Prevenção de coronavírus em viagem: 10 perguntas e respostas

Dicas e Planejamento  / 

O novo coronavírus parou o mundo. A propagação do vírus tem sido cada vez mais intensa e muitos países estão fechando suas fronteiras para tentar conter a pandemia.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

Surgido na China, esse vírus que ataca o sistema respiratório está atualmente presente em cerca de 166 países com mais de 208 mil casos de pessoas infectadas.

Hoje a recomendação é que as viagens sejam adiadas. No entanto, existem algumas medidas de prevenção que reduzem os riscos de ser infectado.

Neste artigo, vamos explicar quais são as principais formas de prevenção e países com restrição de viagem.

10 perguntas e respostas sobre o coronavírus

1. O que é coronavírus?

O novo coronavírus, classificado como 2019-nCoV, faz parte de uma família de vírus que transmitem doenças aos seres humanos.

A principal causa é o desenvolvimento de uma síndrome respiratória leve ou moderada, semelhantes aos de uma gripe comum ou pneumonia. Os primeiros casos foram identificados no final de dezembro de 2019, na cidade de Wuhan, na China.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), já foram registrados mais de 208 mil casos de pessoas infectadas, mais de 8700 mortes em cerca de 166 países.

Diante desse novo surto, os organismos internacionais e a comunidade científica têm se mobilizado para obter respostas sobre a prevenção e tratamento desse novo tipo de vírus. No entanto, ainda não existem vacinas ou remédios indicados para essa doença.

2. Como se transmite coronavírus?

De acordo com o Ministério da Saúde, o coronavírus é transmitido através do contato com outra pessoa infectada. As formas de contato se dão, principalmente, através de:

  • Tosse;
  • Espirro;
  • Saliva;
  • Catarro;
  • Contato físico próximo, como aperto de mão ou toque;
  • Contato com objetos contaminados.

Confira aqui a diferença entre seguro de saúde e seguro viagem.

3. Quais os sintomas do coronavírus?

O coronavírus fica incubado no organismo por até 14 dias. Os primeiros sintomas que costumam aparecer são parecidos aos de um resfriado. Se o quadro evolui, podem ocorrer infecções respiratórias, como as pneumonias.

Portanto, é importante ficar atento a sinais como:

  • Febre;
  • Tosse e dor de garganta;
  • Resfriado;
  • Falta de ar;
  • Dor muscular.

4. Como se prevenir do coronavírus?

Existem vários cuidados básicos que ajudam na prevenção e transmissão do vírus. O Ministério da Saúde indica que sejam tomadas as seguintes medidas:

  • Lavar as mãos frequentemente, sobretudo após o contato com pessoas doentes ou com o meio ambiente;
  • Cobrir o nariz e a boca quando tossir ou respirar;
  • Usar lenços descartáveis para higiene nasal;
  • Higienizar as mãos após espirrar ou tossir;
  • Evitar contato direto com pessoas infectadas pelo vírus;
  • Evitar contato com a mucosa do nariz, boca ou olhos;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal como talheres, copos e pratos;
  • Manter o ambiente ventilado;
  • Evitar contato com animais silvestres e doentes em criações.
  • Evitar contato direto com pessoas que sofrem de infecções respiratórias graves.

5. Máscaras previnem o novo coronavírus?

O uso de máscara pode reduzir o risco de infecção do vírus. O Ministério da Saúde recomenda o uso desse acessório para profissionais de saúde que estão mais expostos ao contato com pessoas infectadas.

Com exceção desse caso, as máscaras são indicadas para a população apenas quando estão em regiões onde o surto da doença é intenso. Quem não está nessas áreas, deve investir nos métodos de prevenção indicados anteriormente.

prevenção do coronavírus

Vai viajar para a Europa? Saiba mais sobre como funciona o número europeu de emergência e como usá-lo.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

6. Preciso tomar alguma vacina?

Ainda não existem vacinas ou imunizantes para os casos de coronavírus. Mesmo assim, é indicado manter as vacinas em dia, sobretudo quem está em áreas de risco ou tem que viajar para a China.

Pesquisadores divulgaram um estudo que constata que a maior parte dos casos graves estão relacionados com a baixa imunidade dos pacientes. Ou seja, o vírus é ainda mais perigoso para aquelas pessoas que estão com o sistema imunológico debilitado.

7. Devo deixar de viajar?

As viagens devem ser evitadas. Essa é a recomendação de órgãos de saúde como Ministério de Saúde, Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) e Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos (CDC).

O Ministério da Saúde tem, atualmente, 27 países monitorados por apresentarem transmissão interna do coronavírus. Confira a lista:

1. Alemanha
2. Austrália
3. Canadá
4. China
5. Coreia do Norte
6. Coreia do Sul
7. Croácia
8. Dinamarca
9. Emirados Árabes Unidos
10. Espanha
11. Estados Unidos
12. Finlândia
13. França
14. Grécia
15. Holanda
16. Indonésia
17. Irã
18. Itália
19. Japão
20. Malásia
21. Noruega
22. Reino Unido
23. San Marino
24. Singapura
25. Suíça
26. Tailândia
27. Vietnã

Isso significa que “as pessoas que estiveram nesses países nos últimos 14 dias e apresentarem febre e mais um sintoma gripal, como tosse ou falta de ar, serão enquadradas como casos suspeitos de coronavírus”.

Assim, você evita colocar a sua saúde em risco e ser infectado pelo vírus. Mesmo no Brasil, a indicação é seguir as medidas de prevenção e evitar lugares tumultuados.

Acompanhe a situação atual do coronavírus na Europa em nosso artigo com países infectados, restrições e orientações de viagens.

8. É seguro viajar para a Europa?

Além da recomendação para que viajantes suspendam a viagem para a Europa, a União Europeia anunciou no dia 16 de março o fechamento das fronteiras.

Entretanto, muitas empresas cancelaram voos para os países europeus, como a companhia Latam, que adiou seus voos entre São Paulo e Milão até 16 de abril.

Veja aqui outros requisitos para visitar a Europa.

9. Preciso tomar algum cuidado especial no aeroporto?

Os aeroportos são locais com grande fluxo de pessoas de todo o mundo, por isso independente do destino é importante tomar as medidas de prevenção do coronavírus.

Na grande maioria dos aeroportos, os viajantes são instruídos com materiais informativos e outros alertas sobre como se prevenir.

No Brasil, os viajantes que sentirem alguns dos sintomas da doença podem procurar o posto da Agência Nacional de Vigilância Sanitária no aeroporto.

Grávida pode viajar de avião? Descubra aqui e veja os cuidados a ter.

10. Seguro viagem cobre coronavírus?

O seguro viagem oferece cobertura apenas para os sintomas do coronavírus. Mas caso a doença seja comprovada, o benefício é cortado porque as epidemias e surtos são considerados riscos excluídos da apólice do seguro viagem.

Em comunicado, a Seguros Promo afirmou que as principais seguradoras do país e parceiras da plataforma disponibiliza cobertura para os sintomas do coronavírus.

Entretanto, a seguradora Assit Card divulgou que cobre a doença, mesmo em casos confirmados. Além de também garantir a cobertura de cancelamento de voos em decorrência da epidemia do Covid-19.

De acordo com o Seguro Viagem Pro, site especialista em seguro viagem, as seguradoras Travel Ace e Intermac também se manifestaram sobre a cobertura: “segundo informação divulgada em comunicado, ambas afirmam que após a confirmação da doença serão seguidos os protocolos da autoridade de saúde competente do país no qual o viajante estiver”.

As demais empresas ainda não oferecem essa cobertura, pois as epidemias e pandemias são classificadas na seção de riscos excluídos da apólice.

De qualquer forma, a recomendação é que caso o viajante identifique algum sintoma do coronavírus entre em contato com a seguradora para receber as devidas instruções.

Confira mais informações para saber se o seguro viagem cobre coronavírus no artigo do Seguro Viagem Pro.

Antes de contratar um seguro viagem, faça uma cotação online para conhecer as várias opções à disposição. Você pode usar o nosso comparador de seguro viagem sem complicações e sem compromissos para descobrir qual a proteção mais barata e adequada para sua viagem.

Aproveite e confira outras dicas de segurança para viagem.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Andrea é uma jornalista curitibana que uniu a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Viajou por todos os cantos do Brasil e também se aventurou pelos Estados Unidos, África e Ásia. Ao lado do filho e do marido foi morar no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e divide seu tempo entre a produção de conteúdo e os passeios pelo Reino Unido.