Turismo acessível na Europa: top 10 cidades com melhor mobilidade

Viajar pela Europa  / 

Até pouco tempo atrás, quando o assunto era turismo, pessoas com algum tipo de deficiência se viam impossibilitadas de conhecer e visitar certos destinos, principalmente internacionais. Mas a boa notícia é que o panorama do turismo acessível na Europa está se modificando e garantindo que cada vez mais pessoas possam usufruir plenamente dos espaços no velho continente.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

Isso acontece porque a Europa sempre esteve na vanguarda da mobilidade urbana e várias cidades estão adotando ou melhorando suas ações para proporcionar autonomia e inclusão a moradores e turistas que apresentam algum tipo de deficiência.

Mas o que é turismo acessível na Europa?

Conforme a Rede Europeia de Turismo Acessível (ENAT), turismo acessível é “o esforço contínuo para garantir que destinos, produtos e serviços turísticos sejam acessíveis a todas as pessoas, independentemente de suas limitações físicas, deficiências ou idade. Abrange locais públicos e privados”.

10 melhores destinos para turismo acessível na Europa

Compilamos na lista a seguir, as cidades europeias que mais se distinguem pela oferta turística com base na acessibilidade para todos. Algumas dessas cidades, inclusive, receberam o Prêmio Europeu de Cidades Acessíveis, concedido pela ENAT, que significa seu compromisso em melhorar continuamente a oferta de acessibilidade.

1. Milão na Itália

Milão, no norte da Itália, é um dos melhores destinos para turismo acessível na Europa. Isso se deve não apenas por suas medidas para melhorar a acessibilidade feitas no passado, mas também por seus planos ambiciosos para o futuro, se comprometendo em apoiar a vida independente. Por isso, ela foi vencedora do prêmio Europeu de Cidades Acessíveis em 2016.

Na cidade, a maioria dos pontos turísticos são acessíveis, com rampa ou elevador, exceto locais históricos que não puderam ser modificados para o acesso. Outro fato interessante é que cadeirantes e seus acompanhantes não ficam em filas para atrações e nem pagam ingressos.

2. Breda nos Países Baixos

Vencedora do prêmio Europeu de Cidades Acessíveis em 2019, a cidade de Breda, nos Países Baixos – ou Holanda – ganhou destaque por continuamente fazer melhorias para facilitar a vida das pessoas com deficiência.

Breda é uma cidade mais acessível por causa do projeto “Breda For Everyone”. Entre outros destaques, a Igreja de Grote Markt é acessível para pessoas com mobilidade reduzida, assim como a área comercial, que também é acessível. Além disso, a cada dois anos a cidade abriga o ParaGames, um grande evento esportivo europeu para pessoas com deficiência.

3. Madrid na Espanha é um destino de turismo acessível na Europa

A cidade de Madrid, capital da Espanha, é um dos principais destinos de turismo acessível na Europa. Tanto que o Conselho de Madrid, em conjunto com uma ONG que representa as pessoas com deficiência na cidade e outras organizações de turismo, desenvolveram o Guia de Viagem Acessível, contendo informações sobre o que fazer em Madrid para visitantes com deficiência.

O guia traz informações sobre passeios acessíveis, dicas úteis, museus, teatros, cinemas, restaurantes, etc. No site oficial de turismo da cidade, também há uma seção exclusiva sobre Madri Acessível.

4. Lyon na França

A cidade de Lyon recebeu o prêmio Europeu de Cidades Acessíveis em 2018. A cidade é referência por sua rede de transporte público, 100% acessível e equipados com piso baixo, rampas retráteis e portas de entrada mais largas, além de assentos reservados para pessoas com mobilidade reduzida. Também é garantido o acesso à cultura para todos, graças à inclusão de equipamentos acessíveis na cidade, como bibliotecas, máquinas de leitura, leitores de audiolivros e telas de aumento.

Lyon ainda desenvolveu ferramentas digitais para pessoas com deficiência, como um dispositivo de controle remoto inovador que pode ser usado por pessoas com deficiência visual para receber informações de viagens de ônibus, pontos de ônibus e quiosques de informações de passageiros.

5. Barcelona na Espanha

Barcelona possui um alto nível de ações em termos de acessibilidade geral do ambiente construído. Museus adaptados para deficientes visuais, hotéis acessíveis, praias acessíveis e passeios em linguagem de sinais são algumas das opções disponíveis. Essa combinação de fatores contribui fortemente para a posição de Barcelona como um dos principais destinos de turismo acessível na Europa. No site Barcelona Turisme, é possível obter todas as informações sobre a acessibilidade em Barcelona.

6. Paris na França

A capital francesa não poderia faltar nessa lista. Os principais pontos turísticos da cidade  seguem o modelo de acessibilidade internacional, proporcionando conforto e segurança para todos os visitantes. O conselho regional de turismo de Paris trabalha com turismo acessível desde 2002. O objetivo inicial era tornar acessível o destino turístico número um do mundo.

7. Estocolmo na Suécia

Equipe de transporte público sempre disponível para ajudar os viajantes com deficiência a embarcar e desembarcar, trens com elevadores e assentos especiais para passageiros em cadeiras de rodas, museus, bibliotecas e uma infinidade de atrações inclusivas mostram que a cidade de Estocolmo, na Suécia, tem se empenhado em ser um dos melhores destinos de turismo acessível na Europa.

E isso não é de hoje. Desde o ano de 1999, melhorias na acessibilidade foram realizadas por meio do projeto “Acesso Fácil”. O transporte público, os espaços públicos, o varejo, as acomodações e os restaurantes foram todos alvo da aplicação da legislação de construção.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

8. Berlim na Alemanha

Inúmeras atrações de Berlim, a exemplo do Reichstag alemão, o Portão de Brandemburgo, a Ilha dos Museus e o Muro de Berlim são acessíveis a deficientes físicos e pessoas com mobilidade reduzida, o que torna a capital alemã um dos destinos de turismo acessível na Europa mais atrativos.

O aplicativo accessBerlin mostra seis rotas acessíveis pela cidade, enquanto o banco de dados Mobidat oferece informações sobre acessibilidade e condições no local nos pontos turísticos, restaurantes, hotéis e outros locais da cidade.

9. Londres na Inglaterra

Londres tem uma política de design inclusivo, para benefício de residentes e visitantes, que garante que o maior número possível de pessoas possa desfrutar da cidade. Por isso, ela tem lugar garantido na lista de destinos de turismo acessível na Europa.

Isso foi fortalecido após os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2012, que desencadearam várias mudanças e investimentos acelerados para tornar Londres mais acessível, trazendo muitos benefícios com melhorias em informações, transporte e acomodação.

Acessibilidade no aeroporto

10. Lisboa em Portugal

Portugal foi premiado com o prêmio “Destino Turístico Acessível 2019” da Organização Mundial de Turismo da ONU (OMT). O prêmio reconheceu o esforço do país na promoção de acessibilidades, que tem sido um trabalho prioritário do governo português.

E a cidade de Lisboa é um dos destinos turísticos mais acessíveis do país, apesar de apresentar muitos trechos com ladeiras, de uma forma geral a cidade apresenta boas condições para pessoas com deficiência, com transportes públicos adequados e muitos estabelecimentos com acessibilidade.

Passo-a-passo para organizar sua viagem para Europa

Os obstáculos de um viajante com deficiência podem ser vários. Por isso, o planejamento da viagem é algo que tem que ser feito de forma muito responsável, lembrando que cada pessoa com deficiência têm necessidades especiais diferentes. Compilamos algumas dicas para você saber o que considerar nesta organização.

Como escolher o destino ideal?

Em primeiro lugar, o mais importante é escolher para onde ir. Como listamos acima, há várias cidades ideais para o turismo acessível na Europa. Então tudo é uma questão de pesquisar bem e ver a logística da viagem.

Hospedagem

Ao escolher o hotel, além de manter uma boa comunicação e o maior número de informações sobre o espaço físico, presença de elevadores e banheiros adaptados, é importante escolher uma localização mais acessível a tudo, facilitando a locomoção.

Transporte

Algo importante a ter em mente é que é preciso escolher o destino de acordo com a acessibilidade que você necessita. Portanto, mantenha atenção e pesquise o máximo de coisas possíveis sobre a cidade que você pretende visitar. Muitos destinos de turismo acessível na Europa, a exemplo de Madrid e Berlim, possuem páginas oficiais com mapas, aplicativos e guias que podem te ajudar na locomoção.

Direitos dos passageiros com deficiência

Pessoas com deficiência não só merecem ser bem tratadas, como têm seus direitos de acesso resguardados por várias leis como, por exemplo, acesso às vagas reservadas, sinalização adaptada, rampas de acesso ou piso antiderrapante, elevadores, etc. Nas viagens de avião, é preciso informar a necessidade especial para que o passageiro seja colocado perto dos corredores em assentos especiais.

Seguro Viagem

Não esqueça que o seguro viagem é obrigatório para viajar pela Europa, especialmente se você for deficiente. Afinal, sua segurança é o bem mais importante. Recomendamos que você utilize o nosso comparador de seguro viagem. Ele apresenta planos das principais seguradoras do mercado e ainda garantimos os melhores preços aos nossos leitores.

Se preferir, pode também utilizar o portal Seguros Promo, comparador online que nós recomendamos e utilizamos para realizar cotações aqui no site.

Em ambos os comparadores, você pode utilizar nosso cupom EURODICASTURISMO para garantir 5% de desconto na compra do seguro viagem. Se optar pelo pagamento em boleto bancário, garante mais 5% de desconto, totalizando 10%.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Andréia é brasileira, jornalista e consultora de viagens. O seu interesse por lugares, culturas, comidas locais, cafés alternativos e cidades antigas beira ao vício, e por isso ela resolveu unir suas duas paixões: viagens e escrita, para inspirar, ensinar e informar que o mundo é mais acessível e seguro do que a gente pensa, e muito mais maravilhoso do que a gente jamais poderia imaginar!