suficientes para ver as principais atrações da cidade e conhecer mais da cultura polonesa.

1º dia em Varsóvia

Assim como na maioria das cidades da Europa o centro antigo (Old Town) é o início do passeio e concentra a maioria das atrações, como o Castelo Real, a Praça do Mercado, as muralhas de Varsóvia, e as igrejas de Santa Cruz e São João.

Termine o dia apreciando uma degustação de cervejas artesanais ou em um restaurante típico, não deixe de experimentar os famosos pieroguis, um clássico polonês.

2º dia em Varsóvia

No segundo dia na cidade conheça o Parque Lazienki, mais conhecido como Parque Chopin e percorra parte do Caminho Real, que vai do centro antigo até o Palácio de Wilanów, passando por importantes prédios como o Museu Chopin e o Palácio Presidencial.

Caso tenha interesse de continuar sua viagem na Polônia e estender o roteiro por países do Leste Europeu, a próxima cidade sugerida é Gdansk, uma das mais belas cidades polonesas, na costa do mar Báltico. Gdansk está apenas a quatro horas de ônibus de Varsóvia, com passagens por volta de 5€.

Em Gdansk, não deixe de participar de uma degustação de cerveja, experimentar aperitivos típicos e aprender sobre as tradições locais.

 Resumo do roteiro Alemanha e Países Eslavos Ocidentais

  • Duração total: 11 dias (3 dias em Berlim, 1 dia em Dresden, 2 dias em Praga, 3 dias na Cracóvia e 2 dias em Varsóvia);
  • Cidades do Roteiro: Berlim, Dresden, Praga, Cracóvia e Varsóvia;
  • Número de países: 3 (Alemanha, República Tcheca e Polônia);
  • Custo total das passagens de ônibus: cerca de 31€.

4. Roteiro Países do Leste Europeu Completo (Clássico + Alemanha + Eslavos Ocidentais)

É possível fazer um roteiro por todos os países do Leste Europeu dos roteiros vistos anteriormente. Se você dispõe de tempo e quer conhecer esses maravilhosos destinos, segue o roteiro completo, que começa em Budapeste e termina em Berlim e passa por Bratislava, Viena, Praga, Cracóvia, Varsóvia e termina em Berlim.

Os trajetos desse roteiro completo pelos países do Leste Europeu são:

  • Budapeste x Bratislava;
  • Bratislava x Viena;
  • Viena x Praga;
  • Praga x Cracóvia;
  • Cracóvia x Varsóvia;
  • Varsóvia x Berlim.

O único trajeto que não vimos ainda é o de Varsóvia a Berlim. Dresden acaba saindo do itinerário, mas pode ser vista em um bate e volta de Praga ou Berlim, basta adicionar mais um dia.

De Varsóvia a Berlim de ônibus

Os ônibus partem de Varsóvia da estação West e tem como destino as opções da estação rodoviária de Berlim (autocarros) e o aeroporto de Schönefeld (SXF).

Preço do trajeto Varsóvia x Berlim A partir de 14€
Distância entre as cidades 575 km
Duração da viagem 7h
Horários de saídas Durante o dia, entre 3h e 21h

Resumo do roteiro completo pelos Países do Leste Europeu

  • Duração total: 16 dias (3 dias em Budapeste, 1 dia na Bratislava, 2 dias em Viena, 2 dias em Praga, 3 dias na Cracóvia, 2 dias em Varsóvia e 3 dias em Berlim);
  • Cidades do Roteiro: Budapeste, Bratislava, Viena, Praga, Cracóvia, Varsóvia e Berlim;
  • Número de países: 6 (Hungria, Eslováquia, Áustria, República Tcheca, Polônia e Alemanha);
  • Custo total das passagens de ônibus: cerca de 48€.

Dicas para viajar de ônibus pelo Leste Europeu

Os ônibus na Europa são pontuais e há conferência rigorosa da documentação no embarque. Pode haver inspeções nas fronteiras dos países do Leste Europeu, portanto tenha sempre seu passaporte ou documento oficial válido junto a você.

E para viajar de ônibus com mais conforto, leve com você:

  • Máscara de olhos para dormir;
  • Fones de ouvido e celular com bateria;
  • Casaco ou uma manta;
  • Travesseiro;
  • Garrafa de água e snacks;
  • Remédio para enjoo, caso precise.

É importante ressaltar que, caso você esteja planejando conhecer os países do Leste Europeu para visitar de ônibus, o seguro viagem é indispensável.

Recomendamos que você utilize o nosso comparador de seguro viagem. Ele apresenta planos das principais seguradoras do mercado e ainda garantimos os melhores preços aos leitores do Euro Dicas Turismo.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
COMPARTILHE
Autor

Willian é cidadão polaco-brasileiro, mas considera-se cidadão do mundo. Desde cedo desenvolveu uma paixão pelo universo do turismo, tendo se especializado em consultoria hoteleira depois de formado em administração. Já visitou mais de 35 países, passou longas temporadas em Nova York, Europa e no sudeste asiático e após muitas experiências criou o site Caderno de Viagem, onde reúne dicas práticas e econômicas para viajantes.